Abril 2015

São conhecidos os nadadores convocados para representar Portugal nos Jogos Europeus de Baku, no Azerbaijão, de 18 a 30 de Junho. A seleção dos atletas tem por base a cota de participantes definida pela LEN para o nosso país e com o estabelecido no Plano de Alto Rendimento Desportivo, Níveis de referenciação mais elevados (diferença percentual entre a melhor marca de cada nadador e a correspondente ao nível de referenciação para o seu escalão etário).

Mariana Marques é a nova diretora-técnica nacional de natação sincronizada da Federação Portuguesa de Natação, sucedendo no cargo a Marta Martins, iniciando as suas funções a partir de 1 de maio.

A piscina do Colégio de Lamas, em Santa Maria de Lamas, acolhe, de sexta-feira a domingo, a “Final 8” masculina da 30.ª edição da Taça de Portugal, um novo formato que a Federação Portuguesa de Natação espera que “corresponda às expetativas em termos de espectáculo e concentração de pessoas”, afirma Miguel Pires, diretor-técnico nacional (DTN).

A 32.ª edição do Meeting Internacional do Porto, inicialmente agendada para os dias 6 e 7 de junho, não se vai realizar este ano, em virtude das obras que já arrancaram na Piscina Municipal de Campanhã.

A Universidade do Porto (UP) conquistou, este domingo, o título nacional universitário em piscina longa, no campeonato realizado na Piscina Municipal da Póvoa de Varzim , onde foram estabelecidos oito novos recordes universitários absolutos.

O CEAT venceu fora, este domingo, o Portinado, por 15-13, em jogo da sexta e última jornada da fase nacional do Campeonato da 2.ª Divisão, terminando a competição só com vitórias. Na outra partida, o Coral derrotou o Fluvial B por 16-9.

Cristiano Joaquim (Portinado), com 34 golos, foi o melhor marcador do campeonato.

Resultados e classificação

O Gondomar venceu hoje fora o Arsenal 72 por 16-5, em jogo da 6.ª e última jornada da fase final do Campeonato Nacional Feminino, e garantiu o apuramento para a final, beneficiando da derrota do Benfica, no seu reduto, por 10-9, frente ao Fluvial Portuense, que terminou em primeiro lugar nesta fase.

Marta Martins (Benfica), com 40 golos, foi a melhor marcadora do campeonato.

Resultados e classificação

O Sporting garantiu, na 6.ª e última jornada da Série dos Primeiros do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, o terceiro lugar, apesar de sair derrotado por 22-4 frente ao Fluvial Portuense. O Naval Povoense terminou a competição no quarto lugar ao perder por 13-8 ante o Paredes.

Na Série dos Últimos, o Vitória de Guimarães perdeu por 9-3 frente ao CDUP/Liberty, enquanto o CNAc bateu o Lousada Século XXI por 17-15.

Maxim Secrieru (Paredes), com 104 golos, foi o melhor marcador do campeonato.

Ana Catarina Monteiro garantiu, este sábado, os mínimos nos 200 mariposa para o Campeonato da Europa de piscina curta, que terá lugar em Israel, no mês de dezembro.

A nadadora do Clube Fluvial Vilacondense bateu o seu máximo pessoal com 2.09,82, durante o XXXV Memorial Internacional Juan Varela-XVIII Trofeo Concello de Ferrol, com a equipa portuguesa a vencer coletivamente com 342 pontos e a mariposista a ser a segunda melhor atleta em competição com 2232 pontos. O recorde nacional absoluto nos 200 mariposa continua na posse de Sara Oliveira, em 2.08,54, fixado em 2010.

O Campeonato Nacional Universitário em piscina longa realiza-se no próximo domingo, a partir das 14h00, na Piscina Municipal da Póvoa de Varzim . Em prova vão estar 136 atletas (87 masculinos e 49 femininos) em representação de 14 equipas.

O estágio em Sierra Nevada, no CAR de Granada, vai realizar-se com a presença de nove nadadores portugueses:

Nuno Quintanilha (Colégio Vasco da Gama) - 24 de abril a 15 de maio

Luís Vaz (Famalicão) - 24 de abril a 15 de maio

Alexandre Coutinho (Columbófila Cantanhedense) - 4 de maio a 15 de maio

Nathan Theodoris (Louletano) - 4 de maio a 15 de maio

Ana Catarina Monteiro (Clube Fluvial Vilacondense) - 28 de abril a 9 de maio

Ana Catarina Monteiro vai participar, pela primeira vez, num Campeonato do Mundo. O “visto” para Kazan foi garantido no Open de Espanha, em Málaga, onde a nadadora do Clube Fluvial Vilacondense nadou os 200 mariposa com novo recorde pessoal de 2.10,51, que lhe valeu a medalha de bronze na distância, os mínimos A para os Mundiais e a entrada no projeto olímpico para 2016, bem como o “passaporte” para os Europeus do próximo ano.

O presidente da Câmara Municipal de Santa Marta de Penaguião, que hoje assinou o protocolo “Portugal a Nadar” com a Federação Portuguesa de Natação (FPN), considera que “o projeto constitui-se como um bastião na formação das crianças e jovens, pela sua distinção e enfoque na vertente socializante que incorpora”.

“O bem estar e felicidade dos penaguienses é a missão que elegemos para o nosso mandato. Acreditamos que é pelo investimento na educação e na cultura que conseguiremos alcançar os nobres objetivos que confiadamente perseguimos”, realça o autarca.

