Angélica André (20.ª) e Tiago Campos (22.º) em Doha

Angélica André (20.ª) e Tiago Campos (22.º) em Doha

Angélica André, em 20.º lugar nos 10 km femininos, e Tiago Campos, em 22.º na prova masculina, foram os portugueses melhor classificados na Taça do Mundo de Doha, Qatar.

Angélica André terminou hoje em 20.º lugar e Mafalda Rosa em 26.ª na prova feminina de 10 km da Taça do Mundo de Doha (Qatar), a primeira etapa de 10 eventos do circuito mundial FINA Marathon Swim World Series 2020 onde se destaca a prova nacional de Setúbal a 13 de junho no Sado.

A nadadora do Fluvial Portuense terminou a 41 segundos da vencedora a germânica Leonie Beck (bronze nos 5 km do mundial de Gwangjiu). Leonie Beck superiorizou-se nos derradeiros metros à brasileira Marcela Cunha (ouro nos 5 e 25 km do mundial de Gwangjiu) e à holandesa Sharon Van Rouewndall (ouro nos 10 km dos Jogos do Rio 2016). A jovem Mafalda Rosa (Rio Maior) esteve também em bom plano ao terminar em 26.º lugar, entre 53 nadadoras a terminarem a prova, a 1.49,7 minutos da primeira.

Na prova masculina, disputada também em 10 km, Tiago Campos (CN Rio Maior) terminou em 22.º lugar a 21,7 segundos do vencedor o francês Marc-Antoine Olivier (1.49,46,6). Por seu lado, Rafael Gil (Sporting) concluiu a prova em 42.º lugar, entre 75 nadadores a concluir, com o tempo de 1.50.21,1.

O francês Olivier, bronze nos Jogos Rio 2016, terminou destacado com menos 12 segundos dos alemães Rob Muffels e Florian Wellbrock.

Daniel Viegas, DTN: “A prova feminina foi competitiva. Com 53 nadadoras na partida, teve um começo moderado, mas com a campeã olímpica a assumir a liderança e a impor um ritmo intenso a partir dos 5km... sempre em crescendo. O que alongou muito o pelotão. As nossas nadadoras estiveram em bom plano ao segurar o grupo. A Mafalda até a última volta teve de ser guerreira para manter a posição. A Angélica manteve-se no grupo da frente até ao final, mas perdeu lugares na bóia e já não teve capacidade para progredir mais no final.

A prova masculina, foi diferente. Com ritmo rápido, os 83 nadadores, na partida, a conseguirem todos nadar no pelotão, o que tornou a prova muito desgastante fisicamente, com demasiado contato (que vitimou vários nadadores). Para a ultima volta, os dois portugueses iam firmes e bem colocados num pelotão ainda com 65 nadadores. A derradeira volta foi muito rápida, mas manteve um grupo muito compacto. O Tiago Campos tentou entrar na luta da frente, acabando por ficar em 22.º a uns escassos 0,8 segundos do 16.º e 8 segundos do 2.º lugar. O Rafael Gil, que vinha poucos metros atrás do Tiago na chegada, acabou por ser entalado contra a plataforma, perdendo preciosos segundos e lugares para cortar a meta em 42.º a 20 segundos do 2.º lugar. Ganhou a prova o nadador Francês Marc Antoine Olivier, com uns espantosos 12 segundos de avanço de todo o pelotão.”

Taça do Mundo de Doha Qatar 2020

PROVA FEMININA

20.ª Angélica André (Por), 1.5722,8

26.ª Mafalda Rosa (Por), 1.58.30,8

1.ª Leonie Beck (Ale), 1.56.41,1

2.ª Ana Marcela Cunha (Bra), 1.56.41,3

3. Sharon Van Rouewndall (Hol), 1.56.41,3

PROVA MASCULINA

22.º Tiago Campos (Por), 1.50.08,3

42.º Rafael Gil (Por), 1.50.21.1

1.º Marc-Antoine Olivier (Fra), 1.49.46,6

2.º Rob Muffels (Ale), 1.49.59,2

3.º Florian Wellbrock (Ale), 1.49.59,3

RESULTADOS completos

http://www.microplustiming.com/FINAOW2020-Doha/index_web.php

(actualizado às 21h05 de 15/02/2020)
 

Fonte: Federação Portuguesa de Natação em 15 de fevereiro de 2020.

Autor: 
nadador