Agregador de notícias

Tenista Naomi Osaka, número um do mundo, eliminada do Roland Garros

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 16:44
Naomi Osaka foi derrotada por Katerina Siniakova na terceira ronda do torneio Roland Garros.

Guedes retira pressão a Portugal na Liga das Nações e alerta para a Suíça

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 16:21

O avançado Gonçalo Guedes rejeitou hoje que a seleção portuguesa tenha a obrigação de vencer a Liga da Nações de futebol por estar a jogar em casa e destacou a qualidade da Suíça, adversário nas meias-finais.

“Não temos a obrigação de vencer por estar a jogar no nosso país. Vai ser bom, sim, termos o apoio do nosso público. Jogar em casa deixa-nos mais à vontade, mais tranquilos”, afirmou Gonçalo Guedes, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras, após o treino de Portugal.

O jogador, de 22 anos, admitiu que tem o objetivo de voltar a fazer dupla com Cristiano Ronaldo no ataque de Portugal e considerou que a Suíça é um “adversário de grande qualidade”.

“É uma equipa de conhecemos, que tem demonstrado grande qualidades e que tem grande jogadores. Já observamos um vídeo e vamos tentar aproveitar da melhor forma os seus pontos fracos”, explicou.

Depois de conquistar a Taça do Rei, o seu primeiro troféu em Espanha com o Valência, Gonçalo Guedes assumiu o desejo que fechar a temporada com a conquista da Liga das Nações.

“Seria importante para mim e para todos. Mas primeiro temos que ganhar à Suíça e vamos fazer tudo para chegar à final”, frisou o avançado formado no Benfica.

Gonçalo Guedes reagiu ainda à notícia da morte de José Antonio Reyes, antigo jogador do Benfica, aos 35 anos, vitima de um acidente de viação.

“É uma péssima notícia. Não o conhecia pessoalmente. Era um jogador de grande qualidade. É um momento horrível para a família dele”, disse.

Os jogadores da seleção portuguesa continuam em regime livre e concentram-se para estágio ao final da tarde de domingo, em Espinho, cidade que vai acolher a comitiva lusa durante a fase final da Liga dos Nações.

Portugal, campeão europeu em título, defronta a Suíça nas meias-finais da Liga das Nações, em 05 de junho, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo com início às 19:45. Um dia depois, Inglaterra e a Holanda disputam a outra meia-final, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, também às 19:45.

Os vencedores disputam a final da primeira edição da Liga das Nações, em 09 de junho, no Estádio do Dragão, em encontro com início às 19:45, enquanto os vencidos decidem no mesmo dia a atribuição dos terceiro e quarto lugares, no Estádio D. Afonso Henriques, às 15:00.

“Momento de silêncio” na final da Liga dos Campeões em memória de Reyes

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 16:03

Um “momento de silêncio” vai ser observado na final da Liga dos Campeões, em memória do futebolista internacional espanhol José Antonio Reyes, que morreu hoje, vítima de um acidente de viação, anunciou a UEFA.

“A UEFA informa que será observado um momento de silêncio na final da Liga dos Campeões de hoje, entre o Tottenham e o Liverpool, depois de ter sido confirmada a morte do antigo internacional espanhol José Antonio Reyes”, que representou o Benfica em 2008/09, indicou o organismo regulador do futebol europeu, em comunicado.

O acidente que vitimou Reyes e um primo do avançado espanhol, de 23 anos, e deixou ferida com gravidade uma terceira pessoa, ocorreu às 11:40 (10:40 em Lisboa), numa autoestrada entre Sevilha e Utrera, localidade onde nasceu, tendo o carro em que circulava sofrido um despiste, incendiando-se de seguida, de acordo com a agência EFE.

“A UEFA e o futebol europeu estão profundamente consternados com as terríveis notícias da morte de José Antonio Reyes e gostaria de expressar as minhas sinceras condolências à família e amigos pela sua perda”, afirmou o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, no mesmo comunicado.

