Agregador de notícias

Afinal já se sabe o paradeiro de Fábio Coentrão

TSF - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 18:08
O jogador partilhou nas redes sociais uma fotografia em que aparece a treinar com o equipamento do Real Madrid

Harvard Swimming and Diving Names Chris Heaton As Class of 1989 Head Coach For Diving

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 18:02

The post Harvard Swimming and Diving Names Chris Heaton As Class of 1989 Head Coach For Diving appeared first on Swimming World News.

CAMBRIDGE, Mass. – Chris Heaton has been named The Class of 1989 Head Coach for Diving, Bob Scalise, The John D. Nichols ’53 Family Director of Athletics announced today (Aug.

The post Harvard Swimming and Diving Names Chris Heaton As Class of 1989 Head Coach For Diving appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Swimming Hall of Fame Remains in Fort Lauderdale, Signs 30-Year Lease

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 18:00

The post Swimming Hall of Fame Remains in Fort Lauderdale, Signs 30-Year Lease appeared first on Swimming World News.

Fresh off the heels of a $27 million renovation project to the Fort Lauderdale Aquatic Complex, the International Swimming Hall of Fame (ISHOF), signed a 30-year lease to remain in Fort

The post Swimming Hall of Fame Remains in Fort Lauderdale, Signs 30-Year Lease appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Clinton N'jie não chega a acordo com o Sporting

TSF - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 17:56
O avançado, de 25 anos, vinha por empréstimo do Marselha, mas as negociações com o Sporting acabaram por falhar.

Missouri Swimming and Diving Promotes Emily Eaton To Assistant Coach

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 17:30

The post Missouri Swimming and Diving Promotes Emily Eaton To Assistant Coach appeared first on Swimming World News.

COLUMBIA, Mo. – Mizzou men’s and women’s swimming and diving head coach Greg Rhodenbaugh announced the promotion of Emily Eaton to assistant coach on Wednesday. Eaton, who spent the 2017-18

The post Missouri Swimming and Diving Promotes Emily Eaton To Assistant Coach appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

International Testing Agency Aims To Regain Trust Of Athletes and Fans

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 17:00

The post International Testing Agency Aims To Regain Trust Of Athletes and Fans appeared first on Swimming World News.

In a profile that originally appeared on the website Business Standard, the director-general Benjamin Cohen of the International Testing Agency claims that the organization will help fans and athletes regain

The post International Testing Agency Aims To Regain Trust Of Athletes and Fans appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Wash U Hires Eleanore Stevens As New Assistant Coach

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 16:30

The post Wash U Hires Eleanore Stevens As New Assistant Coach appeared first on Swimming World News.

Washington University in St. Louis men’s and women’s swimming and diving head coach Brad Shively has announced the hiring of full-time assistant coach Eleanore Stevens. Stevens replaces Megan Sheets, who resigned in May

The post Wash U Hires Eleanore Stevens As New Assistant Coach appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Espanhóis querem saber onde anda Fábio Coentrão

TSF - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 16:30
Esquerdino português ainda não se apresentou ao trabalho na academia do Real Madrid.

Fulham e West Ham: Os Campeões de Mercado na Premier League

Fair Play - Qua, 22/08/2018 - 16:29

Em nenhum campeonato se investe como na Premier League. Milhões e milhões são gastos anualmente na tentativa de apetrechar os seus plantéis para garantir competitividade na mehor liga do mundo. Apesar dos belos e significativos investimentos de Liverpool, Chelsea e Arsenal, os campeões de mercado foram os londrinos do Fulham e do West Ham, que melhoraram significativamente o nível das suas equipas.

Os cottagers precisavam de um investimento forte para elevar a qualidade da sua equipa, que apesar de ter jogadores de qualidade, estava bem atrás da maioria das equipas da Premier League. Dos 25 jogadores que compõem o plantel sénior, 11 não faziam parte da equipa o ano passado, e só não são 12 porque o ponta de lança sérvio Mitrovic, adquirido em definitivo esta época, já estava no Craven Cottage desde Janeiro.

O técnico sérvio Slavisa Jokanovic viu chegar o duo de guardiões espanhóis Fabri e Sergio Rico, tendo o primeiro custado 6 milhões de euros, enquanto o segundo chegou cedido pelo Sevilha.