As entidades que aderirem ao projeto “Portugal a Nadar” beneficiam de um vasto leque de ofertas e facilidades, em que pontifica o contacto direto e privilegiado com os vários parceiros FPN e o acesso à formação profissional certificada para os seus quadros e colaboradores, com significativas vantagens imediatas.

No início de dezembro de 2014, a equipa do CEAT viu-se privada de treinar na piscina do CPN, em Ermesinde, devido à falta de aquecimento da água. Com a continuidade da equipa em risco, a secção de polo aquático do Centro Desportivo Universitário do Porto abriu as suas portas aos trofenses, na Piscina Municipal da Senhora da Hora (Matosinhos), dividindo o espaço de treino com a equipa da Trofa.

“De setembro ao início de dezembro, andávamos a treinar duas horas e meia por dia, uma capacidade e disponibilidade de treino que me surpreendeu. Depois ficamos sem a piscina do CPN e isso complicou-nos a vida. O CDUP teve a amabilidade de nos receber e disponibilizou-nos a piscina para treino, dividindo a piscina conosco. Se por um lado passamos a ter menos horas de treino, por outro ganhámos muito noutros aspetos ao podermos treinar diariamente com uma equipa da Primeira Divisão. Estaremos eternamente gratos ao CDUP, sem eles não teríamos sido campeões nacionais”, afirmou Paulo Borges, treinador do CEAT, após o final do jogo frente ao Fluvial B, cujo triunfo por 18-9 valeu o título nacional da 2.ª Divisão.

O CEAT, que na ronda anterior havia garantido a subida ao escalão principal do polo aquático português, conquistou hoje, pela primeira vez, o título nacional masculino da 2.ª Divisão, ao vencer, na Senhora da Hora (Matosinhos), o Fluvial B por claros 18-9, em jogo da quinta jornada da fase nacional.

Com a bancada bem composta por adeptos trofenses, a equipa orientada por Paulo Borges quis bem cedo assegurar o triunfo para conquistar um histórico campeonato, fazendo um parcial de 6-1 a abrir.

No segundo parcial, a formação do Clube Estrelas Aquáticas da Trofa manteve a toada ofensiva, característica patente em todos os jogos desta fase nacional, saindo para o intervalo com o resultado favorável em 12-1.

O município de Montemor-o-Velho e a Federação Portuguesa de Natação, a par das congéneres de Canoagem, Remo e Triatlo de Portugal, celebraram, esta sexta-feira, o acordo de parceria que estabelece o modelo de gestão do Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho.

A cerimónia, presidida pelo secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Montemor-o-Velho, e contou a presença do presidente do município, Emílio Torrão, e do vice-presidente da Federação Portuguesa de Natação, Manuel Freitas, entre outras individualidades.

22 recordes batidos no Torneio de FundoForam estabelecidos 22 novos recordes nacionais no Torneio de Fundo de Masters, que se realizou este sábado no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

Para as contas da Taça Masters, o Sport Algés e Dafundo foi primeiro com 417 pontos, seguido do Fluvial Portuense com 245 e do Clube Natação da Maia com 158.

A competição contou com a participação de 88 atletas em várias séries de 1500 metros.

Terceiro lugar decide-se na última jornadaSporting e Naval Povoense, separados por um ponto, vão decidir o terceiro lugar na última jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão. Em jogo da 5.ª jornada da Série dos Primeiros, o Paredes venceu, em Alvalade, o Sporting por 25-10, enquanto o Naval Povoense e o Fluvial Portuense empataram a 11 golos.

Na Série dos Últimos, o CNAc derrotou o CDUP/Liberty por 13-11 e o Vitória de Guimarães bateu o Lousada Séc. XXI por 16-8.

Gondomar vence Benfica e adia decisão para a última jornadaO Gondomar venceu, este sábado, o Benfica por 9-8, em jogo da 5.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional Feminino, adiando para a derradeira ronda a decisão do segundo finalista da competição.

Na outra partida, o Fluvial Portuense derrotou o Arsenal 72 por 13-4.

Guilherme Pina campeão dos 5000 metrosO júnior Guilherme Pina conquistou o título de 5000 metros de absolutos no Campeonato Nacional de Longa Distância, que decorreu no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O atleta do Benedita nadou a distância com nova melhor marca júnior de 17 anos em 54.46,23, cumprindo o referencial exigido para os Mundiais de Kazan de águas abertas, tais como Alexandre Coutinho (Columbófila Cantanhedense) com 55:12,96 e Rafael Gil (Naval Amorense) com 55.32,24, segundo e terceiro classificado, respetivamente.

“Não estava nada à espera deste tempo, nem da vitória. Ao longo da prova senti-me bem e foi só manter um bom ritmo. Creio que o momento chave foi com cerca de 3000 metros, quando descolei do Tiago Oliveira. Tentei não me deslumbrar com a liderança e manter o ritmo e acabei por vencer. Este triunfo significa uma responsabilidade acrescida, já que cumpri o referencial exigido para os Mundiais de Kazan. Sinto que o trabalho que estou a desenvolver no Centro de Estágio em Rio Maior está a dar resultados”, afirmou Guilherme Pina no final da prova.

Raquel Sousa vence prova de 3000 metrosRaquel Sousa venceu a prova de 3000 metros de juvenis B da fase final do Campeonato Nacional de Longa Distância, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

A atleta do Belenenses nadou a distância em 39.11,64, à frente de Mariana Correia (Sporting) com 39.40,24 e Raquel Tremoço (Sporting) com 40.00,35.

