Agregador de notícias

Nacional desperdiça vantagem de três golos

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 16:55

O Nacional desperdiçou esta tarde uma vantagem de três golos, ao empatar com o Vitória de Setúbal (3-3), em jogo da primeira jornada da fase de grupos (B) da Taça da Liga.

Os alvinegros chegaram ao 3-0, com golos de Witi (11 e 15 minutos) e Hamzaoui (34), mas permitiu a recuperação dos sadinos, que marcaram por Mendya (40), Heriberto (48) e Allef (82).

Hamilton vence GP de Singapura e reforça liderança no Mundial

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 16:44
Hamilton tem agora uma vantagem de 40 pontos para Vettel, segundo classificado do campeonato.

Ao quarto jogo na Serie A, festejaram-se finalmente golos de CR7

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 16:19
Cristiano Ronaldo estreou-se esta tarde a marcar em Itália.

Hamilton vence Grande Prémio de Singapura e reforça liderança no Mundial

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 16:15

O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu hoje o Grande Prémio de Singapura de Fórmula 1 e reforçou a liderança do campeonato do mundo, após 15 provas.

O campeão do mundo em 2008, 2014, 2015 e 2017, que partiu da ‘pole position’, cumpriu as 61 voltas ao circuito de Marina Bay em 1:51.11,611 horas, à frente de Max Verstappen (Red Bull), e do vice-líder do Mundial, o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que foi terceiro.

Com este triunfo, o seu 69.º em Grande Prémios, Hamilton passou a somar 281 pontos na liderança do campeonato do mundo, agora com mais 40 do que Vettel (241), quando faltam disputar seis corridas para o final.

Juve ganha com dois golos de Ronaldo

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 15:56

A Juventus venceu, por 2-0, o jogo contra o Sassuolo. Os dois golos foram de Cristino Ronaldo.

A ‘Juve’ foi para o intervalo em branco, mas ao 50 minutos a sorte sorriria aos ‘bianconeros’ e a Ronaldo que, finalmente, se estreou no marcador em jogo oficial pela nova equipa.

Aos 64 minutos, CR7 repetiria a proeza fazendo o 2-0 para a Jeuventus, fechando o resultado do jogo da quarta jornada da liga Italiana.

On The Record With Yoji Omoto, Head Coach for the Japanese Men’s Water Polo Team

Swimming World - Dom, 16/09/2018 - 15:45

The post On The Record With Yoji Omoto, Head Coach for the Japanese Men’s Water Polo Team appeared first on Swimming World News.

By Michael Randazzo, Swimming World Contributor BERLIN, Germany. If there’s one match that stands out as a critical data point regarding the status of the current U.S. Men’s Senior National

The post On The Record With Yoji Omoto, Head Coach for the Japanese Men’s Water Polo Team appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

“Não há fome que não dê em fartura”

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 15:29

Cristiano Ronaldo acaba de bisar, aos 64 minutos, no jogo frente ao frente ao Sassuolo, em jogo da quarta jornada, da liga Italiana.

O internacional português, que se transferiu na pré-época do Real Madrid para a Juventus por 112 milhões de euros, ainda não tinha marcado qualquer golo em jogo oficial pela equipa italiana, disputadas que estão três jornadas na Série A.

‘Siiii’, Ronaldo marcou pela Juventus

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 15:12

Confirmaram-se as previsões de Allegri, treinador da Juventus, e Ronaldo marcou finalmente o primeiro golo pelo emblema ‘bianconero’.

CR7 estreou-se no marcador, aos 50 minutos, colocando a Juventus, que já lidera o campeonato (com nove pontos), em vantagem por 1-0, frente ao Sassuolo, em jogo da quarta jornada.

O internacional português, que se transferiu na pré-época do Real Madrid para a Juventus por 112 milhões de euros, ainda não tinha marcado qualquer golo em jogo oficial pela equipa italiana, disputadas que estão três jornadas na Série A.

O golo 500 de Zlatan é a cara do pai

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 15:02
Zlatan marcou o golo 500 da carreira profissional... e não podia ser mais "Zlatanesco".

Abrahm DeVine Stepping Out as Elite IMer and Gay Swimmer

Swimming World - Dom, 16/09/2018 - 15:00

The post Abrahm DeVine Stepping Out as Elite IMer and Gay Swimmer appeared first on Swimming World News.

By David Rieder. Before he came to Stanford in the fall of 2015, Abrahm DeVine never saw himself becoming a nationally-relevant swimmer. But at the end of that first year,

The post Abrahm DeVine Stepping Out as Elite IMer and Gay Swimmer appeared first on Swimming World News.