No setor defensivo, dos 8 elementos presentes no plantel, apenas o central Tim Ream e os laterais Denis Odoi e Cyrus Christie transitam para a nova época, tendo sido contratados o lateral esquerdo Joe Bryan por 6,7 milhões de euros, o potente lateral direito Timothy Fosu-Mensah cedido pelo Manchester United, e os centrais Maxime Le Marchand proveniente do Nice, Alfie Mawson e Calum Chambers, o primeiro contratado em definitivo ao Swansea por 17 milhões de euros e o segundo a chegar cedido pelo Arsenal.

O mercado do Fulham ( Foto: Pictaramci)

No meio campo foi realizado o investimento mais forte, mas em menos jogadores. A juntar aos talentosos Tom Cairney, Stefan Johansen ou Kevin McDonald, o Fulham garantiu dois talentosos africanos provenientes da liga francesa. Um deles, Jean Michael Seri, pode ser mesmo considerado um reforço “bomba”, uma vez que o craque marfinense ainda o ano passado esteve a um passo do Barcelona. Pelo médio ex-Nice, o Fulham pagou 30 milhões de euros, um valor elevado, mas que se justifica tendo em conta a qualidade de passe, energia e cultura tática que o médio de 27 anos vai trazer à equipa. 30 milhões foi também o valor pago pelo jovem camaronês de 23 anos Zambo Anguissa, que chega do Marselha para assumir um lugar no onze, tendo para isso de ultrapassar os experientes Johansen e McDonald.

Seri e Anguissa serão agora companheiros no meio campo do Fulham

No ataque, para além do já citado Aleksandr Mitrovic, que custou pouco mais de 20 milhões de euros, chegaram a título de empréstimo o campeão do mundo em 2014 André Schurrle e o talentoso argentino Luciano Vietto. O ex-Atlético de Madrid deve proporcionar uma acesa luta com Mitrovic por uma lugar no onze, não sendo de descurar a possibilidade de jogarem juntos, enquanto Schurrle deverá assumir papel de figura numa das alas, com a outra ala a ser entregue ao talentoso jovem de apenas 18 anos Ryan Sessegnón.

Outro campeão de mercado foi o West Ham, que começou logo com o reforço do seu banco ao garantir o experiente técnico Manel Pellegrini, que sabe o que é ser campeão inglês (apenas mais dois treinadores das restantes 19 equipas já foram campeões).

O West Ham também se reforçou no banco (Foto: TalkSport)

Quanto ao plantel, viu chegar nomes para todos os setores. Começando desde trás, os Hammers garantiram o experiente polaco Lukasz Fabianski por 8 milhões de euros, vindo do despromovido Swansea.

Na defesa, só a lateral esquerda viu permanecer a dupla do ano passado, Masuaku e Cresswell. Para a direita chegou o velocista Ryan Fredericks para pôr em sentido Mauro Zabaleta, tendo o inglês de 26 anos chegado a custo zero após término do seu contrato com o Fulham. Para o eixo, chegaram o possante jovem francês Issa Diop e o paraguaio Fabian Balbuena. O primeiro custou 25 milhões de euros proveniente do Toulouse, já o sul americano foi mais barato, com o West Ham a pagar 4 milhões ao Corinthians.

No meio campo, os Hammers viram chegar dois importantes reforços para o setor, um deles podendo ser considerado como uma das melhores movimentações deste mercado inglês. Jack Wilshere, médio de apenas 26 anos assinou com o clube do oeste de Londres após ter terminado o seu contrato com o Arsenal, sendo um acréscimo enorme de qualidade a um meio campo que tinha clara falta de criatividade e talento na ausência de Lanzini. O outro médio contratado foi o experiente colombiano Carlos Sánchez, vindo da Fiorentina por 4,5 milhões de euros, ele que tem assim nova experiência na Premier League depois da sua passagem pelo Aston Villa.

No ataque, Manuel Pellegrini viu chegar três nomes sonantes e que impõem respeito. Andriy Yarmolenko foi o primeiro, com os Hammers a garantirem o craque ucraniano junto do Borussia Dortmund a troco de 20 milhões de euros. Também para as alas do ataque chegou o rápido e talentoso brasileiro Felipe Anderson, que custou quase 40 milhões de euros, e que não deve ter dificuldade em ser figura na equipa do West Ham. A juntar aos dois extremos, os Hammers garantiram ainda concorrência para Chicharito e Andy Carroll, com a aquisição do avançado espanhol Lucas Pérez, por um valor simpático. 4,4 milhões de euros foi o valor pago por um elemento que não contava para o Arsenal, após um ano de empréstimo ao Deportivo da Corunha.