Reyes, que atuou esta temporada no Extremadura, da segunda divisão espanhola, jogou no Benfica na época 2008/09, por empréstimo do Atlético de Madrid, tendo disputado 35 jogos e marcado seis golos ao serviço da equipa lisboeta, pela qual conquistou a Taça da Liga, tendo marcado um golo na final, frente ao Sporting.

O avançado, que tem 21 internacionalizações pela seleção de Espanha, nas quais marcou quatro golos, conquistou por cinco vezes a Liga Europa e venceu uma Supertaça europeia, tendo-se ainda destacado no Arsenal, no qual conquistou um título de campeão inglês e uma Taça de Inglaterra.´

"Foi um choque." Benfica manifesta "profunda tristeza" pela morte de Reyes

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 16:00
O jogador de futebol espanhol, de 35 anos, tinha representado o Benfica durante a época 2008/2009.

Armindo Araújo vence prova do Campeonato no Rali de Portugal

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:33
A quarta das nove provas do campeonato nacional terminou ao final desta manhã, após a primeira passagem por Amarante.

Madeirenses atacam meia final da Taça de Portugal

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:26

O Plantel do Madeira Andebol SAD, a pouco mais de duas horas de disputar a meia final da Taça de Portugal frente ao Águas Santas, realizou uma última reunião, com o técnico Paulo Fidalgo e jogadores para afinarem os últimos pormenores para este importante encontro marcado para as 17h30.

Os madeirenses podem seguir este encontro no canal da federação de andebol de Portugal.

Jorge Jesus é o novo treinador do Flamengo

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:18
O treinador português estava sem clube depois de ter saído do comando técnico do Al Hilal, na Arábia Saudita. Jorge Jesus parte agora para o Brasil.

Canoísta Fernando Pimenta conquista ‘bronze’ na Taça do Mundo de velocidade

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:07

O canoísta português Fernando Pimenta conquistou hoje a medalha de bronze na prova de K1 500 metros da segunda etapa da Taça do Mundo de velocidade, que se está a disputar na cidade alemã de Duisburgo.

Fernando Pimenta, o mais forte candidato da seleção portuguesa a conquistar medalhas na Alemanha, foi o terceiro mais veloz na final, com o tempo de 1.39,730 minutos, tendo sido apenas superado pelo alemão Tom Liebscher, que venceu a prova em 1.39,001, e o húngaro Balint Kopasz, segundo classificado, com 1.39,416.

Antes, Fernando Pimenta, tinha terminado a final de K1 1.000 metros no quarto lugar, com o tempo de 3.28,856, a menos de um segundo do terceiro classificado, o húngaro Balint Kopasz, numa prova vencida pelo checo Josef Dostal, com 3.27,206, enquanto o russo Roman Anoshkin terminou na segunda posição.

O atleta limiano tinha conquistado a medalha de ouro na primeira etapa da Taça do Mundo, em Poznan, Polónia, em K1 500 metros e 1.000, sendo que na prova de 5.000 foi forçado a abandonar, quando liderava, pelo facto de um concorrente lhe ter danificado o leme.

A dupla composta por Emanuel Silva e João Ribeiro foi quinta classificada na final de K2 500 metros, com o tempo de 1.30,981 minutos, uma marca pior do que a que obteve nas meias-finais (1.30,124), em que foi terceira classificada na sua série.

Os alemães Max Rendschmidt e Max Lemke conquistaram a medalha de ouro, depois de terem sido os mais rápidos (1.28,986 minutos), à frente das representações russa e francesa, que completaram o pódio.

Na mesma prova (K2 500 metros), mas no setor feminino, Joana Vasconcelos e Teresa Portela não foram além do sétimo posto, com o tempo de 1.44,180 minutos, muito longe do duo vencedor, composta pelas francesas Manon Hostens e Sarah Guyot, que cumpriu a distância em 1.41,279.

Em C2, Bruno Afonso e Marco Apura ficaram afastados da final de 500 metros, ao serem quintos classificados nas meias-finais, com o tempo de 1.43,315 minutos.

A seleção portuguesa de canoagem tem como pontos altos esta época os Jogos Europeus, que se vão realizar em Minsk, entre 21 e 30 de junho, e o apuramento olímpico, de 21 a 25 de agosto, em Szeged, na Hungria.

