Natação Nacional

Nadadora com esclerose múltipla completa travessia Estreito Gibraltar

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 19:01

María Cristina Osorio Malcampo, nadadora de 40 anos, que sofre de esclerose múltipla, tornou-se a primeira mulher com esta doença, a completar a travessia do Estreiro de Gibraltar.

A nadadora foi acompanhada pelo seu médico, e por familiar próximo, de forma a garantir a segurança, durante toda a travessia. A nadadora completou os 19.5km, no tempo quatro horas e quarenta e nove minutos. Partiram da Isla de Tarifa, em Cádiz, e acabou em Punta Remel, Marrocos. Créditos da imagem: Asociación de Cruce a Nado del Estrecho de Gibraltar (ACNEG)

O conteúdo Nadadora com esclerose múltipla completa travessia Estreito Gibraltar aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

A história do crol. Seguem os “inventos”. O crol norte-americano (V)

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 16:08

Paralelamente ao desenvolvimento do “crol japonês”, comentado no nosso anterior artigo, e ainda que com um certo atraso temporal, desenvolveu-se nos Estados Unidos uma nova conceição do estilo crol, diferente da de Johnny Weissmuller e do “crol japonês”.

A partir de 1935, o treinador da Universidade de Yale, o prestigioso Robert “Bob” Kiphuth, começou a assentar as bases duma nova modalidade de crol. Segundo o técnico de Yale, a braçada ideal, como a virtude, fica a meio caminho da braçada longa europeia e de Weissmuller, e a braçada mais curta japonesa. A nova modalidade inspira-se, pois, desta sua ideia, e nada mais apropriado para a descrever que seguir o próprio Kiphuth no seu livro “Swimming”, que se converteria ao longo do período 1940-1956 em pouco menos que a “Biblia” de grande parte dos técnicos do mundo, não só pela sua descrição desta modalidade estilística como também pela descrição do seu sistema de preparação física dos nadadores.

“O corpo deve ir em posição perfeitamente plana, com a cabeça e o peito ligeiramente elevados sobre o nível da água, por cima dos olhos, e a linha dos ombros coincidindo com o nível da água, formando ângulo reto com o eixo longitudinal do corpo. Os ombros não devem balançar-se, nem deve girar-se o corpo, de maneira que os braços unicamente devem mexer-se a partir da articulação do ombro, ficando esta totalmente “fixada”, arrastando literalmente o corpo do nadador.

A mão deve levar-se perto do eixo central do corpo, ainda que um pouco pelo exterior, já que de outra forma perder-se-ia impulso para trás quando o braço, no final da braçada, deve levar-lha até à coxa.

A recuperação faz-se com os cotovelos ligeiramente dobrados, a mão descrevendo um semicírculo que passa ligeiramente pelo lado e o exterior do corpo. Os braços esticam-se completamente à frente, antes de afundar-se na água, iniciando o impulso até abaixo com o pulso elevado. Pelo seu lado, o batido é um clássico 6-tempos, regular, e relativamente profundo”. Até aqui as explicações de Kiphuth.

Ao amparo da relativa paz que fruíram os norte-americanos ao longo da “II Grande Loucura Mundial” (não sofreram bombardeamentos sobre o seu território, nem passaram a fome que sim reinou numa grande parte do continente europeu e no Japão) e mercê ao seu magnífico sistema de desporto universitário, os nadadores USA conseguiram continuar o grande impulso que teve a sua natação a partir de 1938-1940, ganhando de novo a superioridade mundial, superando muitos recordes mundiais, enquanto europeus e japoneses, entre outros, viam-se envolvidos na selvagem guerra. Bob Kiphuth e a sua equipa técnica da Universidade de Yale distinguiram-se rapidamente neste aspeto, e, uma vez caladas as armas, triunfaram nos Jogos Olímpicos de Londres-1948, onde a equipa USA ganhou um total de 10 medalhas, das 16 que se disputaram entre os homens, vencendo nas quatro provas de crol, ainda que devemos assinalar que não chegaram a superar, pelo menos substanciosamente, as médias conseguidas doze anos antes nos Jogos de Berlim-1936. Também deve-se levar em conta que estes Jogos disputaram-se na ausência dos nadadores alemães e japoneses, banidos das máximas instâncias desportivas, CIO FINA, depois da sua derrota bélica. Em Londres-1948, os nadadores norte-americanos ganharam todas as medalhas de ouro, com Walter Riss, 57″3; William Smith, 4,41″0 e Jimmy LcLane, 19,18″5, nos 100, 400 e 1.500m. livres; Allen Stack, 1,06″4 nos 100m. costas; Joe Verdeur, 2,39″3 nos 200m.bruços (nadando mariposa), e o quarteto de 4x200m. livres, 8,46″0.