Categorias: Natação Mundial

Real Madrid em busca do ‘tetra’, agora sem Cristiano Ronaldo

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 14:21

O Real Madrid, como tricampeão em título, parte na ‘pole’ para a edição 2018/19 da Liga dos Campeões em futebol, mas a concorrência é fortíssima e Cristiano Ronaldo, melhor marcador das últimas seis edições, partiu.

Também sem o treinador do ‘tri’, o francês Zinedine Zidane, que ‘bateu com a porta’ e foi substituído pelo ex-portista Julen Lopetegui, os ‘merengues’ continuam a possuir armas para alcançar um ‘tetra’ que só o próprio Real Madrid conseguiu, nos anos 50.

Na linha da frente, está ainda o FC Barcelona, de Lionel Messi, que soma três títulos na última década e foi o único -- além do Real Madrid -- a vencer nos derradeiros cinco anos, o Paris Saint-Germain, de Neymar, e o Manchester City, de Pep Guardiola.

O Liverpool, o Tottenham e o Manchester United, que formam com o City o bloco inglês, são também fortes pretendentes ao cetro, bem mais do que os outros espanhóis (Atlético de Madrid e Valência) e italianos (Nápoles, Roma e Inter de Milão).

Entre os clubes fora dos cinco principais campeonatos - 59,4% dos presentes (19 em 32) -, nenhum dos 13, de 10 países, parece capaz de repetir o ‘milagre’ do FC Porto em 2003/2004 (3-0 ao Mónaco, na final), única das últimas 23 edições em que o troféu não ‘caiu’ para Espanha, Alemanha, Inglaterra ou Itália.

Face à presença de tantas equipas de qualidade, era inevitável que fossem aparecer grupos muito fortes e, entre os oito, destaque para o C, que junta Paris Saint-Germain, Liverpool e Nápoles, e o H, com Juventus, Manchester United e Valência.

O PSG, agora sob o comando do alemão Thomas Tuchel, e o vice-campeão em título Liverpool, de outro germânico, o carismático Jürgen Klopp, são, ainda assim, favoritos no C, que conta ainda com outro campeão europeu, o Estrela Vermelha.

No Grupo H, a Juventus assume-se como a mais forte, também pela presença do português Cristiano Ronaldo, que trocou a equipa com mais finais conquistadas (13) pela que mais vezes perdeu (sete) com o objetivo de chegar a um sexto cetro e igualar Gento.

O Manchester United, do muito contestado José Mourinho, e o Valência, com o regressado Gonçalo Guedes, deverão lutar pelo segundo lugar, com o Young Boys a poder fazer pender a balança para um dos lados, caso consiga alguma surpresa.

O Grupo B também promete, com o FC Barcelona e o Tottenham como favoritos, perante dois campeões da Europa, o Inter de Milão, que não inscreveu João Mário, e o PSV Eindhoven.

Claramente favoritos, parecem o Atlético de Madrid, no Grupo A, face a Borussia Dortmund, Mónaco e Club Brugge, o Bayern Munique, no E, perante Benfica, Ajax e AEK Atenas, o Manchester City, no F, frente a Lyon, Hoffenheim e Shakhtar, e o Real Madrid, no G, em que defronta Roma, CSKA Moscovo e Viktoria Plzen.

Face à ‘ausência’ de cabeça de série, o Grupo D surge como o mais nivelado, por baixo, com FC Porto, Schalke 04, Lokomotiv Moscovo e Galatasaray a puderem, todos, candidatar-se ao primeiro posto. Nenhuma classificação será inesperada.

Em termos de ‘funcionamento’, a ‘Champions’, agora mais milionária, pouco mudou, mantendo-se sem videoárbitro, sistema que funcionou, e bem, no Mundial de 2018, pelo que a única grande novidade passa pela mudança dos horários: os jogos deixam de ser às 19h45 (de Lisboa) e passam a ser às 20 horas e alguns às 17h55.

A fase de grupos arranca na terça-feira e fecha a 12 de dezembro, seguindo-se os oitavos de final, em fevereiro e março, os ‘quartos’, em abril, as ‘meias’, resolvidas em maio, e a final, a 1 de Junho, no Wanda Metropolitano, em Madrid.

Espanhol Jesús Gil Manzano apita estreia do FC Porto nesta edição da Champions

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 14:21
Dragões jogam em Gelsenkirchen esta terça-feira.

Benfica supera sempre o FC Porto na fase de grupos ‘a dois’ da Liga dos Campeões

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 14:12

O Benfica teve sempre melhores prestações do que o FC Porto quando os dois rivais foram os únicos representantes portugueses na fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol, cenário que se repete pela sexta vez.