Benfica manifesta “profunda tristeza e consternação” pela morte de Reyes

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:05

O Benfica manifestou hoje “profunda tristeza e consternação” pela morte do futebolista internacional espanhol José Antonio Reyes, vítima de um acidente de viação, em nota publicada no site oficial do clube lisboeta, que o avançado representou em 2008/09.

“Foi um choque e com profunda tristeza e consternação que tomámos conhecimento do fatídico acidente que vitimou o nosso ex-jogador José Antonio Reyes, um jovem de 35 anos”, refere a publicação, assinada pelo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira.

O acidente que vitimou o avançado espanhol ocorreu às 11:40 (10:40 em Lisboa), numa autoestrada entre Sevilha e Utrera, localidade onde nasceu, tendo o carro em que circulava sofrido um despiste, incendiando-se de seguida, de acordo com a agência EFE.

“Em meu nome pessoal e em nome do Sport Lisboa e Benfica apresento as mais sentidas condolências a toda a sua família e amigos, manifestando profunda solidariedade e pesar nesta hora difícil e muito triste. O atleta e homem exemplar ficará para sempre na nossa memória”, assinala a nota divulgada pelo campeão nacional de futebol.

Reyes, que atuou esta temporada no Extremadura, da segunda divisão espanhola, jogou no Benfica na época 2008/09, por empréstimo do Atlético de Madrid, tendo disputado 35 jogos e marcado seis golos ao serviço da equipa lisboeta, pela qual conquistou a Taça da Liga, tendo marcado um golo na final, frente ao Sporting.

O avançado, que tem 21 internacionalizações pela seleção de Espanha, nas quais marcou quatro golos, conquistou por cinco vezes a Liga Europa e venceu uma Supertaça europeia, tendo-se ainda destacado no Arsenal, no qual conquistou um título de campeão inglês e uma Taça de Inglaterra.

Armindo Araújo vence prova do Campeonato de Portugal de ralis

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 15:00

O piloto português Armindo Araújo (Hyundai i20 R5) venceu hoje a prova pontuável para o Campeonato de Portugal de ralis e ascendeu à segunda posição da competição, atrás de Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5), que foi terceiro classificado.

A quarta das nove provas do campeonato nacional terminou ao final da manhã de hoje, após a primeira passagem por Amarante.

Armindo Araújo foi o melhor piloto nacional, com 2:05.46 horas, terminando com 1.49 minutos de vantagem para o segundo classificado, Bruno Magalhães (Hyundai i20).

Magalhães, que venceu as primeiras especiais do dia, acabou por superar Ricardo Teodósio, que claudicou na terceira especial da manhã e desceu para o terceiro lugar do pódio nacional, a 1.55 minutos de Araújo.

Apesar das contas do Campeonato Português ficarem fechadas nesta primeira parte do segundo dia prova, os pilotos lusos irão continuar em prova para cumprir as especiais da tarde e, também, as de domingo.

Miguel Oliveira parte do penúltimo lugar para a corrida de MotoGP em Itália

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 14:57

O português Miguel Oliveira (KTM) vai sair do penúltimo lugar da grelha para o Grande Prémio de Itália de MotoGP, sexta prova do Mundial de motociclismo de velocidade, tendo hoje terminado a qualificação no 22.º lugar.

O piloto de Almada, atual 18.º classificado do campeonato, com oito pontos, os mesmos do espanhol Joan Mir, terminou a primeira sessão de qualificação com um registo de 1.48,235 minutos, no circuito de Mugello, superando apenas o italiano Andrea Iannone, da Aprilia.

O espanhol Marc Marquez (Honda), tricampeão mundial em título e líder do Campeonato do Mundo, vai partir da ‘pole position’, depois de ter sido hoje o mais veloz, com um tempo de 1.45,519 minutos, à frente do francês Fabio Quarteraro (Yamaha), com 1.45,733, e do italiano Danilo Petrucci (Ducati), que rodou em 1.45,881.

A corrida da sexta prova do Mundial de motociclismo de velocidade tem início marcado para as 14:00 de domingo.