Apesar de tudo, Kiphuth era demasiado pragmático para considerar “seu” estilo como o único que podia fazer triunfar qualquer nadador. No seu “laboratório” universitário de Yale, treinou, por exemplo, o australiano John Marshall, medalha de prata nos 1.500m. dos Jogos de Londres, o estilo do qual diferenciava-se em muitos conceitos do “estilo norte-americano” preconizado pelo próprio Kiphuth. Marshall nadava com as costas arqueadas, e com uma pernada “vibratória” pouco profunda, ainda que muito efetiva; sua grande flexibilidade de ombros permitia-lhe fazer uma recuperação com os ombros muito altos, sem que isto significara perder a posição perfeitamente horizontal da linha dos ombros, ainda que seguia as diretrizes do crol do seu treinador, quando esticava completamente o braço antes de o entrar na água. Era um estilo caraterizado pela sua grande flexibilidade.

Marshall foi um dos poucos nadadores que quase a converteu-se em recordista mundial de todas as provas de crol, desde as 100 jardas até a milha, em metros e em jardas (quer dizer, naquele tempo, 1948-1952, um total de 15 provas) das que unicamente lhe resistiram as duas mais curtas, as 100 jardas e os 100 metros. Poucos anos depois, entre 1956 e 1961, outro australiano, John Konrads, igualou praticamente o seu compatriota (ainda que naquele tempo só se homologavam os recordes de 10 provas de crol) e unicamente as duas mais curtas (neste caso os 100 metros e as 110 jardas), lhe impediram chegar a conseguir o que era, e continua a ser, um dos sonhos mais queridos de qualquer crolista, isto é, possuir os recordes mundiais de todas as provas oficiais deste estilo.

O conteúdo A história do crol. Seguem os “inventos”. O crol norte-americano (V) aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Convocados da ANNP para ação do Plano Nacional de Deteção de Talentos

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 15:51

A Associação de Natação do Norte de Portugal divulgou esta terça-feira os jogadores convocados para a quarta atividade de treino e desenvolvimento regional do Plano Nacional de Deteção de Talentos de Infantis Femininos (09h00) e Masculinos (09h00) e Sub-12 mistos (11h15), a ter lugar na Piscina do Colégio de Lamas no dia 24 de fevereiro.

A ação será acreditada pelo IPDJ.

Convocadas:

Infantis Femininos

Inês Magalhães, Inês Sousa, Carolina Teixeira e Joana Pereira (Amarantus);

Lídia Rocha, Cosnier Siloee e Maria Sottomayor (Fluvial Portuense);

Ana Monteiro, Maria Maldonado e Mafalda Rodrigues (Gondomar);

Mariana Macedo, Ana Nunes e Rita Meneses (Lousada Séc. XXI);

Mariana Saraiva e Bruna Martins (Naval Povoense);

Carolina Quinhentas, Ângela Sousa e Maria Barbosa (Aquático Pacense);

Beatriz Sousa, Leonor Sousa, Maria Dias, Lara Costa e Adriana Delgado (Paredes);

Sara Miranda, Maria Almeida, Marisa Araújo, Carolina Rodrigues e Mafalda Magalhães (Vitória SC)

Infantis Masculinos

Mauro Teixeira e Duarte Magalhães (Amarantus);