Angélica André campeã dos 5000 metrosAngélica André conquistou o título de 5000 metros de absolutos e seniores no Campeonato Nacional de Longa Distância, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

A atleta do Clube Fluvial Portuense nadou a distância em 58.50,86, cumprindo o referencial exigido para os Mundiais de Kazan de águas abertas.

“Entrei rápido, mas depois quebrei, muito por causa de algum cloro. Foi nesse momento em que a Florbela assumiu a liderança. A partir do meio da prova voltei a recuperar e passei para a frente e consegui conquistar o título. Estou muito contente por ter conseguido o referencial exigido para os Mundiais, era o principal objetivo, e ainda fiz o meu melhor segundo tempo”, afirmou Angélica André, no final da prova.

Diogo Dantas vence prova de 3000 metrosDiogo Dantas venceu a prova de 3000 metros de juvenis B da fase final do Campeonato Nacional de Longa Distância, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O nadador do Sporting nadou a distância em 34.27,84, cumprindo o referencial exigido para os Europeus de juniores de águas abertas.

Diogo Nunes (Fluvial Portuense) conquistou a medalha de prata com o registo de 34.52,20, alcançando também o tempo referencial para a competição europeia. Sérgio Travanca (Fluvial Portuense) foi terceiro classificado com a marca de 35.35,32.

Convocados para estágio em Rio MaiorSão conhecidos os nadadores convocados para o segundo estágio de preparação geral júnior, a ter lugar em Rio Maior de 24 a 29 de abril.

Convocados: Alexandre Coutinho (Columbófila Cantanhedense); Ana Rita Faria, Maria Francisca Cabral e João Ascensão (FC Porto); André Gonçalo Santos (Leixões); Filipe Ramos (Fluvial Vilacondense); Madalena Azevedo e Raquel Pereira (Sport Algés e Dafundo); Frederico Riachos (NSCG); Gabriel Lopes (ALN); Tamila Holub (Sporting de Braga); Guilherme Dias e Alexandre Ribas (Sporting); Guilherme Pina (Benedita), João Gil (Naval Amorense); João Vital (Colégio Monte Maior); e José Carvalho (SFUAP)

Títulos de Longa Distância em disputaA fase final do Campeonato Nacional de Longa Distância realiza-se este sábado, às 10h00 (sessão da manhã) e 16h00 (sessão da tarde), no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra , com a participação de 37 atletas, para disputa dos títulos de juvenis (A e B), Juniores, Seniores e Absolutos e coletivo.

Será ainda realizado o Torneio de Fundo de Masters, no mesmo local, com a presença de 88 atletas (58 masculinos e 30 femininos), na distância de 1500 metros. As séries têm início às 12h30 e 18h20.

Povoense defronta Fluvial ou CNAc nos “quartos”O Naval Povoense, detentor da Taça de Portugal, vai defrontar o vencedor do jogo Fluvial-CNAC (19 de abril) nos quartos-de-final da Final 8, ditou hoje o sorteio realizado na sede da Federação Portuguesa de Natação.

Nas outras partidas, o Paredes Rota dos Móveis vai jogar frente ao Foca – Clube de Natação de Felgueiras, o Técnico enfrenta a Associação Desportiva de Oeiras e o CEAT ou Sporting (resultado do jogo entre estas duas equipas aguarda homologação) tem como adversário o CDUP/Liberty.

A Final 8 da Taça de Portugal masculina disputa-se na piscina do Colégio de Lamas, em Santa Maria de Lamas, entre 1 e 3 de maio.

Diogo Carvalho com mínimos A nos 400 estilos para os MundiaisDiogo Carvalho garantiu os mínimos A nos 400 estilos para os Mundiais de Kazan, durante o Campeonato Nacional de clubes da 2.ª Divisão, que se realizou este fim-de-semana na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor.

O nadador do Galitos registou a marca de 4.18,67, acima do recorde nacional de 4.16,30 que está na posse de Alexis Santos desde os Mundiais de 2013.

Foca campeão nacional de InvernoO Foca conquistou o título nacional de Inverno de natação sincronizada nos campeonatos que terminaram este domingo na Piscina Municipal de Vila Franca de Xira.

A equipa felgueirense somou 257 pontos, à frente da Gesloures e do Aminata, segundos classificados com 230 pontos.

No escalão absoluto, a Gesloures venceu com 24 pontos, seguido do Foca com 22 e do Aminata com 20.

No escalão sénior, o Foca conquistou o título ao contabilizar 36 pontos, seguido do Aminata com 22 e do Clube Natação da Amadora com 11.

Em juniores, o triunfo foi para a Gesloures com 78 pontos, à frente do Foca com 72 e do Aminata com 60.

Em juvenis, a Gesloures superiorizou-se com 78 pontos, seguido do Aminata com 67 e Foca com 50.

O Foca foi mais forte em infantis ao somar 77 pontos, contra 61 do Aminata e 50 da Gesloures.

Sporting tetracampeão masculino da 1.ª DivisãoO Sporting conquistou o título nacional masculino da 1.ª Divisão, nos campeonatos que terminaram hoje na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor. A equipa de Alvalade alcançou o tetracampeonato com 132 pontos, à frente do Estrelas S. João de Brito com 127 pontos e do FC Porto com 94 pontos. Descem ao escalão secundário as equipas do Colégio Vasco da Gama (69 pontos) e do Clube Natação da Amadora (2 pontos).