Flamengo contrata treinador Jorge Jesus por uma época

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 14:49

O treinador português Jorge Jesus é o novo técnico do Flamengo, equipa da primeira divisão brasileira de futebol com a qual vai assinar contrato válido por uma época, anunciou hoje o clube do Rio de Janeiro.

“Jorge Jesus é o novo técnico do Flamengo. O acordo foi selado com o presidente, Rodolfo Landim. O treinador chega em meados de julho ao clube e assina contrato de um ano. Seja bem-vindo”, indica o Twitter oficial do Flamengo.

Na sexta-feira, Jorge Jesus rumou a Madrid, mas antes da partida adiantou à comunicação social que iria encontrar-se com os responsáveis do Flamengo para “perceber quais seriam as ideias” do clube.

Jorge Jesus, que em Portugal orientou equipas como o Sporting de Braga, Benfica e Sporting estava sem treinar desde janeiro, altura que deixou os árabes do Al Hilal.

Fernando Pimenta conquista o bronze na Taça do Mundo de velocidade

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 14:47
O canoísta português conquistou a medalha de bronze na prova de K1 500 metros da segunda etapa da Taça do Mundo de velocidade, que está a disputar-se na cidade alemã de Duisburgo.

Morreu José Antonio Reyes, antigo jogador do Benfica. Tinha 35 anos

TSF - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 14:30
O jogador, que passou pelo Benfica entre 2008 e 2009, sofreu um acidente de carro.

Reyes, ex-jogador do Benfica, morre em acidente de viação

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 12:52

O futebolista internacional espanhol José Antonio Reyes, que representou o Benfica, morreu hoje, aos 35 anos, vítima de acidente de viação, informou o Sevilha, clube no qual o avançado iniciou a carreira.

“Não poderíamos ter uma notícia pior. Morreu num acidente de viação o nosso querido José Antonio Reyes. Descanse em paz”, indica uma curta nota publicada no Twitter oficial do Sevilha, clube da Liga espanhola, no qual alinha o defesa internacional português Daniel Carriço.

O acidente que vitimou o jogador espanhol ocorreu às 11:40 (10:40 em Lisboa), numa autoestrada entre Sevilha e Utrera, localidade onde nasceu, tendo o carro em que circulava sofrido um despiste, incendiando-se de seguida, de acordo com a agência EFE.

Reyes, que atuou esta temporada no Extremadura, da segunda divisão espanhola, jogou no Benfica na época 2008/09, por empréstimo do Atlético de Madrid, tendo disputado 35 jogos e marcado seis golos ao serviço da equipa lisboeta, pela qual conquistou a Taça da Liga, concretizando um golo na final, frente ao Sporting.

O avançado, que tem 21 internacionalizações pela seleção de Espanha, nas quais marcou quatro golos, conquistou por cinco vezes a Liga Europa e venceu uma Supertaça europeia, tendo-se ainda destacado no Arsenal, pelo qual se sagrou campeão inglês e ergueu uma Taça de Inglaterra.

Campeã Simona Halep qualifica-se para os oitavos de final de Roland Garros

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 12:05

A tenista romena Simona Halep, campeã em título de Roland Garros e terceira cabeça de série, qualificou-se hoje para os oitavos de final do segundo Grand Slam de 2019, ao vencer em dois ‘sets’ a ucraniana Lesia Tsurenko.

Halep, terceira classificada do ranking mundial, impôs-se com grande facilidade a Tsurenko, 27.ª pré-designada da prova francesa -- a mesma posição que ocupa na hierarquia feminina -, pelos parciais de 6-2 e 6-1, após 53 minutos de confronto.

A tenista romena, de 27 anos, que venceu o torneio parisiense em terra batida em 2018 e foi finalista vencida em 2014 e 2017, vai defrontar nos oitavos de final a vencedora do encontro de hoje entre a porto-riquenha Monica Puig, 59.º do ranking, e a polaca Iga Swiatek, número 104 do mundo.

Liverpool procura hoje vencer sexta Liga dos Campeões, Tottenham é ‘estreante’ na final

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 11:47

O Liverpool procura hoje vencer a Liga dos Campeões de futebol pela sexta vez, a primeira desde 2004/05, enquanto o Tottenham se estreia em finais da prova num duelo 100% inglês no Wanda Metropolitano, em Madrid.