Felipe Anderson, um craque que vai brilhar em Inglaterra (Foto: Uol Esporte)

Apesar de maus começos para ambas as equipas (derrotas com Liverpool e Bournemouth no caso do West Ham, e com Palace e Tottenham no caso do Fulham), as equipas londrinas têm na teoria plantéis de qualidade suficiente para protagonizarem épocas tranquilas, tendo os Hammers o 9º plantel mais valioso da Premier League, enquanto o Fulham se fica pelo 11º lugar entre os mais valiosos. Resta esperar pelos próximos meses para verificar se os campeões de mercado irão conseguir espremer o talento de todos estes belos reforços.

 

 

The post Fulham e West Ham: Os Campeões de Mercado na Premier League appeared first on Fair Play.

Air Force Academy’s 2018-19 Schedule Features Seven Home Meets

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 15:45

The post Air Force Academy’s 2018-19 Schedule Features Seven Home Meets appeared first on Swimming World News.

The Air Force Academy’s women’s swimming and diving program announced its 2018-19 schedule, according to head coaches Colleen Murphy and Stan Curnow, Monday, August 20. The 2018-19 slate is highlighted

The post Air Force Academy’s 2018-19 Schedule Features Seven Home Meets appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Quem foi o MIP da natação portuguesa em 2017/2018?

Fair Play - Qua, 22/08/2018 - 15:27

Em várias modalidades, maioritariamente colectivas, no final de cada época desportiva para além do MVP (most valuable player), é frequentemente eleito o MIP (most improved player), ou seja, o jogador que mais evoluiu nesse ano.

Depois de apurarmos a MIP feminina da época (ler aqui) vamos fazer o mesmo exercício para o sector masculino, ou seja, vamos elaborar o top-10 dos nadadores que mais evoluíram as suas marcas pessoas em 2017/2018.

Já explicamos o procedimento no artigo dedicado às senhoras, mas voltamos a explicar como chegamos até estes 10 mais:

  1. Apenas consideramos nadadores que terminaram a época no top-10 de cada uma das 17 provas individuais do calendário competitivo nacional em piscina longa. Foi apenas considerado o top-10 para garantir que os nadadoras que figuram nesta lista são efectivamente nadadores de topo nacional. A meio da tabela certamente que encontraríamos muitos nadadores que sofreram uma grande evolução na presente época, mas a ideia é destacar os nadadoras que deram o salto para o topo em 2017/2018;
  2. Apenas consideramos nadadores juniores e seniores por duas razões: 1) Daremos destaque aos melhores nadadores infantis e juvenis da temporada numa futura publicação sobre as revelações da temporada; 2) Nadadores mais jovens estão num ciclo evolutivo naturalmente mais acelerado e caso os considerássemos teríamos um top sem nadadores juniores e seniores;
  3. Para ser possível a comparação, independentemente da prova, consideramos o rácio a cada 100 metros. Por exemplo: se um nadador em 2016/2017 tinha de recorde pessoal o tempo de 24.12 aos 50 metros livres e em 2017/2018 terminou a época com um recorde pessoal de 23.44, terá um rácio de 1,36: (24.12-23.44)x2; se um nadador fazia 16:44.14 aos 1500 metros livres na época passada e esta época passou a fazer 15:54.13, terá um rácio de 3,33: (16:44.14-15:54.13)/15;
  4. Aplicamos este modelo ao top-10 de todas as provas e seleccionamos os 10 nadadores que apresentaram melhor rácio de evolução em 2017/2018 e chegamos ao seguinte top-10:
#10 – Miguel Nascimento (SLB): 1,80 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Abrimos o top-10 com um internacional português. Miguel teve um óptimo desempenho nos Europeus de Glasgow atingindo a meia-final dos 200 mariposa, um recorde pessoal nos 200 livres e um recorde nacional nos 400 metros livres. Foi precisamente esse tempo de 3:51.89 que lhe valeu o rácio de 1,80. Para chegar ao recorde nacional o nadador do Benfica melhorou bastante a sua melhor marca pessoal que era de 3:59.10 antes desta época.

