Agregador de notícias

Frente MarFunchal - Swim’18 realiza-se no Lido no dia 22

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 16:48

A Frente MarFunchal, em parceria com a Associação de Natação da Madeira, organiza o Frente MarFunchal - Swim’18.

O evento terá lugar no Complexo Balnear do Lido, no próximo sábado, 22 de Setembro.

Esta maratona de natação decorrerá das 9 às 24 horas, com um programa de actividades desportivas que inclui a prova 12 horas a nadar, das 10 às 22 horas, uma aula de hidroginástica, às 9:15, um jogo de pólo aquático entre o Juventude Atlântico Clube e o Sport Algês e Dafundo, às 12 horas, bem como três provas de mar, águas abertas, a partir das 16 horas.

Depois da entrega dos prémios aos vencedores, haverá ainda tempo para celebrar e conviver.

Junya Koga Faces 4-Year Ban by FINA For Doping

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 16:25

The post Junya Koga Faces 4-Year Ban by FINA For Doping appeared first on Swimming World News.

Olympian Junya Koga of Japan is facing a four-year ban by a FINA doping panel, according to sources from multiple news outlets. Koga was a Rio Olympian and also won

The post Junya Koga Faces 4-Year Ban by FINA For Doping appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Olympic Medalist Amaury Leveaux Coming Out of Retirement To Chase 50 Free Gold In Tokyo

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 16:19

The post Olympic Medalist Amaury Leveaux Coming Out of Retirement To Chase 50 Free Gold In Tokyo appeared first on Swimming World News.

In a report from multiple news outlets, Olympic medalist Amaury Leveaux announced he is coming out of retirement at the age of 32. Leveaux originally retired in 2013 at the age of

The post Olympic Medalist Amaury Leveaux Coming Out of Retirement To Chase 50 Free Gold In Tokyo appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

FPAK acusa João Silva de “comentário despropositado e difamatório”

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 16:10

A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) emitiu hoje um comunicado onde reage a um comentário efectuado pelo piloto madeirense João Silva, na rede social Facebook, considerando-se “despropositado e difamatório”.

Eis o comunicado federativo:

“Na sequência do comentário publicado pelo piloto João Silva, que disputa o Campeonato da Madeira de Ralis Coral, na rede social Facebook, entendeu a FPAK esclarecer o seguinte:

- De acordo com o Art. 13 do Código Desportivo Internacional qualquer Concorrente em provas sob a égide da FPAK ou FIA pode apresentar “Reclamações”, neste caso especifico à “alegada não conformidade de Automóveis com as regulamentações”;

- Não foi recibo pelo Colégio de Comissários Desportivos qualquer Reclamação do concorrente acima mencionado ou de outro, pelo que consideramos o comentário no Facebook despropositado assim como difamatório quer, do trabalho da FPAK quer, da legalidade da participação de outros pilotos em provas.

- Tem sido apanágio desta Direcção, dada a competitividade cada vez maior das provas insulares, o controlo regulamentar. Como é do conhecimento geral, a FPAK fez investimentos para assegurar na Madeira, em permanência, Balanças de pesagem certificada e válvulas ‘Pop-Off’.

- Na última prova, excepcionalmente, as Balanças não chegaram ao evento em tempo útil devido a problemas aduaneiros. No que respeita às válvulas ‘Pop Off’ as mesmas estavam a ser utilizadas na Ilha Terceira onde decorria uma prova do Campeonato dos Açores de Ralis. Daqui em diante, tanto as Balanças como as válvulas ‘Pop Off’ permanecerão na Madeira.

Apelamos desta forma ao bom senso de todos os Concorrentes para procederem de acordo com a regulamentação técnica e desportiva evitando cimentar a discórdia e a dúvida quando, na realidade, o deviam fazer de acordo com o mencionado no Código Desportivo Internacional. Mais lembramos que nunca, como agora, houve tanto controle para assegurar a conformidade dos regulamentos.”

Recorde-se que João Silva, na sua publicação no Facebook, lançava um “apelo à verdade desportiva”, acrescentando que “a federação descuida-se da sua função de regulador e fiscalizador”, numa alusão à ausência de balanças de pesagem certificadas e válvulas ‘pop off’ no último Rali Municípios do Funchal e de Câmara de Lobos.