No estádio do Atlético vão estar duas equipas que acederam ao jogo derradeiro depois de reviravoltas nas meias-finais: os ‘reds’ levaram a melhor frente ao FC Barcelona (3-4), enquanto os ‘spurs’ bateram a ‘surpresa’ Ajax (3-3, avançando devido à regra de golos fora).

Desde 2013 que não havia uma final da ‘Champions’ sem o português Cristiano Ronaldo, agora na Juventus, ou o argentino Lionel Messi, dos catalães, pelo que o vencedor terá um novo ‘craque’.

Como favorita parte a equipa de Jurgen Klopp, que venceu cinco de oito finais na sua história e foi finalista em 2017/18, perdendo por 3-1 frente ao Real Madrid de Ronaldo.

Pelo caminho, deixaram Bayern de Munique, nos ‘oitavos’, o FC Porto nos quartos de final e os ‘culés’ nas meias-finais, para chegar à final, na qual o Tottenham se estreia, à procura de conseguir o quarto título europeu, o primeiro desde a Taça UEFA de 1983/84.

A formação de Mauricio Pochettino afastou o Borussia de Dortmund, os ‘conterrâneos’ do Manchester City e o Ajax para chegar a Madrid.

O Liverpool conquistou o seu 59.º e último ‘caneco’ em 2011/12, ao vencer a Taça da Liga inglesa, também o último troféu a entrar, já há mais de uma década (2007/08), para as ‘vitrinas’ do Tottenham.

Este ano, os ‘reds’ foram segundos na Liga inglesa, em que os ‘spurs’ acabaram em quarto, chegando a este jogo com os dois treinadores à procura de uma primeira conquista europeia, afastando o rótulo do ‘quase’, sendo que será a terceira tentativa para Klopp e a primeira para Pochettino.

O médio Keita é a principal ausência no Liverpool, com o ponta de lança Firmino recuperado, enquanto no Tottenham o ‘capitão’ e avançado Harry Kane está em dúvida para o jogo.

A final da edição 2018/19 da Liga dos Campeões, entre os conjuntos ingleses Liverpool e Tottenham, realiza-se no sábado, a partir das 21:00 locais (20:00 em Lisboa), com arbitragem do esloveno Damir Skomina.

Portugal na máxima força para a Liga das Nações no ‘adeus’ à Cidade do Futebol

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 11:37

O selecionador Fernando Santos voltou hoje a ter todos os 23 jogadores disponíveis, naquele que foi o último treino de Portugal na Cidade do Futebol, na preparação para a fase final da Liga das Nações.

Em Oeiras, com muito calor à mistura, a seleção nacional voltou a trabalhar na máxima força, a quatro dias da estreia na competição, que será frente à Suíça, no Estádio do Dragão, no Porto.

Com os termómetros a rondarem os 30 graus, nos primeiros 15 minutos da sessão, que foram abertos à comunicação social, Fernando Santos dividiu os jogadores de campo em quatro grupos de cinco e insistiu nos exercícios de troca de bola, com os guarda-redes a trabalharem à parte.

Já quando os jornalistas estavam a ser convidados a sair das bancadas, o selecionador luso colocou os jogadores a efetuarem remates à baliza.

Depois deste treino, às 12:30, Gonçalo Guedes irá falar aos jornalistas, em conferência de imprensa, igualmente na Cidade do Futebol.

Os jogadores continuam em regime livre e concentram-se para estágio no final da tarde de domingo, em Espinho, cidade que vai acolher a comitiva lusa durante a fase final da Liga dos Nações.

Portugal, campeão europeu em título, defronta a Suíça nas meias-finais da Liga das Nações, em 05 de junho, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo com início às 19:45. Um dia depois, Inglaterra e a Holanda disputam a outra meia-final, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, também às 19:45.

Os vencedores disputam a final da primeira edição da Liga das Nações, em 09 de junho, no Estádio do Dragão, em encontro com início às 19:45, enquanto os vencidos decidem no mesmo dia a atribuição dos terceiro e quarto lugares, no Estádio D. Afonso Henriques, às 15:00.