#9 – Diogo José (SCC): 2,24 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Uma época em contínuo crescendo para o nadador júnior da Columbófila Cantanhedense a abrir boas perspectivas para a próxima época, sobretudo porque ficou à beira de baixar dos 16 minutos nos 1500 metros livres. Foi no Open de Portugal quando nadou para o excelente tempo de 16:01.38. Diogo tinha iniciado a época com 16:34.98, melhorando 2,24 segundos em cada 100 metros.

#8 – Rúben Carvalho (AAC): 2,32 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Depois de 5 anos afastado das piscinas, o nadador da Académica de Coimbra voltou e mais rápido que nunca. Rúben nadou várias vezes esta época os 50 metros bruços abaixo dos 30 segundos, fixando o seu recorde pessoal no Open de Portugal em 29.49. Antes desta época o seu máximo pessoal era de 30.65. Obteve um rácio de 2,32.

#7 – Francisco Santos (SCP): 2,37 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Foi uma época em cheio para o costista do Sporting que só podia ser melhor se tivesse conseguido o apuramento para os Campeonatos da Europa de Piscina Longa. Ficou a escassos 17 centésimos nos 200 metros costas com os 2:00.10 que marcou nos nacionais do Funchal. Foi esse o tempo que o trouxe até esta lista. Antes desta época o seu recorde pessoal era de 2:04.84. Uma evolução de 2,37 segundos a cada 100 metros.

#6 – Tiago Costa (SCP): 2,52 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Outro sportinguista em evidência foi o sénior de primeiro ano, Tiago Costa, revelando-se um excelente nadador de estilos. No fecho da temporada, no Open de Portugal, Tiago venceu a Final B dos 200 metros estilos com grande autoridade e com o tempo de 2:06.89. O seu recorde pessoal era de 2:11.92, o que lhe rendeu um rácio de evolução de 2,52.

#5 – Rafael Simões (SCB): 2,59 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Chegou este ano ao Sporting de Braga, vindo dos Amigos da Montanha e teve uma época de alto nível. O nadador júnior chegou à meia-final dos Campeonatos da Europa de Juniores nos 200 metros bruços e foi campeão nacional absoluto no Jamor, na mesma prova. Foi nessa competição que estabeleceu o seu recorde pessoal de 2:18.19. Em 2016/2017 tinha fechado a época com 2:23.36, o que representou uma melhoria de 2,59 segundos/100 metros.

#4 – Filipe Santo (SLB): 2,70 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Mais um júnior que esteve em destaque na presente temporada e que marcou presença no Europeu de Juniores. O nadador do Benfica já tinha tido uma recta final de 2016/2017 de grande evolução na sua melhor prova, os 1500 metros livres, e esta época continuou imparável. Mas não foi pela prova mais longa que veio parar ao top-10, mas sim pelos 3:59.39 aos 400 metros livres que marcou em Helsínquia. Filipe tinha 4:10.17, pelo que atingiu o rácio de 2,70.

#3 – Bruno Ramos (CFB): 2,84 Foto: nadarcfb.blogspot.com

O nadador d’Os Belenenses há algumas épocas que não pára de evoluir e 2017/2018 não foi excepção. Ficou muito próximo do apuramento para os Europeus de Piscina Longa nos 400 metros estilos, mas foi na técnica de livres que Bruno mais melhorou as suas marcas, particularmente nos 400 metros livres. Tinha 4:14.93 da época passada e este ano chegou aos 4:03.57, uma evolução de 2,84 aos 100.

#2 – José Paulo Lopes (SCB): 3,03 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Surpresa seria se o júnior do Braga não figurasse nesta lista. De facto podiam ser várias as provas que o trariam a este top. José Paulo foi a grande revelação da natação portuguesa em 2017/2018, mesmo considerando que na época passada já era um nadador que tinha participado nos Europeus de Juniores, mas nesta época José Paulo transcendeu-se com o 4º lugar nos Europeus de Juniores e os 6 recordes nacionais individuais. A sua maior melhoria foi nos 200 metros mariposa onde passou de 2:09.95 para 2:03.90, alcançando um “score” de 3,03.