Eis o post que motivou a polémica:

Apelo à verdade desportiva

Já lá vai algum tempo desde esta vitória... para um desportista como eu, custa não ganhar, não estar na luta directa, não ter tido hipótese apesar de toda a dedicação, esforço e talento aplicado.

Se fiz tudo para ganhar, não, não fiz. Nunca o fiz. Mas a tentação é grande e a pressão também.

A federação descuida-se da sua função de regulador e fiscalizador. Deixa a porta aberta à dúvida e ao aproveitamento ilícito, numa benevolência ingénua e grosseira de quem delega a sua principal função ao livre arbítrio de quem tira o benefício.

A tentação é grande... sem balanças e pesagens oficiais podia ter retirado peso ao meu carro, facilmente tirava o lastro de chumbo que perfaz o peso mínimo, e a chapa de protecção traseira em ferro que só estorva, até tirava algumas ferramentas que só levo por precaução.

A tentação é grande... sem medição do limitador de pressão de turbo podia ter bloqueado ou anulado a válvula pop-off, colocado um software modificado sem homologação que me desse mais potência no motor, até podia ter modificado o restrictor de ar, pois nunca o mediram.

A tentação é grande... sem os olhos atentos dos comissários técnicos, sem o juízo dos comissários desportivos, sem a verificação e comprovação da verdade acima de qualquer amizade, cumplicidade e reconhecimento de seriedade, sem o escrutínio de quem tudo vê mas nada diz e faz, sem o julgamento dos adeptos e da comunicação social, sem a vergonha na cara, podia ter feito tudo isto e muito mais.

Mas apesar da tentação, não o fiz. Que sorte têm tido os meus adversários.

A tentação continua... por favor façam algo antes que seja tarde!

Isto não é uma acusação, é uma confissão!

João Silva

‘Madeira Surski Lifesaving’ conta com 50 canoístas de 18 clubes

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 15:43

A 3.ª edição do ‘Madeira Surfski Lifesaving’, que tem início às 16 horas da próxima sexta-feira, nos mares do Seixal (concelho do Porto Moniz), conta com 50 canoístas inscritos, entre os quais cinco olímpicos, oriundos de um total de18 clubes.

A apresentação à imprensa da prova decorreu na manhã desta terça-feira, no salão nobre do Município do Porto Moniz, um dos parceiros do evento que conta também com a organização da Associação Regional de Canoagem da Madeira e do Clube Naval do Seixal e conta com o apoio da Direcção Regional de Juventude e desporto através dos Serviços de Apoio à Actividade Desportiva.

A prova conta com 50 canoístas inscritos, provenientes de 18 clubes, 13 dos quais de fora da Região, nomeadamente dos Açores, do Litoral Alentejano mas também emblemas com projecção internacional como Benfica e Sporting, apara além de outros de renome na prática de canoagem.

Uma dos destaques desta competição são seis atletas que estiveram presentes nos campeonatos do mundo e quatro olímpicos: João Ribeiro, David Varela, Emanuel Silva e o madeirense David Fernandes, apontou o presidente da Associação Regional de Canoagem da Madeira, Viriato Timóteo.

A prova, que decorre numa extensão de 500 metros, tem início às 16 horas de sexta-feira, dia 21 de Setembro. Os canoístas saem para o mar a partir da praia do Seixal, rondam uma bóia aos primeiros 250 metros e seguem para a meta.

A competição funciona por sistema de eliminatória, pelo que, os mais lentos vão sendo desclassificados até à disputa de uma final de seis atletas em cada um dos escalões: masculino e feminino.

Viriato Timóteo fez votos para que o evento seja um bom cartaz para a promoção da modalidade e também “das belas paisagens que a costa Norte possui para a prática da modalidade aliada ao enquadramento da natureza”.

Purdue Scores Verbal Commitment from Erin Verbrugge

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 15:24

The post Purdue Scores Verbal Commitment from Erin Verbrugge appeared first on Swimming World News.

NEW COMMIT: Purdue has recently gained a verbal commitment from versatile in-state swimmer Erin Verbrugge. The Westfield native will make the move to West Lafayette in the fall of 2019.