António Pereira, Marcos Rocha, João Monteiro e Mário Coelho (Fluvial Portuense);

Pedro Teixeira, Tiago Mendes, Tiago Costa e Simão Monteiro (Foca);

João Pires, Rui Amorim e Jorge Pinheiro (Gondomar);

Rodrigo Teixeira e João Ferreira (Leixões);

José Araújo e João Salgado (Vitória SC);

Gabriel Sousa, Nuno Silva, Gonçalo Magalhães e Hugo Pereira (Lousada Séc. XXI);

Francisco Brito, Leandro Almeida, João Vicente e Dinis Pinto (Aquático Pacense);

Hugo Costa, Tiago Caetano e Tiago Morais (Paredes);

Octávio Mata, António Dias, Tomás Carvalho, Afonso Bouça, Tiago Vieira e Eduardo Pinto (Naval Povoense)

Sub-12 mistos

Pedro Pinto, Matilde Pinto, Mateus Ribeiro, Ricardo Morais, Joana Abreu e Letícia Silva (Amarantus);

Nicolas Zibecchi, Xavier Olizabal e Susana Lopes (Fluvial Portuense);

Simão Medeiros, Hélder Félix, Duarte Pinto, João Almeida e Lara Medeiros (Foca);

Rafael Monteiro, Guilherme Miranda e Matilde Canedo (Gondomar);

José Gomes e Benjamim Abreu (Leixões);

Rodrigo Faria, Vítor Oliveira e Ana Ferreira (Lousada Séc. XXI);

Morgan Azevedo e Gonçalo Branco (Vitória SC);

Francisco Vicente, Luana Matos, Manuel Vicente, Tomás Ferreira, Rodrigo Carneiro e Luana Matos (Aquático Pacense);

Francisco Ferraz, Maria Ribeiro, Joana Rodrigues, Alexandra Guimarães, Mafalda Moreira, Joana Nogueira, Leonardo Rodrigues, Tiago Mendes, Ivo Costa e Renato Ferreira (Paredes);

Rodrigo Morais, Miguel Costa, Gonçalo Torres, Luís Branco, Tiago Santos, Tomás Lopes, João Lemos e Henrique Coelho (Naval Povoense)

O conteúdo Convocados da ANNP para ação do Plano Nacional de Deteção de Talentos aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Duarte Mourão entrevistado do podcast Hora H2O

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 14:03

O ex-nadador Duarte Mourão é o mais recente entrevistado do podcast Hora H2O da natação portuguesa, da responsabilidade de Alexandre Agostinho, ex-nadador e atual presidente da Associação de Natação do Algarve.

Neste episódio, gravado cara a cara, fala-se sobre a sua longa carreira, a transição entre a sua carreira desportiva e profissional e muitos outros assuntos interessantes.

Clique aqui para ouvir o que disse Duarte Mourão.

O podcast Hora H2O tem o apoio do Chlorus.

O conteúdo Duarte Mourão entrevistado do podcast Hora H2O aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Câmara de Setúbal apoia Taça do Mundo com financiamento de 30 mil euros

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 12:29

Um apoio financeiro de 30 mil euros à Federação Portuguesa de Natação foi aprovado pela Câmara Municipal de Setúbal, no passado dia 6 de fevereiro, para a realização da edição de 2019 da maratona internacional de águas abertas, lê-se no site da autarquia.

Esta será a 12.ª edição a FINA HOSA – Marathon Swim World Series, que inclui, ainda, a versão Open Challenge destinada igualmente a atletas amadores, eventos que “representam um investimento na organização da ordem dos 160 mil euros, assumido pela FPN”, lê-se ainda no site da Câmara Municipal.

A proposta aprovada pela autarquia em reunião pública ordinária sublinha que a Câmara Municipal de Setúbal colabora, também, na execução de várias tarefas relacionadas com apoio administrativo, logístico e organizacional.