#1 – João Costa (VSC): 3,98 Foto: ANNP

Outra grande revelação da temporada foi o nadador do Vitória de Guimarães, João Costa. O costista foi o melhor júnior de 1º ano desta época e evoluiu as suas melhores marcas de costas a ponto de estar muito próximo dos mínimos para os Europeus de Juniores, sendo um natural candidato a representar Portugal nessa competição na próxima época. Os 57.76 aos 100 metros costas que João marcou no Open de Portugal e que lhe valeram o título de vice-campeão nacional absoluto renderam-lhe uma melhoria de 3,98 segundos face aos 1:01.74 que tinha de recorde pessoal em 2016/2017.

The post Quem foi o MIP da natação portuguesa em 2017/2018? appeared first on Fair Play.

Madeirense Artur Rodrigues reforça andebol feminino do Benfica

Diário de Notícias - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 15:19

O madeirense, Artur Rodrigues irá assumir funções como treinador da equipa do Benfica de andebol feminino na época 2018/2019.

O técnico insular que estava ligado ao Clube Desportivo Infante bem como à selecção nacional A feminina assume agora um novo projecto na sua carreira desportiva, onde irá tentar levar o clube das ‘águias’ ao regresso ao escalão maior do andebol feminino português.

De referir que o Benfica está de voltar ao andebol nacional, em termos femininos onde irá competir na II Divisão nacional, com a forte ambição de subir ao escalão principal.

Os encarnados ostenta vários títulos nacionais, nomeadamente sete campeonatos nacionais da I Divisão, seis Taças de Portugal e duas supertaças. Depois da sua criação em 1971/1972 o andebol feminino do Benfica veio a ser extinto na temporada 1993/1994, tendo regressado depois, apenas por uma época em 1996/1997.

Passados 21 anos o Benfica, e o madeirense Artur Rodrigues contará com uma equipa com base na juventude para além de reactivar os vários escalões de formação em termos femininos.

Meet Swimming World’s Summer 2018 Journalism Interns!

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 15:00

The post Meet Swimming World’s Summer 2018 Journalism Interns! appeared first on Swimming World News.

This summer, Swimming World had the pleasure of working with a gifted group of 21 journalism interns who submitted stories every two weeks and delved into feature writing, race analysis,

The post Meet Swimming World’s Summer 2018 Journalism Interns! appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Schooling Sets Games Record; Japan Wins Four Golds on Night Four At Asian Games

Swimming World - Qua, 22/08/2018 - 14:45

The post Schooling Sets Games Record; Japan Wins Four Golds on Night Four At Asian Games appeared first on Swimming World News.

The fourth night of finals from the 2018 Asian Games from Jakarta, Indonesia, saw three Games Records fall from Joseph Schooling, Yasuhiro Koseki and Japan’s 4×100 free relay. China’s mixed medley relay also

The post Schooling Sets Games Record; Japan Wins Four Golds on Night Four At Asian Games appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

“O nosso papel, enquanto Câmara Municipal, é o de preservar este tipo de memória”, diz João Pedro Vieira

Diário de Notícias - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 14:21

O vereador João Pedro Vieira, que tem o pelouro do Desporto na Câmara Municipal do Funchal, apresentou esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a 23.ª edição da Prova de Mar José da Silva ‘Saca’, que decorrerá no próximo domingo, dia 26 de agosto, pelas 11h.

A Câmara Municipal do Funchal associa-se uma vez mais à Junta Freguesia de Santa Maria Maior, à Associação de Natação da Madeira e à Frente MarFunchal, para assegurar a realização da tradicional prova que compreende, como sempre, a ida do cais da Cidade até ao Complexo Balnear da Barreirinha, numa distância aproximada de mil metros.

João Pedro Vieira considerou que “este é um momento importante e simbólico para este Município, por duas razões fundamentais: a primeira, porque nos permite prolongar as comemorações do Dia da Cidade do Funchal até ao próximo fim-de-semana, naquela que já é uma tradição do nosso Município; e por outro, porque esta é, de longe, a maior festa popular da natação da Madeira, tem lugar no Funchal, e permite homenagear alguém que marcou para sempre todas as gerações que com ele se cruzaram, o nadador José da Silva Saca, e todos aqueles que já ouviram falar dos seus feitos.”