The post Purdue Scores Verbal Commitment from Erin Verbrugge appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Q&A with Johnnie Means on Diversity & Inclusion

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 15:00

The post Q&A with Johnnie Means on Diversity & Inclusion appeared first on Swimming World News.

By Xonzy Gaddis, Swimming World College Intern. For over 50 years, distinguished swimming coach Johnnie Means has been a vocal activist on the advancement of people of color in the

The post Q&A with Johnnie Means on Diversity & Inclusion appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Carina Carvalho ficou em 17.º lugar no Circuito Mundial de Bopdyboard em Sintra

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 14:39

A atleta madeirense Carina Carvalho alcançou o 17º lugar, ficando-se pela 1ª ronda feminina desta do Sintra Portugal Pro, etapa do Circuito Mundial de Bodyboard 2018 que terminou este domingo.

A atleta do Iate Clube de Santa Cruz ficou “um pouco abaixo do em relação ao esperado”, conforme admitiu o clube em nota de imprensa.

A competição contou com a participação de 24 atletas de diferentes nacionalidades, com destaque para . A portuguesa Teresa Almeida classificou-se em 3.º lugar, atrás da venezuelana Lumar Guittard e da a japonesa Minome Tone, tendo-lhe faltado uma onda de 5.11 para passar à fase seguinte onde só poderiam passar as duas primeiras atletas.

A concluir a competição a portuguesa Joana Schenker, campeã mundial em título, e a brasileira Isabela Souza, múltipla campeã do Mundo e actualmente a representar o Estoril Praia, dividiram pontos e dinheiro na final do Portugal Sintra Pro, 3ª etapa do circuito mundial feminino, ao não conseguirem decidir a vencedora por causa... do nevoeiro.

Oito minutos depois do início da final e com a brasileira na frente (Schenker ainda só tinha feito uma onda), o nevoeiro tornou impossível a continuidade (e conclusão) da bateria, forçando a organização a cancelar a final.

A madeirense que foi a 17ª classificada do ranking mundial do ano passado, vai procurar manter as participações internacionais que lhe forem possíveis na modalidade, quer no mundial quer no europeu de bodyboard feminino, podendo continuar a elevar o nome da região lá fora com a consequente promoção das excelentes condições que apresenta para a prática desta modalidade e potencial turístico do destino.

De referir que em finais de julho a atleta marcou também presença em mais um Miss Activo Cup nas ondas da Costa Nova - Aveiro, 2ª etapa do europeu de bodyboard feminino, tendo ficado em 7º lugar.

Estas participações internacionais estão a ser possível graças aos apoios da Direção Regional da Juventude e do Desporto, reconhece o Iate Clube de Santa Cruz.

Max Niggel Hired As New Head Coach At Allegheny

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 14:30

The post Max Niggel Hired As New Head Coach At Allegheny appeared first on Swimming World News.

Allegheny College has announced the hiring of Max Niggel as head men’s and women’s swimming and diving coach. A highly decorated student-athlete at Edinboro University, Niggel arrives in Meadville after

The post Max Niggel Hired As New Head Coach At Allegheny appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Ranking the Best NCAA Women’s Swimmers in Division I From 1-25

Swimming World - Ter, 18/09/2018 - 13:30

The post Ranking the Best NCAA Women’s Swimmers in Division I From 1-25 appeared first on Swimming World News.

By Andy Ross. With the 2018-19 school year underway, many teams are getting their toes wet with fall training as we dive into a new season. Last year, the Stanford

The post Ranking the Best NCAA Women’s Swimmers in Division I From 1-25 appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

FC Porto com passeio matinal antes do duelo na Arena AufSchalke

TSF - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 12:23
Dragões enfrentam o Schalke 04 esta noite em Gelsenkirchen, cidade que traz boas memórias ao clube.

Maradona estreia-se com triunfo ao comando dos Dorados

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 11:11

O argentino Diego Armando Maradona estreou-se na segunda-feira a vencer como treinador do Dorados de Sinaloa, que bateram os Cafetaleros de Tapachula por 4-1, em encontro da oitava jornada da segunda divisão mexicana de futebol.