“Nesta última jornada não demos hipótese aos principais adversários que se reforçaram este ano. Se o título do ano passado tinha disso difícil de conquistar, este foi ainda mais difícil. Soube melhor do que o primeiro título conquistado. Corremos alguns riscos, mas preparamo-nos muito bem. Temos uma equipa jovem, com três juniores, mas queríamos muito ganhar, depois de três fins-de-semana de competições”, afirmou Carlos Cruchinho, treinador da equipa do Sporting.

A equipa leonina, formada por Guilherme Dias, Mario Bonança, Pedro Pinotes, Alexis Santos , estabeleceu um novo recorde nacional absoluto dos 4x200 livres com o tempo de 7.31,41, superando o anterior máximo de 7.33,17 que já pertencia ao Sporting desde 2012

FC Porto hepta campeão feminino da 1.ª DivisãoO FC Porto conquistou o título nacional feminino da 1.ª Divisão, nos campeonatos que terminaram hoje na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor.

A equipa azul e branca somou 141 pontos, à frente do Sport Algés e Dafundo com 130 pontos e do Sporting com 97 pontos. Descem ao escalão secundário as equipas do Famalicão (54 pontos) e Sporting de Braga (51 pontos).

“Foi um título mais concorrido, mas não considero que tenha sido o mais difícil de conquistar. A renovação da equipa está em andamento e o terceiro lugar da equipa masculina, com dois juvenis, demonstra também toda a dinâmica que este clube mantém. O FC Porto está bem e recomenda-se, tal como disse o ano passado”, afirmou José Silva, treinador da equipa do FC Porto.

Colégio Monte Maior campeão masculino da 2.ª DivisãoO Colégio Monte Maior conquistou o título nacional masculino da 2.ª Divisão, nos campeonatos que terminaram hoje na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor, ascendendo ao escalão principal.

A equipa de Odivelas somou 234 pontos, à frente do Leixões com 218 pontos que também foi promovido à 1.ª Divisão. Descem à 3.ª Divisão as equipas do Louletano/Loulé Concelho (117 pontos), Feirense (101 pontos), Foca (98 pontos) e Fluvial Portuense (84 pontos).

Escola Desportiva de Viana campeã feminina da 2.ª DivisãoA Escola Desportiva de Viana conquistou o título nacional feminino da 2.ª Divisão, nos campeonatos que terminaram hoje na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor, ascendendo ao escalão principal.

A equipa minhota somou 224 pontos, à frente do Leixões com 222 pontos que também foi promovido à 1.ª Divisão. Descem à 3.ª Divisão as equipas da Gesloures (121 pontos), Naval Amorense (114 pontos), Náutico de Abrantes (109 pontos) e Académico de Viseu (77 pontos).

CEAT e Portinado sobem de divisãoO CEAT e o Portinado garantiram, este domingo, a subida ao escalão principal. Em jogo da 4.ª jornada da fase nacional do Campeonato da 2.ª Divisão, os trofenses venceram fora o Coral por 14-10, enquanto os algarvios derrotaram, no Porto, o Fluvial por 17-12.

Resultados e classificação

Paredes e Fluvial Portuense apuram-se para a finalO Paredes e o Fluvial Portuense, ao empatarem a 11 golos em Recarei, este sábado, em jogo da 4.ª jornada da Série dos Primeiros, garantiram o apuramento para a final do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, com os paredenses a serem os primeiros classificados.

Na outra partida, o Sporting venceu fora o Naval Povoense por 19-13 e subiu ao terceiro lugar.

Na Série dos Últimos, o Vitória de Guimarães bateu o CNAc por 13-8, enquanto o CDUP/Liberty derrotou o Lousada Século XXI por 17-9.

Fluvial Portuense é o primeiro finalistaO Fluvial Portuense garantiu, este sábado, o apuramento para a final do Campeonato Nacional Feminino, ao vencer fora o Gondomar por 13-6, em jogo da 4.ª jornada da segunda fase. Na outra partida, o Benfica derrotou o Arsenal 72 por 17-5.

Sporting e FC Porto na frente da 1.ª Divisão, cai recorde com 35 anosO Sporting em masculinos e o FC Porto em femininos lideram, ao final do primeiro dia de competição, o Campeonato Nacional de clubes da 1.ª Divisão, que está a decorrer na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor, numa jornada em que caiu o segundo recorde mais antigo da natação portuguesa.

Em masculinos, o Sporting soma 62 pontos, à frente do Estrelas S. João de Brito com 60 e do Náutico/Urgicentro-Sanfil e Famalicão, ambos com 45.

Em femininos, o FC Porto lidera com 70 pontos, seguido do Sport Algés e Dafundo com 60 e do Sporting com 51.

Convocados para etapa do MéxicoSão conhecidos os nadadores convocados para representar a Seleção Nacional de águas abertas na etapa de Cozumel, em México, maratona de 10km da Taça do Mundo FINA/HOSA. A prova está agendada para 2 de maio.

Após a competição, os atletas portugueses vão cumprir um estágio, entre os dias 3 e 18 de maio, no Centro de Alto Rendimento Desportivo de La loma, em San Luis Potosí, no México.

David Grachat: “Tem sido um caminho longo sem muita turbulência”David Grachat vai, pela terceira vez, participar nos Jogos Paralímpicos, em 2016. Depois de uma aproximação aos mínimos no Campeonato Nacional de Inverno, realizado em Vila Franca de Xira, o “passaporte” para o Rio de Janeiro foi adquirido nos 50 e 400 livres, durante a sua participação no British Para-Swimming International Meet, em Glasgow, precisamente o palco do próximo Mundial do IPC, onde o nadador da Gesloures, da classe 9, representará as cores portuguesas.