A FINA HOSA – Marathon Swim World Series integra a Taça do Mundo de Águas Abertas, competição que reúne os melhores nadadores da elite internacional e que se reparte por um circuito constituído por dez etapas, a realizar em igual número de cidades distribuídas pela Europa, pela América do Norte e pela Ásia.

A prova de Setúbal, agendada para 9 de junho, em frente do Parque Urbano de Albarquel, decorre nas águas do rio Sado.

A prova sadina resulta de uma organização conjunta da Câmara Municipal com a Federação Portuguesa de Natação e a Federação Internacional de Natação (FINA).

Setúbal acolhe esta competição desde 2006.

O conteúdo Câmara de Setúbal apoia Taça do Mundo com financiamento de 30 mil euros aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Município de Setúbal adere ao Portugal a Nadar

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 12:10

A adesão ao “Portugal a Nadar”, programa de âmbito nacional da Federação Portuguesa de Natação destinado a melhorar as condições de prática desportiva das várias disciplinas da natação, foi uma das deliberações da Câmara Municipal de Setúbal na reunião pública de dia 6 de fevereiro, lê-se no site da autarquia.

O “Portugal a Nadar”, do Plano Estratégico 2014-2024 da Federação Portuguesa de Natação, aponta à massificação da prática de natação com qualidade e, para esse efeito, disponibiliza um conjunto de programas de ensino, para diferentes públicos, devidamente certificados e inclusivos.

Neste âmbito, foi criado um modelo de referência para o ensino, com características adequadas ao desenvolvimento do processo de ensino-aprendizagem da natação, que envolve as várias disciplinas aquáticas, concretamente a natação pura, a artística e a adaptada, bem como o polo aquático.

Já o processo de certificação técnico-pedagógica das escolas de natação segue metodologias de análise definidas pela Federação Portuguesa de Natação, com vista à melhoria contínua do ensino, à implementação de boas práticas e à promoção da natação de uma forma estruturada e regulada.

A adesão de Setúbal ao “Portugal a Nadar”, destaca a deliberação, “é do maior interesse para o desenvolvimento desportivo do concelho, sobretudo na modalidade de natação, disciplina que o município considera estratégica para a qualidade de vida, segurança e a saúde dos cidadãos”.

A Câmara Municipal de Setúbal, proprietária e gestora de um conjunto de instalações aquáticas, é, desde há muitos anos, parceira da Federação Portuguesa de Natação para a organização de um conjunto de ações e eventos, no qual se destaca, desde 2006, a Taça do Mundo de águas abertas.

Neste sentido, reforça o documento, a autarquia “considera fundamental para o desenvolvimento social e desportivo do concelho de Setúbal, o reforço da quantidade e da qualidade das parcerias com as diversas organizações desportivas nacionais e internacionais”.

A adesão do município de Setúbal ao programa “Portugal a Nadar” motiva a filiação de todos os praticantes de atividades náuticas a frequentar escolas de natação camarárias na Federação Portuguesa de Natação, cujo valor por utente filiado é de 50 cêntimos, a pagar anualmente à federação.

Compete ainda à autarquia promover e efetuar a gestão da implementação de projetos específicos de desenvolvimento da natação nas várias disciplinas, bem como da formação de diversos agentes desportivos, assim como facilitar as condições necessárias para a realização de publicidade.

Já à Federação Portuguesa de Natação compete divulgar e implementar o “Portugal a Nadar” entre 7 de fevereiro e 31 de dezembro, zelar pelo cumprimento dos benefícios a usufruir pelo município pela adesão ao programa e disponibilizar o plano anual e critérios de acesso à formação profissional para técnicos.

Entre outros, a Federação Portuguesa de Natação deve apoiar técnica e institucionalmente a organização de eventos nacionais e internacionais e disponibilizar conteúdos de interesse para a promoção e desenvolvimento das várias disciplinas da natação, associando a modalidade ao município.

A adesão ao programa “Portugal a Nadar” motiva a celebração de um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Federação Portuguesa de Natação, que entra em vigor a partir da data de assinatura e é válido pelo período de um ano, sucessivamente renovável.