“Sabia que iam ganhar quando os vi treinar, pois estes rapazes têm fome de glória. Mas, ainda não se ganhou nada, foi só um jogo, faltam muitas finais. Queremos concretizar um sonho lindo, que começou com os Cafetaleros”, disse o ‘astro’ argentino.

Os Dorados, que somaram o primeiro triunfo na prova, ao sétimo encontro, tiveram no equatoriano Vinicio Angulo a sua grande figura, com um ‘hat-trick’.

Depois de uma primeira parte sem golos, Angulo faturou aos 60, 62 e 76 minutos, o terceiro de penálti. Alonso Escoboza apontou o outro tento do conjunto comandado por Maradona, aos 87, enquanto o argentino Sebastian Ibar marcou para os forasteiros, aos 64.

“Quem jogou futebol foram os Dorados, enquanto eles limitaram-se a atirar bolas para a frente e, com exceção de um remate ao ‘ferro’, não tiveram oportunidades”, disse aquele que é considerado um dos melhores futebolistas da história.

Maradona, que em 1986 levou a Argentina ao ‘colo’ até ao título Mundial, elogiou os seus jogadores: “Fala-se do 4-1, mas não do sacrifício dos meus jogadores, aos quais lhes exigimos o máximo nos treinos. Aqui, todos dão mil por cento”.

“Eles são um exemplo, pois os que passam dos 30 anos trabalham tanto com os de 20. O triunfo é mérito do trabalho”, disse o técnico argentino, que também teve elogios para os adeptos, dizendo que se sentiu como no estádio do Boca Juniors.

Os Dorados, que ascenderam ao 10.º lugar do campeonato, com seis pontos, em sete jogos, voltam a jogar no sábado, no reduto dos Alebrijes de Oaxaca, nonos, com nove pontos, em oito encontros.

Sporting defende cores portuguesas com ambição de chegar longe na Liga Europa

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 09:37

O Sporting carrega esta época o estatuto de defensor do futebol português na Liga Europa, tendo no horizonte um grupo acessível e a aspiração de superar a presença nos quartos de final na anterior edição da prova.

Depois dos afastamentos algo surpreendentes de Sporting de Braga e Rio Ave aos pés de Zorya e Jagiellonia, respetivamente, nas pré-eliminatórias, os ‘leões’ ficaram isolados na segunda competição da UEFA e o sorteio destinou-lhes a oposição do poderoso Arsenal e dos mais modestos Vorskla, da Ucrânia, e Qarabag, do Azerbaijão, no grupo E.

No arranque de um novo ciclo, agora sob a presidência do recém-eleito Frederico Varandas, e comandado pelo treinador José Peseiro -- responsável pela única presença do Sporting numa final da antiga Taça UEFA, em 2005 -- o clube de Alvalade tem condições para superar o primeiro obstáculo, apesar da oposição de um dos anunciados candidatos ao triunfo.

Pelo segundo ano consecutivo na Liga Europa, após duas décadas de participação ininterrupta na Liga dos Campeões, o Arsenal tenta virar a página sobre a marcante passagem de Arsène Wenger com o técnico espanhol Unai Emery, um ‘especialista’ desta competição, com três triunfos seguidos (2014, 2015 e 2016) enquanto responsável pelo Sevilha.

A transição não se adivinhava fácil e o arranque dos londrinos na Premier League é prova disso, com duas derrotas em cinco jornadas e uma distância competitiva já evidente para os rivais na luta pelo título inglês. Entre as principais figuras da equipa estão o veterano guarda-redes checo Petr Cech, o médio alemão Mesut Ozil e o avançado gabonês Aubameyang.

A primazia do grupo deve ser disputada com os ingleses, mas o Sporting terá de se acautelar também com o Qarabag. O clube - que joga em Baku, o palco da final deste ano - conquistou na época transata o quinto título de campeão consecutivo no Azerbaijão e figurou como a primeira equipa do país na Liga dos Campeões, ao lado de Atlético de Madrid, Roma e Chelsea.

Além da desgastante viagem até à capital azeri, onde o Qarabag joga desde 1993, depois de deixar Agdam devido ao conflito na região de Nagorno-Karabakh, a formação ‘leonina’ vai defrontar um conjunto bem organizado pelo técnico Qurban Qurbanov e reencontrar os ‘velhos conhecidos’ Slavchev, que integrou o plantel em 2014/15, e Vagner, que representou Boavista e Estoril.