“Os 400 livres foi a prova para à qual me preparei e correu muito bem. Quanto aos 50 livres, confesso que não estava à espera, não me sentia muito rápido, mas de manhã senti-me muito bem e tinha a certeza que de tarde iria melhorar e fazer os mínimos para os Jogos. Em geral, a prova correu muito bem, cumpri os objetivos propostos por mim e pelo meu treinador, só tenho de ficar satisfeito”, afirma David Grachat, em entrevista ao Foco d’Água.

Títulos de clubes em disputa no JamorOs títulos nacionais de clubes masculino e feminino da 1.ª e 2.ª Divisão disputam-se, este fim-de-semana, na Piscina do Complexo Desportivo do Jamor, tendo ainda como aliciante a possibilidade de obtenção de mínimos para as competições internacionais.

O Sporting, em masculinos, apresenta-se como tricampeão nacional masculino da divisão principal, enquanto o FC Porto é o detentor do título feminino há seis épocas consecutivas.

“Trata-se de uma prova com um cariz eminentemente coletivo pelo que surgem diversas situações em que os melhores nadadores não têm possibilidade de competir nas suas melhores provas em função do interesse da sua equipa. De qualquer forma há algumas participações que podem aliar o melhor dos dois mundos e não é de descurar a possibilidade de obtenção de mínimos para as competições mais importantes, Campeonatos do Mundo e da Europa Absolutos”, afirma José Machado, diretor-técnico nacional da Federação Portuguesa de Natação.

Inscrições para Prova Aberta até 12 de junhoEstão abertas as inscrições para a Prova Aberta, competição de 1500 metros no âmbito da realização da “FINA 10 km Marathon Swimming World Cup - Setúbal 2015”, no dia 27 de junho, com início às 11h00.

Esta prova de promoção de águas abertas, destinada a todos os interessados, será disputada no rio Sado, junto ao Parque Urbano de Albarquel, em Setúbal, ao longo do mesmo percurso da competição internacional.

O prazo para inscrições termina no dia 12 de junho de 2015. A taxa de inscrição é de 15 euros.

Título de Inverno decide-se em Vila Franca de XiraO Campeonato Nacional de Inverno de natação sincronizada realiza-se, entre sexta-feira e domingo, na Piscina Municipal de Vila Franca de Xira, com a participação de 151 atletas em representação de 13 equipas.

A reintrodução do título coletivo nos campeonatos nacionais é uma das novidades do modelo competitivo desta temporada. “Como elementos inovadores para esta nova época temos a prova de esquema livre combinado, que será pela primeira vez organizada em termos absolutos, bem como a reintrodução da atribuição do título de campeão nacional de Inverno ao clube que maior número de pontos obtiver no coletivo”, refere Marta Martins, diretora-técnica nacional (DTN) da Federação Portuguesa de Natação.

Convocadas para estágios na Murtosa e CorucheSão conhecidas as convocadas para os estágios de natação sincronizada de infantis e juvenis que se vão realizar nos dias 19 de abril e 2 de maio na Piscina Municipal da Murtosa e nos dias 2 e 3 de maio na Piscina Municipal de Coruche.

19 de abril (infantis): Ana Rocha, Ana Silva, Carolina Figueiredo, Clara Alves, Matilde Gama, Joana Fonseca e Vitória Andrade (OSCN); Mafalda Azevedo, Beatriz Teixeira, Maria Melo, Mariana Carvalho e Rita Silva (Foca); Margarida Gomes, Maria Oliveira, Erica Ferreira, Matilde Pereira e Susana Silva (ADBA); Ana Cardoso (Lousada Séc. XXI); Jane Costa (Fluvial Portuense); Jessica Santos (CRM)

Treinadora FPN: Sandra Montes

Coordenadora territorial: Lia Rocha

Diogo Carvalho 7.º no ranking mundial, Alexis 8.ºDiogo Carvalho ascendeu ao sétimo lugar do ranking mundial de 2015 nos 200 estilos, enquanto Alexis Santos subiu ao oitavo posto, segundo a última atualização da tabela da Federação Internacional de Natação (FINA).

Diogo Carvalho (Galitos) e Alexis Santos (Sporting) garantiram os mínimos A para os Jogos Olímpicos de 2016 nos 200 estilos, durante o Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague que se realizou no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra entre 1 e 4 de abril.

Esta é a primeira vez que Portugal terá dois atletas nos Jogos Olímpicos a nadar a mesma prova.

Estrelas S. João de Brito primeiro do “medalheiro”O Estrelas S. João de Brito, mercê da conquista de seis medalhas de ouro, foi o primeiro classificado do “medalheiro” de Absolutos do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que se realizou entre quarta-feira e sábado no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O clube de Lisboa somou ainda mais duas medalhas de prata, à frente do Fluvial Vilacondense e Ginásio de Vila Real, ambos com quatro medalhas de ouro e uma de prata.

O FC Porto e o Sport Algés e Dafundo foram os clubes mais medalhados de Absolutos. Os azuis e brancos alcançaram três medalhas de ouro, seis de prata e cinco de bronze, enquanto a equipa algesina somou duas medalhas de ouro, seis de prata e seis de bronze.

José Machado: “Foi uma experiência que resultou”José Machado, diretor-técnico nacional, afirmou, no final da competição, que a participação no Open de Espanha antes do Campeonato Nacional foi uma estratégia conseguida: “Fazer oito dias seguidos de competição para alguns atletas foi uma experiência que resultou muito bem. Foram uns campeonatos com muitos recordes, é um indicativo forte que a natação portuguesa está a evoluir”.

