Ricardo Sousa: “Não há nenhuma equipa favorita”

Ricardo Sousa: “Não há nenhuma equipa favorita”Ricardo Sousa, jogador-treinador do Paredes, considera que “não há nenhuma equipa favorita” na final, especificando que “os confrontos anteriores foram equilibrados com vitórias para ambos em casa e fora”.

Fluvial Portuense e Paredes Rota dos Móveis discutem, a partir de sábado, pela primeira vez na história de ambos os clubes, o título nacional masculino da 1.ª Divisão, no primeiro jogo da final do play-off agendado para as 18h00, em Recarei (Paredes).

“São as duas melhores equipas do campeonato, muito similares com os seus valores, que proporcionaram jogos equilibrados e este primeiro encontro não irá fugir à regra”, reforçou.

Segundo o técnico paredense, a sua equipa “está motivada” e vai reagir “ao seu melhor no próximo fim-de-semana”, depois de ter sido derrotada, no último sábado, pelo Fluvial Portuense, por 14-12, em Recarei. “Todos percebemos os erros cometidos e estamos preparados para a final”, acrescentou.

O responsável da formação do Vale do Sousa espera encontrar no sábado “uma piscina cheia de apoiantes da modalidade, apesar das restrições impostas [lotação da bancada], com os adeptos a fazerem o seu papel de apoiarem a sua equipa e no fim que ganhe o Paredes”.

Quinta, 01/05/2014

Fonte: Federação Portuguesa de Natação

Autor: 
nadador