Por fim, o Vorskla, terceiro classificado no último campeonato da Ucrânia, apresenta um plantel composto quase exclusivamente por jogadores ucranianos, nos quais se salientam o guardião Shust e o avançado Kulach, além dos brasileiros Artur e Nicolas Careca.

Apesar da boa campanha de 2017/18, a presente época está a ser marcada pela irregularidade: quinto lugar, com quatro vitórias e quatro derrotas em oito jornadas realizadas na liga ucraniana.

A fase de grupos da Liga Europa começa na quinta-feira e completa-se em 13 de dezembro, com a realização da sexta e última jornada.

Hamilton segura mais uma vitória

Fair Play - Ter, 18/09/2018 - 09:07

Lewis Hamilton está em plena forma! É o que tem de ser dito sobre a fantástica performance que o britânico teve durante todo o GP de Singapura. Antes do fim de semana e durante os treinos tudo apontava a um domínio dos Ferrari, mas Hamilton mudou completamente as regras do jogo.

Durante a qualificação Hamilton decidiu tirar os coelhos da cartola e fez uma perfeita e algo inesperada volta rápida para a pole position. A partir daí, saber-se-ia que a vitória estaria ao seu alcance, mas não se podia subestimar o andamento, este ano, superior dos Ferrari.

Só que na corrida, Hamilton voltou a ser Hamilton e dominou a seu belo prazer. Hamilton mostrou sempre o andamento que precisava, parecia, inclusive, que teria mais andamento no “bolso”, caso fosse preciso. Foi uma corrida longa, mas tranquila, que não teve um único momento de aperto para o Campeão do Mundo.

Atrás de si ficou Verstappen, que lutou muito com Vettel para ganhar esta posição, quer no arranque, quer na mudança de pneus. Verstappen usou o seu espírito combativo para sair das boxes e ficar milímetros à frente do piloto da Ferrari.

Vettel terminou em 3º e viu o fosso pontual ficar ainda maior. Depois de ter dito que a volta de qualificação de Hamilton tinha sido boa, mas não era imbatível, ficou no ar se Vettel teria assim tanto andamento no seu carro ou se estaria a fazer mind games.

Tendo em conta a estratégia de pneus mais macia e agressiva que a Ferrari utilizou, que nem assim levou o alemão a passar Verstappen, os comentários de Vettel deveriam ter sido apenas uma tentativa de pressão para Hamilton.

A luta pelo quarto lugar foi entre os “outros” pilotos das três equipas da frente, Bottas, Kimi Raikkonen e Ricciardo.  Durante esta luta, os três passaram a derradeira dezena e meia de voltas muitos juntos, em luta direta. Acabou por ser o piloto da Mercedes a levar a melhor, mas seguido de perto pelo seu compatriota.

Grande sétimo lugar para Fernando Alonso, que conquistou o lugar dos “vencedores do segundo pelotão”, depois duma corrida muito sólida, terminando bem na frente de Carlos Sainz, que o vai substituir na McLaren. A fechar o top 10 terminaram Charles Leclerc e Nico Hulkenberg.

Era suposto as duas últimas corridas terem sido dominadas pela Ferrari e Vettel, mas o vencedor em ambas foi Lewis Hamilton. Isso mostra o quanto nada está garantido na F1, mas mostra também o atual estado de espírito do inglês, que o está a fazer superiorizar-se aos restantes. Hamilton não tem cometido erros, ao contrário de Vettel, e por isso tem agora uma vantagem de 40 pontos.

As contas começam a ser muito favoráveis para Hamilton, mas ainda há muito por disputar. Hamilton pode estar preste a tornar-se no novo pentacampeão da F1, mas Vettel tem exatamente o mesmo objetivo e os erros do alemão podem ter servido para começar uma grande reta final de Campeonato.

GRANDE PRÉMIO DE SINGAPURA (foto: f1.com) CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS (foto: f1.com)

The post Hamilton segura mais uma vitória appeared first on Fair Play.