O conteúdo Município de Setúbal adere ao Portugal a Nadar aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Portugal a Nadar: Piscinas de Campanhã receberam Festival de Natal da Dragon Force

Chlorus - Ter, 19/02/2019 - 11:27

O Complexo de Piscinas de Campanhã foi palco do Festival de Natal da Escola Dragon Force, entidade integrada na Associação de Natação do Norte de Portugal, que este ano obteve a certificação nacional da Federação Portuguesa de Natação, no âmbito do Programa Portugal a Nadar.

Mais de duas centenas de pessoas participaram no dia 15 de dezembro, na edição do Festival Aquático do Futebol Clube do Porto.

A iniciativa promoveu uma manhã com atividades diversas, como natação pura, com a Competição inter-Escolas “30 minutos a nadar”; jogos aquáticos adaptados às idades e grupos de crianças da escola e, ainda, a possibilidade de as crianças conviverem com os Encarregados de Educação em desafios como o Paddle aquático e o “mergulho”.

Rita Fernandes, responsável pela coordenação da escola de natação e gestão das atividades do complexo, realça o “enquadramento da FPN neste evento que serviu de pilar àquele que tem sido o objetivo da escola Dragon Force Natação: queremos mais crianças a nadar e a divertir-se na natação. O rigor, a formação e partilha de práticas e de metodologias são uma peça fundamental para o evoluir das práticas de ensino da nossa escola”. Comenta ainda que “a presença da mascote DRACO foi mais um apontamento que alimentou os sorrisos e fez a delícia de todos”.

O conteúdo Portugal a Nadar: Piscinas de Campanhã receberam Festival de Natal da Dragon Force aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Swim Challenge Cascais 2019 a 26 de maio

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 20:47

A organização da Swim Challenge Cascais 2019 anunciou que a data do evento será no dia 26 de maio.

As provas do Swim Challenge decorrem na Praia da Duquesa, em plena baía de Cascais,

As provas principais são de 1,9 km e 3,8 Km e são abertas a todos, onde é permitido o uso de fato isotérmico. A passagem entre voltas e a meta encontram-se posicionadas fora de água, onde o público acompanha os seus heróis.

A prova KIDS é nas distâncias de 200 e 400m, e é aberta a todos os que queiram participar, neste experiência que é nadar no mar.

Ainda temos a já habitual estafeta, competição que se disputa em equipas de 2 ou 4 elementos, num percurso total de 4.000m (4x1000m).

Inscrições serão abertas em breve

Créditos da imagem: Swim Challenge Cascais 2019

O conteúdo Swim Challenge Cascais 2019 a 26 de maio aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Nadador brasileiro morre durante a travessia

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 16:31

Walter José Stamford Júnior morreu este domingo durante uma prova de águas abertas no Brasil.

O nadador brasileiro, de 51 anos, disputava a primeira etapa do Campeonato Baiano de maratonas aquáticas na praia do Museu de Arte Moderna, e sentiu-se mal quando estava no fim da primeira volta da travessia que tinha 3 quilómetros no total, segundo informações da Federação Bahiana de Desportos Aquáticos (FBDA).

Walter Júnior foi imediatamente assistido e em seguida levado a uma ambulância, mas não viria a resistir após várias tentativas de reanimação.

A FBDA decidiu cancelar a prova e a cerimónia de prémios devido à tragédia. Clique aqui para ver a nota de pesar.

Walter Júnior realizou em dezembro do ano passado a travessia da Baía de Todos os Santos na distância de 12 quilómetros.

Créditos da foto: FBDA

O conteúdo Nadador brasileiro morre durante a travessia aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Rafael Gil bate recorde ao comer hamburger gigante em menos de meia hora

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 14:04

Rafael Gil, habituado aos desafios das águas abertas, conseguiu este domingo, num restaurante na Lourinhã, bater o recorde de comer um hamburger gigante em menos de meia hora.