Para o vereador, “o nosso papel, enquanto Câmara Municipal, é o de preservar este tipo de memória, este tipo de exemplo, e acima de tudo, aquele que foi sempre o resultado do seu trabalho e da sua participação na natação, que é a capacidade de superar todo o tipo de desafios, independentemente da idade e das características que temos. Foi esse o percurso do Saca e o seu maior exemplo para o nosso Município, uma cidade que sabe, melhor do que qualquer outra, superar desafios, reconstruir-se, e encontrar forças onde por vezes estas parecem não existir, como fazia o Saca perante desafios que muitos de nós consideraríamos desumanos.”

Por fim, ficou o repto para que “todos se inscrevam, porque ainda vão a tempo de participar nesta grande festa da cidade e da Região.”

As inscrições deverão ser feitas online, no site da Associação de Natação da Madeira, no link abaixo, ou junto do Secretariado, no próprio dia da prova: https://www.anatacaodamadeira.pt/index.php/competicoes/icalrepeat.detail/2018/08/26/114/32%7C34%7C36%7C38%7C39%7C67/xxiii-prova-de-mar-jose-da-silva-saca

Cristiano Ronaldo quer "ganhar a Liga dos Campeões com a Juve"

TSF - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 13:18
O jogador português diz-se surpreendido de forma positiva com os métodos de treino da Juventus.

Quem foi a MIP da natação portuguesa em 2017/2018?

Fair Play - Qua, 22/08/2018 - 11:56

Em várias modalidades, maioritariamente colectivas, no final de cada época desportiva para além do MVP (most valuable player), é frequentemente eleito o MIP (most improved player), ou seja, o jogador que mais evoluiu nesse ano.

Na natação, como noutras modalidades individuais, esse é um exercício mais redundante uma vez que a evolução de um nadador é traduzida em marcas cronométricas em cada prova que fez. Mas e se pudéssemos comparar todos os nadadores independentemente da prova que nadassem e elegêssemos aquele que mais melhorou as suas melhores marcas pessoais no espaço de uma época desportiva? Foi isso que fomos tentar fazer e no primeiro de dois artigos começamos pelo sector feminino apresentando as 10 nadadoras que mais evoluíram em 2017/2018. Comecemos antes por explicar o método adoptado:

  1. Apenas consideramos nadadoras que terminaram a época no top-10 de cada uma das 17 provas individuais do calendário competitivo nacional em piscina longa. Foi apenas considerado o top-10 para garantir que as nadadoras que figuram nesta lista são efectivamente nadadoras de topo nacional. A meio da tabela certamente que encontraríamos muitas nadadoras que sofreram uma grande evolução na presente época, mas a ideia é destacar as nadadoras que deram o salto para o topo em 2017/2018;
  2. Apenas consideramos nadadoras juniores e seniores por duas razões: 1) Daremos destaque às melhores nadadoras infantis e juvenis da temporada numa futura publicação sobre as revelações da temporada; 2) Nadadoras mais jovens estão num ciclo evolutivo naturalmente mais acelerado e caso as considerássemos teríamos um top sem nadadoras juniores e seniores;
  3. Para ser possível a comparação, independentemente da prova, consideramos o rácio a cada 100 metros. Por exemplo: se uma nadadora em 2016/2017 tinha de recorde pessoal o tempo de 35.22 aos 50 metros bruços e em 2017/2018 terminou a época com um recorde pessoal de 33.94, terá um rácio de 2,56: (35.22-33.94)x2; se uma nadadora fazia 9:19.14 aos 800 metros livres na época passada e esta época passou a fazer 8:59.57, terá um rácio de 2,45: (9:19.14-8:59.57)/8;
  4. Aplicamos este modelo ao top-10 de todas as provas e seleccionamos as 10 nadadoras que apresentaram melhor rácio de evolução em 2017/2018 e chegamos ao seguinte top-10:
#10 – Ana Filipa Veiga (CAPGE): 2,01 Foto: Facebook CAPGE

A nadadora júnior da Gafanha da Encarnação foi a 10ª nadadora que mais evoluiu este ano, com o rácio de 2,01 que conseguiu nos 100 metros bruços. No início da época o recorde pessoal de Ana Filipa era de 1:16.52 e precisamente na última prova desta época melhorou para 1:14.51. O tempo permitiu-lhe ser 6ª classificada no Open de Portugal e medalha de bronze no Campeonato Nacional de Absolutos, coroando uma excelente época da jovem brucista de Ílhavo.