Telma Monteiro é a maior esperança de medalhas nos Mundiais de judo

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 09:03

Telma Monteiro é a maior esperança portuguesa em medalha nos Mundiais de judo, que decorrem em Baku de quinta-feira a 27 de setembro, mas a seleção lusa tem outros atletas com capacidade para surpreender.

Aos 32 anos, Telma, bronze nos Jogos Olímpicos Rio2016 em -57 kg, é a grande referência do judo português, sendo que foi ainda quatro vezes vice-campeã mundial e uma vez bronze, perdendo a conta aos pódios europeus.

“Já tenho muitas medalhas no campeonato do mundo e, portanto, tenho sempre a perspetiva de chegar ao pódio, mais uma vez. Contudo, está muito competitivo e há apenas quatro medalhas. Tenho consciência que é difícil”, disse, a 03 de setembro, na apresentação da seleção para os mundiais.

Do lote de convocados da equipa nacional, apenas as mulheres já conquistaram medalhas nas maiores provas, neste caso em Europeus: Joana Ramos já amealhou uma prata e um bronze, Yahima Ramirez bronze e a jovem Patrícia Sampaio conquistou há dias o título europeu de juniores.

No setor masculino, Anri Egutidze espera confirmar a boa época e Jorge Fonseca é sempre candidato a intrometer-se entre os mais fortes.

“Cada um quer avançar o máximo na competição e será esse o maior objetivo. Primeiro, temos o grande desafio do sorteio, que só nos dias antes é que vamos conhecer, para aí preparar melhor combate a combate, com a intenção de passar o máximo de combates possíveis”, disse a selecionadora nacional, Ana Hormigo, na antevisão aos mundiais.

Sergiu Oleinic (-66 kg) estava convocado, mas está lesionado e vai falhar o evento.

Estes Mundiais já contam o apuramento para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, pelo que também é objetivo em Baku que cada atleta possa angariar o máximo de pontos.

Lista dos convocados para os Mundiais de judo:

Femininos:

-48 kg: Catarina Costa e Joana Diogo.

-52 kg: Joana Ramos e Mariana Esteves.

-57 kg: Telma Monteiro.

-78 kg: Yahima Ramirez e Patricia Sampaio.

Masculinos:

-60 kg: Gonçalo Mansinho.

-66 kg: João Crisóstomo.

-73 kg: Jorge Fernandes e Nuno Saraiva.

-81 kg: Anri Egutidze.

-90 kg: João Martinho e Tiago Rodrigues.

-100 kg: Jorge Fonseca.

Golfista espanhola Celia Barquín assassinada nos Estados Unidos

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 08:53

A golfista espanhola Celia Barquín foi encontrada morta na segunda-feira num campo de golfe no estado americano do Iowa, tendo as autoridades detido o presumível autor do crime.

A polícia encontrou o corpo de Celia Barquín, de 22 anos, no campo de golfe de Coldwater, na localidade de Ames, depois de alguns atletas terem dado alerta após terem encontrado o seu saco de golfe abandonado.

De acordo com a polícia, Celia Barquín estudava e jogava na Universidade Iowa State e morreu na sequência de um ataque.

Collin Daniel Richards, de 22 anos, alegado autor do crime, foi detido e pode vir a ser considerado culpado de homicídio em primeiro grau.

Nascida em Puente San Miguel (Cantabria), Celia Barquín ganhou em 2018 o torneio feminino de golfe Big 12 e foi nomeada desportista feminina do ano na sua universidade, onde estudava engenharia civil.

Celia Barquín tinha ganho este ano o Campeonato de Europa amador feminino.

“Esta é uma perda trágica e sem sentido de uma jovem talentosa e uma aclamada estudante e desportista”, salientou em comunicado a presidente da Universidade Iowa State, Wendy Wintersteen.

FC Porto regressa a Gelsenkirchen para tentar entrar a ganhar na Liga dos Campeões

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 08:48

O FC Porto visita hoje o Schalke 04, em partida da primeira jornada do grupo D da Liga dos Campeões de futebol, regressando à cidade onde venceu a prova pela última vez, em 2004.