O responsável técnico considera ainda que “os resultados mostram que o número de participantes nos Jogos Olímpicos e Mundial pode ser alargado”, acrescentando que “os nadadores mais jovens que perseguem os seus objetivos também podem-no conseguir num prazo mais longo”.

Ana Leite: “É a melhor fase da minha carreira”Ana Leite (Ginásio de Vila Real), que estabeleceu um novo recorde nacional absoluto dos 100 livres em 56,41, afirmou, no final da prova, que esta é a melhor fase da sua carreira: “Depois de ter ficado muito perto de bater o recorde no Open de Espanha, sabia que era possível e assim aconteceu. Acreditei até ao fim que ia conseguir.

Ana Leite bate recorde em dia olímpicoAna Leite (Ginásio Vila Real) estabeleceu um novo recorde nacional absoluto dos 100 livres, durante a sessão da tarde do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que terminou hoje no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra , num dia que ficou marcado pela obtenção dos mínimos A para os Jogos Olímpicos de 2016 por intermédio de Diogo Carvalho e Alexis Santos nos 200 estilos.

A nadadora do Ginásio de Vila Real registou a marca de 56,41, superando o anterior máximo nacional de 56,80 que pertencia a Sara Madeira desde 2008, alcançando ainda os mínimos para os Europeus de Londres em 2016.

Diogo Carvalho: “Sentimento de dever cumprido”Diogo Carvalho , que garantiu os mínimos A para os Jogos Olímpicos de 2016 nos 200 estilos em 2.00.00, afirmou no final da prova que cumpriu o que tanto ambicionava: “Era o que eu tinha previsto, fazer aqui em Coimbra os mínimos A para os Jogos Olímpicos. Queria fazer próximo dos 1.59. Acabei a prova com o sentimento de dever cumprido. Agora vamos ver o que o corpo dá na final, estou próximo do recorde nacional”.

Alexis Santos: “A parte final foi com o coração”Alexis Santos , que garantiu os mínimos A para os Jogos Olímpicos de 2016 nos 200 estilos (2.00,22), afirmou que se sentiu muito forte na prova e na parte final foi mesmo com o coração: “Tinha apontado para a semana passada, no Open de Espanha, e aí fiquei perto. Descansei para fazer um segundo pico aqui em Coimbra . Estava com algum receio por causa das viagens. Senti-me muito forte na prova e depois na parte final foi com o coração e consegui. É a primeira vez que irei aos Jogos Olímpicos, não tenho palavras para descrever o que estou a sentir. Vou tentar à tarde baixar a fasquia dos dois minutos para conseguir o mínimo A para os Mundiais”.

Diogo Carvalho e Alexis Santos nos Jogos de 2016Diogo Carvalho (Galitos) e Alexis Santos (Sporting) garantiram os mínimos A para os Jogos Olímpicos de 2016 nos 200 estilos, durante a sessão da manhã do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que termina hoje no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

Diogo Carvalho , que pela terceira vez irá participar nos Jogos Olímpicos, garantiu o melhor tempo das eliminatórias com o tempo de 2.00.00, enquanto Alexis Santos , que fará a sua estreia nas olimpíadas, fez o segundo melhor registo em 2.00,22. O recorde nacional absoluto é de 1.59,39 e pertence ao nadador do Galitos desde os Mundiais de 2013.

Pedro Oliveira: “Tenho a sensação que posso fazer melhor”Pedro Oliveira (Estrelas S. João de Brito), que fixou um novo recorde nacional absoluto nos 100 costas em 55,46, afirmou, no final da prova, que vai continuar a perseguir o objetivo dos Mundiais de Kazan: “Foi dentro do que estava à espera, queria ficar próximo do mínimo para os Mundiais de Kazan. Apesar de estar satisfeito, tenho a sensação que posso fazer bastante melhor.

Diana Durães: “Treinei muito para ter este resultado”Diana Durães (FC Porto), que igualou o recorde nacional absoluto dos 400 livres com o tempo de 4.19,75, afirmou, no final da prova, que treinou muito para conseguir este resultado: “Queria bater o recorde nacional, mas igualar é sempre algo que não esperamos. Treinei muito para ter este resultado. Em Espanha já tinha corrido bem. Quero conseguir os mínimos para os Europeus de 2016”.

Ana Leite: “Agora sim, consegui, bati o recorde!”Ana Leite (Ginásio de Vila Real), que estabeleceu um novo recorde nacional absoluto nos 100 costas com 1.03,42, afirmou, no final da prova, que espera conseguir, ainda esta época, os mínimos para os Europeus de 2016: “Depois de ter falhado em Espanha, agora sim, consegui, bati o recorde!

Três recordes nacionais absolutos em CoimbraTrês recordes nacionais absolutos, um dos quais igualado, foram estabelecidos durante a sessão da tarde do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra , onde foi ainda garantido um mínimo para os Mundiais de juniores.

Pedro Oliveira (Estrelas S. João de Brito), que nas eliminatórias da manhã tinha igualado o recorde absoluto em 55,55, fixou um novo máximo nacional na final em 55,46. Na mesma distância, Gabriel Lopes (Louzan Natação) garantiu os mínimos para os Mundiais de juniores ao cumprir a prova em 57,11.