O nadador do Sporting completou a sua refeição (1.2kg de carne + todos os acompanhamentos) em 25 minutos e quatro segundos, completando com sucesso o desafio Burguer Paradise Challenge.

Como conseguiu comer tudo em menos de 30 minutos, a refeição ficou de borla para Rafael Gil. Só uma pessoa tinha conseguido antes suplantar este desafio, tendo comido o hamburger gigante em 28 minutos e 50 segundos.

Créditos da foto: Estadium Facebook

O conteúdo Rafael Gil bate recorde ao comer hamburger gigante em menos de meia hora aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Seleção de Coimbra vence Meeting de Leiria

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 13:09

A seleção da Associação de Natação de Coimbra venceu no último fim de semana o I Meeting Internacional de Leiria que se disputou nas piscinas municipais.

A equipa de Coimbra somou 708 pontos, à frente do Bairro dos Anjos com 400 e da seleção da Associação de Natação do Distrito de Santarém com 361.

Ariana Carapinha (Náutico Marinha Grande) com 558 pontos nos 100 livres (1.01,01) e Miguel Oliveira (Náutico Marinha Grande) com 497 pontos nos 100 livres (56,73) foram os nadadores com melhores performances.

Participaram 208 atletas (104 masculinos e 104 femininos) em representação de 29 clubes.

Resultados

Créditos da foto: Associação de Natação de Coimbra

O conteúdo Seleção de Coimbra vence Meeting de Leiria aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Universidade do Porto campeã universitária

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 11:33

A Universidade do Porto conquistou no sábado, em Coimbra, o título de campeã universitária de polo aquático, ao somar por vitórias os jogos disputados.

Resultados:

U. Porto-U. Évora 11-1

U. Évora-Académica, 3-15

Académica-U. Porto, 3-5

U. Évora-U. Porto, 3-8

Académica-U. Évora, 9-2

U. Porto-Académica, 7-2

Classificação:

1.º U. Porto

2.º Académica

3.º U. Évora

Créditos da foto: FADU Facebook

O conteúdo Universidade do Porto campeã universitária aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Sporting de Aveiro na frente do Campeonato Nacional, 62 novos recordes na Guarda

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 11:23

O Campeonato Nacional de Inverno de Natação Adaptada, que decorreu no último fim de semana nas Piscinas Municipais da Guarda, registou a obtenção de 62 novos recordes nacionais.

Nas contas desta primeira competição, o Sporting de Aveiro somou 524 pontos, seguido do FC Porto com 435 e do Feira Viva com 335.

Filipe Santos esteve em plano de destaque no primeiro dia do campeonato ao bater o recorde do mundo dos 25 metros mariposa na categoria de S21-Síndrome de Down.

O nadador algarvio do Associação Desportiva e Cultural de Portimão terminou com 15,59 segundos, melhorando o recorde (15,75) que pertencia ao sul-africano Pietie Bell desde 30 novembro de 2008. O recorde da europa pertencia a filipe santos com 15,89.

O Campeonato Nacional de Inverno, organizado pela Federação Portuguesa de Natação e Associação de Natação Interior Centro, com o apoio da Camara Municipal da Guarda, contou com a presença de 33 clubes inscritos representados por 132 nadadores em competição (97 masculinos e 35 femininos).

Resultados

Créditos da foto: FPN

O conteúdo Sporting de Aveiro na frente do Campeonato Nacional, 62 novos recordes na Guarda aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

AD Fafe vence torneio de cadetes em Guimarães

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 11:13

A Associação Desportiva de Fafe venceu, este sábado, a oitava edição do Torneio do Rei no escalão de cadetes, que se realizou na Piscina do Vitória Sport Clube, em Guimarães.

A equipa fafense somou 201 pontos, seguido do Clube de Natação da Maia com 171 e do Viana Natação com 167 pontos.

A prova contou com a participação 200 atletas (102 masculinos e 98 femininos) em representação de 17 clubes.

O torneio foi organizado pela secção de natação do Vitória SC, com o apoio da Associação de Natação do Norte de Portugal.