Na cidade onde os portistas bateram o Mónaco por 3-0 na final, treinados por José Mourinho e numa equipa com Deco, Costinha, Ricardo Carvalho ou Paulo Ferreira, o FC Porto enfrenta um adversário em ‘apuros’, com três derrotas em outros tantos jogos no arranque da Liga alemã.

Na ‘Champions’, a equipa de Sérgio Conceição quer ainda ‘vingar’ a eliminação de 2008, quando os alemães eliminaram os portistas no desempate por grandes penalidades dos oitavos da competição, com um ainda jovem Manuel Neuer a brilhar na baliza, depois de um 1-0 para cada lado.

Antes, as duas equipas já se tinham encontrado uma outra vez, na Taça UEFA de 1976/77, com os adversários dos ‘dragões’ a sorrirem também dessa vez.

Na primeira mão da primeira ronda, golos de Rodolfo e Cubillas anularam um ‘bis’ de Klaus Fischer, no Estádio das Antas, mas na Alemanha o Schalke venceu por 3-2, apesar de dois golos de António Oliveira.

Num grupo equilibrado onde também pontificam Galatasaray e Lokomotiv de Moscovo, de Manuel Fernandes e Éder, o FC Porto quererá ainda afastar o empate a uma bola na Taça da Liga, na receção ao Desportivo de Chaves, e ganhar ‘embalo’ para o ‘clássico’ com o Benfica, na Luz, a 07 de outubro.

No grupo A, o Mónaco, treinado por Leonardo Jardim e sem o lesionado Rony Lopes, recebe o Atlético de Madrid, de Gelson Martins, num dos grandes jogos da jornada inaugural da fase de grupos, enquanto o Borussia Dortmund, de Raphael Guerreiro, visita o Club Brugge.

No grupo B, o FC Barcelona, de Nelson Semedo, procura somar os primeiros pontos na receção ao campeão holandês PSV Eindhoven, enquanto o Inter de Milão, com João Mário fora dos inscritos, recebe o Tottenham.

Na ‘poule’ C, o finalista vencido da prova, o Liverpool, inicia a caminhada para ‘vingar’ a derrota com o Real Madrid na final na receção ao campeão francês Paris Saint-Germain.

O Nápoles de Mário Rui visita o Estrela Vermelha, que participa na fase de grupos da prova pela segunda vez, depois de o ter feito em 1991/92, quando a competição ainda se chamava Taça dos Campeões Europeus, um ano depois se se sagrar campeão europeu.

Visão financeira de aplicação do vídeoárbitro na Taça da Liga “é redutora”

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 04:35

O diretor executivo da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), João Martins, disse ontem que “é uma visão redutora” olhar para a questão financeira como determinante para a implementação da tecnologia de videoárbitro na Taça da Liga.

“Nunca a questão de uso do videoárbitro (VAR) esteve dependente de uma vontade da Liga e de uma ponderação financeira por parte da Liga. A política de uso do VAR é definida pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e pelo Conselho de Arbitragem da FPF, e a Liga não faz ingerência na definição desta política”, explicou, à Lusa, o dirigente.

João Martins reagia às declarações do presidente do Conselho de Arbitragem (CA), José Fontelas Gomes, que disse à Lusa que o uso de VAR na Taça da Liga, na terceira fase, não acontecia apenas por opção da LPFP.

O dirigente da LPFP apontou para a implementação da tecnologia na I Liga, uma “boa decisão em que Portugal foi pioneiro”, que foi tomada pela FPF.

Segundo a Liga, “a implementação do VAR não é de um dia para o outro”, e com a participação de equipas da II Liga na terceira fase “não se pode permitir a existência de VAR, ou um compromisso”.

Questionado pela Lusa sobre a ausência da tecnologia VAR na competição, o presidente do CA da FPF tinha explicado que o único estádio que não tem ligação por fibra à Cidade do Futebol, onde está instalado o dispositivo VAR, é o do Varzim, “mas um sistema móvel poderá assegurar sem dificuldades as condições técnicas necessárias”.

“No futuro, talvez a terceira fase possa ter o VAR, mas neste momento não foi colocada a questão, nem a Liga pode ter a ousadia de pedir a implementação e perguntar quanto custa. Não foi assim que funcionou na I Liga, foi uma decisão da FPF em querer assumir estrategicamente a implementação do videoárbitro na competição, e que nós apoiamos”, reforçou.