Pedro Oliveira: “Queria nadar forte já de manhã”Pedro Oliveira, que igualou o recorde nacional absoluto dos 100 costas em 55,55, afirmou, no final da prova, que o objetivo é fazer mínimos para os Mundiais de Kazan à tarde: “Até estava à espera de fazer uma boa marca, queria nadar forte já de manhã.

Pedro Oliveira iguala recorde nacional dos 100 costasPedro Oliveira (Estrelas S. João de Brito) igualou o recorde nacional absoluto dos 100 costas durante a sessão da manhã do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O nadador do Estrelas S. João de Brito fez o melhor tempo das eliminatórias em 55,55, precisamente o mesmo registo obtido na Taça de Amesterdão em dezembro do ano passado.

Raquel Pereira (Sport Algés e Dafundo) confirmou os mínimos para os Mundiais de juniores nos 200 bruços com o melhor tempo das eliminatórias e novo recorde pessoal em 2.34,91.

Francisca Azevedo: “Era algo que não esperava”Francisca Azevedo (Sport Algés e Dafundo), que estabeleceu um novo recorde absoluto nos 200 costas com o tempo de 2.15,27, revela que não esperava bater outra vez o máximo nacional com a Rita Frischknecht: “Foi surpreendente, era algo que não esperava, e outra vez bater o recorde nacional com a Rita Frischknecht, tal como aconteceu nos Nacionais de piscina curta.

Rita Frischknecht: “Importante irmos lado a lado”Rita Frischknecht (Sport Algés e Dafundo), que fixou um novo máximo nacional júnior de 17 anos em 2.15,53 e confirmou os mínimos para os Mundiais de juniores, considera importante nadar lado a lado com a Francisca Azevedo: “Temos a sorte de treinarmos juntas e assim podemos puxar uma pela outra para conseguirmos estes objetivos. É muito importante irmos lado a lado.

Ana Rodrigues: “Senti-me solta e bati o recorde sénior”Ana Rodrigues (Associação Estamos Juntos), que bateu o recorde nacional sénior nos 50 bruços com o registo de 31,83 e garantiu os mínimos para os Europeus de 2016, afirmou que está agora mais motivada para as próximas provas: “Há muito que não baixava os 32 segundos. Senti-me solta e bati o recorde sénior, foi muito bom. Na véspera, na final dos 100 bruços, onde tinha ambições de poder bater o recorde nacional, cometi um erro, fui muito rápida nos primeiros 50 metros e depois paguei a fatura. Com o recorde nos 50 bruços estou mais motivada para as próximas provas, os 50 e 100 livres, em que espero bater os meus recordes pessoais”.

Três recordes nacionais, um mínimo para EuropeuTrês recordes nacionais, um absoluto, um sénior e um júnior, foram estabelecidos durante a sessão da tarde do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra , onde foi ainda garantido um mínimo para os Europeus de 2016.

Francisca Azevedo (Sport Algés e Dafundo) estabeleceu um novo recorde absoluto nos 200 costas com o tempo de 2.15,27, superando o anterior máximo de 2.15,58 realizado há cinco dias. Na mesma distância, Rita Frischknecht (Sport Algés e Dafundo) fixou novo máximo nacional júnior de 17 anos em 2.15,53, confirmando os mínimos para os Mundiais de juniores. O anterior recorde de 2.16,63 estava na posse de Cátia Martinheira desde 2012.

João Vital: “Foi uma grande surpresa”João Vital (Colégio Monte Maior), que garantiu hoje os mínimos para os Mundiais de Juniores nos 200 costas com o tempo de 2.04,88, revelou, no final da prova, que foi uma surpresa: “Não estava nada à espera. Não tinha tido carga de treino suficiente para fazer este tempo, foi uma grande surpresa. A passagem dos 100 para os 150 foi decisiva.

João Vital com mínimos, FC Porto bate recordeJoão Vital garantiu, aos 200 costas, os mínimos para os Campeonatos do Mundo de juniores em Singapura (setembro), durante a sessão da manhã do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra . O nadador do Colégio Monte Maior registou o tempo de 2.04,88.

Ainda durante a manhã, o FC Porto estabeleceu um novo recorde nacional de juvenis A nos 4x100 livres femininos. O quarteto azul e branco, composto por Maria Francisca Cabral, Marta Canedo, Joana Pereira e Ana Faria, fez o tempo de 4.06,43, superando o anterior máximo nacional de 4.10,55 que estava na posse do FC Porto desde março.

Alexandre Coutinho: “Decidi atacar na parte final”Alexandre Coutinho, que garantiu hoje os mínimos para os Mundiais de Juniores nos 1500 livres com o tempo de 15.48,60, revelou, no final da prova, que a estratégia era não deixar fugir Rafael Gil: “Depois dos resultados obtidos no Open de Espanha, senti que podia fazer melhor. Vim um dia mais cedo para nadar esta prova de 1500 livres.

Alexandre Coutinho com mínimos para Mundial júniorAlexandre Coutinho garantiu, nos 1500 livres, os mínimos para os Campeonatos do Mundo de juniores em Singapura (setembro), durante a sessão da tarde do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O nadador da Columbófila Cantanhedense conquistou o título absoluto da prova mais longa com a marca de 15.48,60, abaixo dos 15.50,00 exigidos. O recorde nacional desta distância é de 15.16,22 e pertence a Fernando Costa desde 2007.