Resultados

O conteúdo AD Fafe vence torneio de cadetes em Guimarães aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

FC Porto vence Torneio do Rei

Chlorus - Seg, 18/02/2019 - 11:10

O FC Porto venceu, este sábado, a oitava edição do Torneio do Rei no escalão de masters, que se realizou na Piscina do Vitória Sport Clube, em Guimarães.

A equipa azul e branca somou 307 pontos, seguido do Leixões com 188 pontos e do Clube de Natação de Valongo com 162 pontos.

Foi estabelecido um novo recorde nacional do escalão G (55-59 anos) por intermédio de José Barroso (Fluvial Portuense) nos 100 bruços com o tempo de 1.21,42.

A prova contou com a presença de 194 atletas (121 masculinos e 73 femininos) em representação de 18 clubes.

O torneio foi organizaçdo pela secção de natação do Vitória SC, com o apoio da Associação de Natação do Norte de Portugal.

Resultados

O conteúdo FC Porto vence Torneio do Rei aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Congresso da APTN: Didier Chollet apresenta “Acompanhamento técnico de coordenação em crol”

Chlorus - Dom, 17/02/2019 - 18:49

Didier Chollet vai apresentar o tema “Acompanhamento técnico de coordenação em crol”, durante o 42.º congresso técnico-científico – XV Congresso Ibérico que se vai realizar no Portimão Arena entre 26 e 28 de abril.

A preleção do francês está agendada para dia 28 de abril, pelas 12h15, no auditório 1.

“Para medir com precisão a coordenação de rastreamento, criamos uma nova ferramenta: o Índice de Coordenação: IdC (Chollet, D., Chalies, S. & Chatard, J.C. 2000). A coordenação dos braços é quantificada, com uma precisão de 2 centésimos de segundo. Cada movimento dos braços é dividido em 4 fases distintas. O Índice de Coordenação quantifica o tempo entre as fases de propulsão de um braço em relação ao outro braço. Esta ferramenta é usada em um objetivo de monitoramento técnico de nadadores internacionais como Solene Figues, Julien Sicot ou Fabien Gilot. A ilustração das avaliações específicas e das sessões técnicas ou das solicitações apropriadas mostra o interesse desta ferramenta na otimização do desempenho”, lê-se na sinopse do tema.

Didier Chollet é professor universitário emérito, pesquisador e perito científico. Foi treinador das equipas universitárias de França há mais de 25 anos e co-chefe de avaliação de concorrência em nível nacional.

Responsável por avaliações técnicas em natação ou triatlo em nível internacional, foi-lhe atribuída a Medalha de Ouro do Ministério da Juventude e Desportos.

As inscrições para o congresso já estão abertas e o programa (em atualização) disponível.

A APTN, em paralelo com o congresso, vai disponibilizar um programa cultural e social para acompanhantes dos congressistas, como passeios de barco, sunset party e visitas ao Museu de Portimão. Clique aqui para ver o programa cultural e social.

Todos os interessados poderão apresentar uma comunicação oral no congresso. A proposta de comunicação deverá ser submetida em formato de resumo para o endereço de correio eletrónico aptn.formacao@gmail.com até à data limite de 29 de março. Clique aqui para ver o regulamento específico.

O Chlorus, jornal online de Natação, é parceiro Media do evento pelo terceiro ano consecutivo.

Todas as informações estão disponíveis no Chlorus onde serão lançados os vários temas que estarão em discussão.

A formação é creditada pelo IPDJ.

Portimão foi designada Cidade Europeia do Desporto em 2019.

O conteúdo Congresso da APTN: Didier Chollet apresenta “Acompanhamento técnico de coordenação em crol” aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Filipe Santos bate recorde mundial

Chlorus - Dom, 17/02/2019 - 18:23

Filipe Santos esteve em plano de destaque no primeiro dia do Campeonato nacional de Inverno de natação adaptada ao bater o recorde do mundo dos 25 metros mariposa na categoria de S21-Síndrome de Down.