Para João Martins, a Liga “compreende” que a FPF suporta os custos associados à tecnologia na sua implementação na I Liga, na Taça de Portugal a partir das meias-finais, e na ‘final four’ da Taça da Liga, e que a federação gere “o funcionamento de arbitragem e de disciplina, como deve ser”

O dirigente quis ainda “desdramatizar um pouco” a questão, num momento em que o VAR, “com todas as críticas, recebe agora uma demonstração de que tem dado imagem positiva”, mas lembrou que a Liga dos Campeões “não tem a tecnologia, não por falta de dinheiro, mas por estratégia e definição de como e quando deve ser instalada”.

“É redutor estar a dizer que é uma questão de preço, porque não é, tem a ver com estratégia. (...) Se calhar, têm de ambas de se sentar à mesa, definir a estratégia e a política sobre um tema em conjunto”, rematou.

À agência Lusa, o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF afirmou que a introdução do videoárbitro na terceira fase da Taça da Liga, algo que “depende apenas do investimento da Liga”, depois de ter sido usada em 2017/18 a partir das meias-finais, em formato ‘final four’, em Braga.

Segundo o CA, o VAR pode ser utilizado na Taça da Liga “a qualquer momento, desde que a Liga o solicite”, enquanto na Taça de Portugal Fontelas Gomes lembrou que em 2017/18 este foi utilizado a partir das meias-finais.

Conselho de Arbitragem da FPF diz que videoárbitro pode ser usado na Taça da Liga

Diário de Notícias - Desporto - Ter, 18/09/2018 - 03:33

O presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) disse ontem à Lusa que a tecnologia de videoárbitro pode ser utilizada na Taça da Liga, o que “depende apenas do investimento da Liga”.

“Nesta fase da Taça da Liga, desde que todos os jogos sejam televisionados, o Conselho de Arbitragem não deteta qualquer entrave à nomeação de vídeoárbitros. Essa opção depende apenas do investimento da Liga”, explicou José Fontelas Gomes.

Questionado pela Lusa sobre a ausência da tecnologia VAR na competição, o dirigente explicou que o único estádio que não tem ligação por fibra à Cidade do Futebol, onde está instalado o dispositivo VAR, é o do Varzim, “mas um sistema móvel poderá assegurar sem dificuldades as condições técnicas necessárias”.

Segundo o CA, o VAR pode ser utilizado na Taça da Liga “a qualquer momento, desde que a Liga o solicite”, enquanto que, na Taça de Portugal, Fontelas Gomes lembra apenas que em 2017/18 este foi utilizado a partir das meias-finais.

A Agência Lusa contactou a LPFP, mas não obteve ainda qualquer resposta.

Sobre a arbitragem dos jogos dos clubes ‘grandes’ na primeira jornada da Taça da Liga, a nomeação de árbitros mais jovens aconteceu enquadrada num “plano de crescimento individual para aqueles que chegam às competições profissionais”.

“Ao abrigo desse plano, o CA entendeu que na primeira jornada da Taça da Liga deveria nomear para alguns dos jogos dos chamados ‘grandes’, árbitros que nunca tinham arbitrado nesses estádios”, acrescentou o dirigente, dizendo ainda que não foi “a primeira vez” nem será “a última”.

Manuel Mota arbitrou o Sporting-Marítimo (3-1), enquanto Rui Oliveira esteve no Benfica-Rio Ave (2-1) e Vítor Ferreira no FC Porto-Desportivo de Chaves (1-1), e Fontelas Gomes reforçou que “todos os jogos são avaliados”, mas que os clubes devem “entender este processo e assumam as suas responsabilidades”.

“A crítica constante, os comentários repetidamente negativos e muitas vezes desajustados, em nada contribuem para uma arbitragem e um futebol que todos queremos cada vez melhor”, apontou, dizendo que o CA poderá agir “face a comportamentos que considere inaceitáveis” e que coloquem em causa os árbitros.

Feirense recupera de desvantagem e vence Estoril

TSF - Desporto - Seg, 17/09/2018 - 23:47
Equipa fogaceira virou o resultado ainda na primeira parte.

Páginas