Canoístas portugueses falham medalhas na Taça do Mundo de maratona

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 11:34

Os canoístas portugueses Sérgio Maciel, em C1, e José Ramalho, em K1, falharam hoje a conquista de medalhas na Taça do Mundo de maratona, ao terminarem no quinto e 12.º lugares nas finais das respetivas classes.

Em Baerum, na Noruega, no mesmo local em que se vai realizar o Campeonato do Mundo de maratona, entre 26 e 30 de agosto de 2020, Sérgio Maciel, campeão do mundo de sub-23, foi o que ficou mais perto do pódio, ao terminar a final de C1 no quinto lugar, com o tempo de 15.19,41 minutos.

O canoísta português terminou a distância considerável do vencedor (1.10,88 minutos), o checo Jakub Brezina, que completou os 3.400 metros da prova em 14.08,53, à frente do compatriota Jan Dlouhy e do francês Tanguy Soucheyre, segundo e terceiro colocados, respetivamente.

José Ramalho ficou muito longe dos primeiros lugares na final de K1, concluindo a prova na 12.ª posição, com o tempo de 12.58,84 minutos, a 25,72 segundos do vencedor, o norueguês Jon Amund Vold, que cumpriu os 3.400 metros em 12.33,12, imediatamente à frente do compatriota Eivind Vold e do dinamarquês Mads Brandt Pedersen.

As mais importantes provas que se vão realizar este ano são o Europeu, em Decize, França, entre 25 e 28 de julho, e o Campeonato do Mundo, em Shaoxing, China, de 17 a 20 de outubro.

Tubo de travão cortado assusta o líder do Rali de Portugal Ott Tanak

Diário de Notícias - Desporto - Sáb, 01/06/2019 - 11:26

Um tubo do sistema de travagem do Toyota Yaris cortado pregou hoje um grande susto ao líder do Rali de Portugal, o estónio Ott Tanak, que ficou parado na ligação entre os troços de Vieira do Minho e Cabeceiras de Basto.

O estónio defendia uma vantagem de 17,3 segundos para o finlandês e colega de equipa Jari-Matti Latvala (Toyota Yaris), mas cedeu seis segundos na especial de abertura do segundo dia de prova, em Vieira do Minho (SS8), devido a problemas de travões.

Tanak parou mesmo por alguns minutos no troço de 11 quilómetros de ligação até ao início da SS9, em Cabeceiras de Basto, recebendo a ajuda do próprio Latvala, que parou para auxiliar o seu chefe de fila.

Fonte da equipa nipónica confirmou à agência Lusa que se tratou de um tubo do travão dianteiro esquerdo que estava cortado, provocando perda de pressão no sistema de travagem.

Resolvida a avaria, a dupla da Toyota manteve o domínio que demonstrou na sexta-feira. Latvala foi o mais rápido, recuperando mais quatro décimos de segundo ao líder do rali. O finlandês está agora a 11,3 segundos de Tanak.

O irlandês Kris Meeke, no terceiro Toyota Yaris, foi também o terceiro, a 2,4 segundos, mantendo a mesma ordem da classificação geral.

Em quarto está agora o francês Sébastien Ogier (Citroën C3), que esta manhã recuperou 1,8 segundos ao belga Thierry Neuville (Hyundai i20), antes da SS10, em Amarante, a mais longa do rali, com 37,6 quilómetros.

Neuville está em quinto, a dois décimos de segundo de Ogier.

Numa jogada tática, a Hyundai fez atrasar o espanhol Dani Sordo, que deveria ter sido o primeiro a arrancar, colocando-o imediatamente à frente do belga em pista, de forma a limpar as trajetórias ideais. Sordo atrasou-se 19 minutos a entrar no troço, penalizando 3.10 minutos nessa operação.

O Rali de Portugal é a sétima prova do Campeonato do Mundo.

Para hoje estão previstas duas passagens pelos troços de Vieira do Minho (20,53 km), Cabeceiras de Basto (22,22 km) e Amarante (37,60 km).

Páginas