#9 – Inês Teixeira (CDE): 2,16 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Mais uma brucista júnior da Associação de Natação do Centro Norte de Portugal. Inês Teixeira é a 9ª do Top graças à evolução que teve nos 50 metros bruços esta época. A nadadora de Estarreja iniciou a época com um recorde pessoal de 35.50 mas no Campeonato Interdistrital de Juvenis, Juniores e Absolutos Piscina Longa que foram nadados em Março na sua terra natal Inês marcou 34.42, o que lhe valeu um rácio de 2,16.

#8 – Alexandra Frazão (CASPAE): 2,29 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Alexandra Frazão é uma nadadora que, apesar dos seus 16 anos, há algumas épocas que se vem destacando, mesmo a nível absoluto. Este ano, o seu primeiro no escalão de juniores, esteve em grande plano nos Europeus de Juniores de Helsínquia ao conseguir as melhores classificações femininas da equipa nacional com o seu 10º lugar nos 800 metros livres e o 11º lugar nos 1500 metros livres. E foi precisamente com o tempo que fez nos 1500 metros livres (17:01.21) que obteve o rácio de 2,29. Iniciou 2017/2018 com um recorde pessoal de 17:35.54.

#7 – Letícia André (SLB): 2,32 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Mais uma nadadora júnior e uma presença esperada neste top tendo em conta a época protagonizada pela nadadora do Benfica. Foi uma das grandes revelações da temporada chegando aos seus primeiros recordes nacionais individuais e apurando-se para os Europeus de Juniores. Apesar de ter perdido entretanto o seu recorde nacional de júnior-16 anos nos 100 metros livres, foi precisamente com o seu recorde pessoal nessa prova (57.50) que conseguiu o seu maior rácio de evolução. Tinha 59.82 no início da época e tirou 2,32 segundos.

#6 – Rita Frischknecht (SAD): 2,59 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

A costista cada vez mais especializada na técnica de livres é a primeira nadadora sénior a surgir neste top. Nesta época a nadadora do Algés marca presença nos top-10 das provas de livres dos 50 aos 400 metros, com destaque para o segundo lugar nos 200 metros. Mas foi nos 400 metros livres que Rita mais evoluiu. Iniciou a época com um recorde pessoal de 4:32.51 e terminou com 4:22.17, resultando num “score” de 2,59. Refira-se que Rita só nadou esta prova em piscina longa uma vez esta época. No nacional de clubes da 1ª divisão.

#5 – Raquel Pereira (SAD): 2,68 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Segunda nadadora do Algés presente no top. A brucista, a cumprir o seu primeiro ano de sénior, teve uma boa época alcançando o seu primeiro recorde nacional absoluto individual e o seu primeiro apuramento para uma grande competição por absolutos, os Europeus de Piscina Longa. A prova que a traz a esta lista é uma prova que ela já não nadava há algum tempo em piscina longa, os 400 metros estilos. Nadou em 4:58.48 nos Nacionais da 1ª divisão e melhorou os 5:09.21 que tinha de RP, resultando num rácio de 2,68 segundos/100 metros.

#4 – Ana Reis Sousa (CNLA): 2,84 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Também é sem surpresa nenhuma que a júnior do Clube de Natação do Litoral Alentejano está nesta lista. Ana Sousa foi uma das grandes revelações da temporada, tendo batido ao longo da época 9 recordes nacionais individuais da categoria júnior-16 anos. Chegou à meia-final dos 200 livres nos Europeus de Juniores e a nível interno foi vice-campeã absoluta dos 100 livres. O tempo que lhe rendeu o rácio de 2,84 foi o dos 800 metros livres. Nadou nos nacionais do Funchal em 9:02.99 e tinha no início da temporada 9:25.73.

#3 – Inês Fernandes (SCP): 3,05 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

Chegamos ao pódio e no terceiro lugar temos um nome já bem conhecido da natação nacional. Apesar de contar já no currículo com o impressionante total de 55 recordes nacionais, Inês continua a evoluir e este ano esteve em particular destaque na prova de 200 metros estilos sagrando-se campeã nacional absoluta e do Open de Portugal no Jamor. Mas foi o tempo de 2:17.68 que fez na 1ª divisão que passou a figurar como seu novo recorde pessoal. Tinha 2:23.78, melhorando assim 3,05  segundos/100 metros.