Sagraram-se ainda campeões absolutos Angélica André (Fluvial Portuense) nos 800 livres, João Gigante (Estrelas S. João de Brito) e Ana Catarina Monteiro (Fluvial Vilacondense) nos 50 mariposa, Filipe Ramos (Fluvial Vilacondense) e Ana Rodrigues (Estamos Juntos) nos 100 bruços, Pedro Oliveira (Estrelas S. João de Brito) e Ana Leite (Ginásio Vila Real) nos 50 costas.

FC Porto bate recorde de juvenis A nos 4x200 livresO FC Porto estabeleceu um novo recorde nacional de juvenis A nos 4x200 livres femininos, durante a sessão da manhã do Campeonato Nacional Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que está a decorrer no Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra .

O quarteto azul e branco, composto por Maria Francisca Cabral, Marta Canedo, Joana Pereira e Ana Faria, registou a marca de 8.55,49, superando o anterior máximo nacional de 9.01,51 que estava na posse do Sporting desde 2012.

Victoria Kaminskaya de bronze nos 200 bruçosVictoria Kaminskaya conquistou hoje a medalha de bronze nos 200 bruços do Open de Espanha, que terminou hoje em Málaga. A nadadora portuguesa registou o tempo de 2.31,37, acima do recorde nacional absoluto de 2.29,51 que pertence a Diana Gomes desde 2005. A prova foi ganha pela turca Viktoria Gunes (2.23,47) e a prata para a espanhola Jessica Montero (2.24,88). Na mesma distância, Raquel Pereira , que de manhã havia conseguido os mínimos para os Mundiais de juniores, foi sétima com 2.35,53.

Na final A dos 100 costas, Ana Leite foi quinta classificada com 1.03,60, acima do recorde nacional absoluto de 1.03,45 de Marta Marinho desde 2010. Na final C, Francisca Azevedo foi primeira com 1.04,05 e Rita Frischknecht terceira com 1.04,70. Na final B masculina, Nathan Theodoris foi segundo com 57,15 e Miguel Nascimento quarto com 57,62.

Três finais A, Raquel Pereira com mínimo para Mundial júniorVictoria Kaminskaya e Raquel Pereira nos 200 bruços e Ana Leite nos 100 costas garantiram o apuramento para as respetivas finais A do Open de Espanha, que termina hoje em Málaga.

Victoria Kaminskaya conseguiu o terceiro melhor tempo das eliminatórias dos 200 bruços em 2.33,38, enquanto Raquel Pereira foi sexta com 2.34,96 e alcançou os mínimos para os Mundiais de juniores.

Nos 100 costas, Ana Leite apurou-se para a final A com o sétimo registo em 1.04,21. Na mesma distância, Francisca Azevedo foi 16.ª com 1.05,03 e Rita Frischknecht 20.ª com 1.05,56.

Nos 50 mariposa, Ana Catarina Monteiro e Nuno Quintanilha foram 29.ºs com 28,64 e 25,16, respetivamente.

Mais de 600 nadadores em CoimbraOs Campeonatos Nacionais de Juvenis, Juniores, Seniores e Absolutos/Somague, que se realizam no Complexo Olímpico de Piscinas em Coimbra de quarta-feira a sábado, contam com a participação de 662 atletas (400 masculinos e 262 femininos) em representação de 97 equipas.

O FC Porto, com 31 nadadores, é o clube com mais inscritos, seguido do Sporting com 30 e do Clube Fluvial Vilacondense com 26.

A prova da cidade do Mondego dá acesso aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, aos Campeonatos do Mundo de Absolutos, agendados para Kazan (Rússia) no próximo mês de agosto, aos Campeonatos da Europa de Absolutos de Londres, em maio de 2016, e será ainda prova final de seleção para os I Jogos Europeus, em Baku, no próximo mês de junho.

Alexis Santos de ouro e com mínimo para os MundiaisAlexis Santos conquistou hoje a medalha de ouro nos 200 estilos no Open de Espanha, que está a decorrer em Málaga, garantindo os mínimos FPN para os Mundiais de Kazan deste ano e para os Europeus de 2016.

O nadador português venceu com 2.00,51, acima do recorde nacional absoluto de 1.59,39 que está na posse de Diogo Carvalho desde 2013, à frente dos espanhóis Albert Puig (2.00,73) e Alan Cabello (2.01,49). Na final B da mesma distância, Nuno Quintanilha foi primeiro com 2.03,83, enquanto Tomás Veloso foi quinto na final C com 2.08,60.

Na final A feminina, Victoria Kaminskaya foi sexta classificada com 2.16,04, acima do recorde nacional absoluto de 2.15,47 que está na sua posse desde 2013. Na final B da mesma distância, Ana Catarina Monteiro foi terceira com 2.19,76.

Portugal apura-se para duas finais APortugal apurou-se, esta manhã, para duas finais A do Open de Espanha, que está a decorrer em Málaga.

Nos 200 estilos, Alexis Santos qualificou-se com o segundo melhor tempo em 2.02,12 e Victoria Kaminskaya apurou-se com o oitavo melhor registo em 2.18,91.

Nas séries lentas dos 800 livres, Alexandre Coutinho fez 8.24,88, Guilherme Pina 8.25,79 e João Gil 8.33,38, enquanto nos 1500 livres Filipa Ruivo registou 17.36,38 e Beatriz Ranito 18.04,78.

CEAT vence Portinado e mantém liderançaO CEAT venceu, este domingo, o Portinado por 21-13, em jogo da 3.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, mantendo-se isolado na liderança. Realizaram-se ainda mais dois jogos: o Portinado venceu o Coral por 15-11 e a equipa alentejana bateu o Fluvial B por 16-6.