Encontro Nacional de Infantis em Condeixa

Encontro Nacional de Infantis em Condeixa

Condeixa recebeu a 28 e 29 de Março o Encontro Nacional de Infantis. Mais de 140 nadadores infantis e respetivos técnicos estiveram durante dois dias envolvidos em atividades na Piscina e Pavilhão Municipais, Escolas Básicas e Secundárias de Condeixa, numa organização conjunta do Condeixa Aqua Clube e Federação Portuguesa de Natação, envolvendo o apoio da Associação de Natação de Coimbra, Município de Condeixa, Universidade de Coimbra e CAR de Rio Maior.

“Foram convocados os nadadores para participação no Encontro Nacional de Infantis, tendo em consideração os resultados do Torneio Nadador Completo e considerando o critério referente à quota regional, como definido na Política Desportiva – Natação Pura – da FPN”, explicou Daniel Marinho técnico FPN para a área de formação.

“Este encontro de infantis pretende motivar os jovens nadadores com ações de formação que foram desenvolvidas, desde treino desportivo, nutrição, aquecimento, prevenção de lesões, avaliação técnica, mas sempre com uma perspetiva lúdica e recreativa adequada a este escalão etário”, acrescentou o técnico.

Cada Associação Territorial foi representada pelo Diretor Técnico Regional e por um técnico a indicar pela Associação entre os clubes com nadadores presentes.

João Viola, treinador do Condeixa Aqua Clube e mentor desta iniciativa, referiu a importância deste encontro para a formação dos nadadores e a troca de experiencias entre os técnicos. “A presença de nadadores internacionais portugueses como Diana Durães , Ana Pinho Rodrigues, Ana Catarina Monteiro, assim com a olímpica brasileira Mônica Rezende, recordista olímpica dos 50 livres, permitiu aos jovens presentes contactarem com nadadores de alto rendimento assim como perceberem como funciona o laboratório de avaliação de treino com a intervenção de Luís Rama professor na Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEF.UC).

Para Alexandre Miguel, presidente do Condeixa Aqua Clube, este evento que contou com a presença de 12 associações regionais, entre elas a Madeira e Açores, “só foi possível” graças ao empenhamento e apoio de todas as entidades envolvidas.

Fonte: Federação Portuguesa de Natação, 29-3-2018
 

Autor: 
nadador