#2 – Diana Durães (SLB): 4,36 Foto: FPN

À partida não se esperaria encontrar neste top uma nadadora que já há tantos anos é uma das melhores nadadoras nacionais, ainda para mais tão bem posicionada, mas o que é certo é que Diana Durães por pouco não foi a nadadora que mais evoluiu esta época em Portugal. A nadadora do Benfica foi ao Meeting de Uster nadar uma prova que já não nadava há 8 anos e, naturalmente, estabeleceu um novo recorde pessoal por larga margem. Falamos dos 200 metros mariposa onde marcou 2:20.62. Tinha de RP 2:29.33, resultando num rácio de 4,36.

#1 – Ana Rita Queiroz (CASPAE): 4,47 Foto: Luís Filipe Nunes/FPN

E a Most Improved Player feminina da natação portuguesa em 2017/2018 foi…Ana Rita Queiroz! Um título que assenta bem à nadadora júnior do CASPAE que este ano melhorou muito as suas melhores marcas e naquelas que na época passada já eram as suas melhores provas. Ana Rita terminou a época com um tempo muito próximo do mínimo para os Europeus de juniores nos 800 metros livres, mas foi o tempo de 17:35.16 aos 1500 metros livres que lhe garantiram a liderança do top. Trazia da época passada 18:42.16 e, por isso, este ano melhorou 4,47 segundos em cada 100 metros!

The post Quem foi a MIP da natação portuguesa em 2017/2018? appeared first on Fair Play.

Ronaldo quer “ganhar a Liga dos Campeões com a Juve”

Diário de Notícias - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 11:53

O português Cristiano Ronaldo afirmou que quer “ganhar a Liga dos Campeões com a ‘Juve’”, numa entrevista difundida hoje pela DAZN, a nova plataforma de ‘streaming’ que vai transmitir alguns jogos do campeonato italiano de futebol.

O avançado que trocou o Real Madrid pela Juventus, por 100 milhões euros, acrescentou que se vai “concentrar [em ganhar a Liga], com os companheiros de equipa, sem que seja uma obsessão” e dando um passo de cada vez. “Depois veremos o que acontece, se é este ano, no próximo ou no seguinte”, acrescentou.

O capitão da seleção portuguesa de futebol voltou a manifestar-se feliz com a mudança para Turim e com a qualidade da equipa, dias depois da estreia no campeonato italiano, com uma vitória sobre o Chievo, por 3-2, em Verona.

“Fiquei surpreendido de maneira positiva. Treinamos de forma dura, duas vezes por dia. Adoro os métodos de treino, a mentalidade. É muito, muito profissional”, disse o Bola de Ouro a propósito das primeiras semanas de trabalho no clube que se sagrou campeão de Itália nas últimas sete épocas.

Sobre a sua transferência, depois de se ter tornado o melhor marcador da história do Real Madrid ao longo dos nove anos que passou em Espanha, Ronaldo reafirmou que foi “uma decisão fácil”.

“O que fiz no Real Madrid foi incrível. Ganhei tudo e fiz muitos amigos lá, são como família. Mas a ‘Juve’ mostrou que me queria mais do que qualquer outro. Deram-me uma oportunidade e eu fiquei muito feliz. Vou tentar fazer história também neste clube”, afirmou o goleador luso.

A DAZN, que faz parte do grupo Perform, adquiriu os direitos de transmissão em Itália de três jogos da Serie A em cada jornada, em exclusivo e em ‘streaming’. Os restantes sete jogos são difundidos pela cadeia Sky.

“Eu gostava que o Cristianinho se tornasse futebolista”, disse Cristiano Ronaldo

Diário de Notícias - Desporto - Qua, 22/08/2018 - 11:51

Numa entrevista concedida à plataforma DAZN, conhecida como a Netflix do desporto, Cristiano Ronaldo disse que gostava que o seu filho mais velho fosse futebolista e que todos os dias aprende com todos os seus ‘rebentos’

“Eu gostava que o Cristianinho se tornasse futebolista. Ele é parecido comigo, é muito competitivo, explosivo, e tenho 100 por cento de certeza de que vai ser como eu. Os meus filhos são lindos e aprendo algo de novo com eles todos os dias. Sorriem quando estou com eles, adoro estar com eles. E esta é uma fase espectacular, eles são a minha maior motivação. É por eles que me levanto, que treino arduamente e que tento ser bem-sucedido todos os dias. Sou um homem sortudo”, afirmou o craque.

Páginas