O nadador algarvio, da Associação Desportiva e Cultural de Portimão, terminou com 15,59 segundos, melhorando o recorde (15,75) que pertencia ao sul-africano Pietie Bell desde 30 novembro de 2008. O recorde da europa pertencia a filipe santos com 15,89.

O nadador orientado pelo técnico Paulo Sousa referiu que este é o estilo que “gosta de nadar mais” e também por isso era uma aposta “poder melhorar” novamente aqui na Guarda.

O atleta algarvio reconhece que este recorde do mundo é fruto da sua dedicação à natação, mas “não seria possível” sem o apoio do seu treinador Paulo Sousa.

Filipe Santos (30 anos) era já recordista mundial dos 25 livres (14,15).

Na primeira jornada registaram-se 26 recordes nacionais, competição dominada coletivamente pelo FC Porto entre os 33 clubes inscritos representados por 132 nadadores em competição (97 masculinos e 35 femininos).

O conteúdo Filipe Santos bate recorde mundial aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Tiago Campos melhor português na etapa de Doha

Chlorus - Sáb, 16/02/2019 - 12:41

Tiago Campos foi o melhor português em Doha (Qatar), na primeira etapa da FINA Marathon Swim Series, ficando em 40º, com o tempo de 1:53:52,10.

Rafael Gil, ficou em 54º, com 1:54:03,80, enquando que José Paula Carvalho ficou em 65ª, com o tempo de 2:50:01,0.

Resultados oficiais em atualização

Créditos da imagem: FINA

O conteúdo Tiago Campos melhor português na etapa de Doha aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Wellbrock vence ao sprint primeira etapa em Doha, Rasovsky segundo e Wilimovsky terceiro

Chlorus - Sáb, 16/02/2019 - 12:22

 

A vitória na primeira etapa da FINA Marathon Swim Series 2019, foi disputada so sprint, tendo ficado a vitória para o germânico Florian Wellbrock. Wellbrock esteve sempre no grupo que liderou a prova, tendo completado os 10km, com o tempo de 1:52:21,60.

O segundo e terceiro lugares, foram para o hungaro Kristof Rasovsky, nadador que ganhou a etapa de 2018 em Setúbal, com o tempo de 1:52:22,08 e o terceiro foi o americano, Jordan Wilimovsky, com o tempo de 1:52:24,40.

Resultados oficiais completos em atualização

Créditos da imagem: FINA

O conteúdo Wellbrock vence ao sprint primeira etapa em Doha, Rasovsky segundo e Wilimovsky terceiro aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Ana Marcela Cunha vence primeira etapa em Doha, Angélica André vigésima segunda

Chlorus - Sáb, 16/02/2019 - 08:59

A cidade de Doha, Qatar, recebe hoje a primeira etapa da FINA Marathon Swim Series 2019, prova qualificativa para o Campenato do Mundo da Coreia do Sul, que será já daqui a cinco meses.

Na edição de 2018, a prova feminina foi ganha pela holandesa, Sharon Van Rouwendaal, uma das nadadoras presentes hoje.

Nesta primeira prova de 10km feminina, as nadadoras completaram quatro voltas de 2.5km cada, com uma temperatura da água de 20.5 ºC e uma temperatura exterior de 23ºC, e com condições agitadas no mar.

Alinharam à partida um total de 52 nadadoras, de 16 nacionalidades.

A vencedora desta etapa, que foi disputada ao sprint, foi a nadadora brasileira, Ana Marcela Cunha, com o tempo de 2:03:51,55, seguida pela australiana KAreena Lee, com o tempo de 2:03:52,00 e a fechar o pódio, a italiana Rachel Bruni, com o tempo de 2:03:53,00.

A portuguesa Angélica André, única representante feminina nesta prova, ficou em vigésima segunda, com o tempo de 2:04:21,60.

Créditos da imagem: FINA

O conteúdo Ana Marcela Cunha vence primeira etapa em Doha, Angélica André vigésima segunda aparece primeiro em Chlorus.

Categorias: Natação Nacional

Páginas