Nas cinco ocasiões anteriores, os ‘encarnados’ somaram sempre mais pontos e atingiram por três vezes os quartos de final (2005/06, 2011/12 e 2015/16), enquanto os ‘azuis e brancos’ tombaram sempre na fase de grupos.

Mesmo quando ambos caíram para a Liga Europa, ao serem terceiros dos respectivos agrupamentos, em 2013/14, o conjunto da Luz foi mais longe, ao atingir a final, então a segunda seguida, com os ‘dragões’ a ficarem-se pelos ‘quartos’.

A primeira vez que benfiquistas e portistas foram as únicas equipas lusas na fase de grupos aconteceu em 1998/99, com as ‘águias’ a terminarem no segundo lugar do Grupo F, com oito pontos, e os ‘dragões’ em terceiro do A, com sete.

Com cinco golos de Nuno Gomes, os ‘encarnados’ superaram PSV e HJK Helsínquia, mas cederam para o Kaiserslautern, enquanto os portistas ficaram atrás de Olympiacos e Croacia Zagreb e apenas à frente -- e com os mesmos pontos -- do Ajax, mesmo com sete tentos de Zlatko Zahovic.

Apesar de ter sido segundo do seu agrupamento, o conjunto então comandado pelo escocês Graeme Souness falhou os ‘quartos’ -- ainda não havia ‘oitavos’ -, reservados aos seis vencedores dos grupos e aos dois melhores segundos.

Os dois conjuntos voltaram a ser os únicos representantes do futebol nacional em 2005/06 e, num duelo de treinadores holandeses, o Benfica, de Ronald Koeman, foi muito melhor do que o FC Porto, de Co Adriaanse.

Os ‘encarnados’ ultrapassaram a primeira fase, após um triunfo caseiro (2-1) a acabar sobre o Manchester United, de Cristiano Ronaldo, que eliminaram, depois afastaram o detentor do cetro Liverpool (1-0 em casa e 2-0 fora) e só caíram nos ‘quartos’, perante o FC Barcelona, que venceria a prova.

Em polo oposto, os portistas conseguiram a ‘proeza’ de ficar no último lugar do seu agrupamento, atrás de Inter de Milão, Glasgow Rangers e do mais do que modesto Artmedia.

Os dois clubes só voltaram a estar a sós, na representação lusa, em 2011/12 e a história foi muito idêntica, com os ‘encarnados’, de Jorge Jesus, a ‘brilharem’, repetindo a presença nos quartos de final.

A formação da Luz venceu, invicto, um grupo com Basileia, Manchester United e Otelul Galati, e superou o Zenit nos oitavos de final, para cair nos ‘quartos’ também face ao que viria a ser o campeão da Europa, o Chelsea.

Quanto ao FC Porto, voltou a falhar, sendo terceiro do seu grupo, atrás de APOEL Nicósia e Zenit e à frente do Shakhtar Donetsk. Tombou para a Liga Europa e caiu logo nos 16avos de final, face ao Manchester City (1-2 em casa e 0-4 fora).

Dois anos depois, o Benfica foi, uma vez mais, melhor do que o FC Porto na fase de grupos, mas mesmo somando o dobro dos pontos (10 contra cinco), não seguiu para os ‘oitavos’.

Ambos caíram na Liga Europa, com os lisboetas a chegarem até à final, para caírem no desempate por grandes penalidades perante o Sevilha, que, nos quartos de final, afastara os ‘dragões’ (0-1 fora e 4-1 em casa).

Na última ‘batalha’ a dois, em 2015/16, o Benfica, já de Rui Vitória, foi muito mais forte do que o FC Porto, ao conseguir nova presença nos quartos de final, enquanto os ‘azuis e brancos’ não passaram a fase de grupos.

Os ‘encarnados’ foram segundos do Grupo C, atrás do Atlético de Madrid, que até venceram no Calderón (2-1), e à frente de Galatasaray e Astana. Nos ‘oitavos’, superaram o Zenit (1-0 em casa e 2-1 fora), para depois serem afastados pelo Bayern Munique (0-1 fora e 2-2 na Luz).

Bem diferente, foi o percurso do FC Porto, que, no Grupo G, não ‘pôde’ com Chelsea e Dinamo Kiev, superiorizando-se apenas com o Maccabi Telavive, o que conduziu à Liga Europa, para perder logo nos 16avos de final, com o Borussia Dortmund (0-2 na Alemanha e 0-1 no Dragão).

Na sexta edição do ‘mano a mano’ entre Benfica e FC Porto na fase de grupos da ‘Champions’, em 2018/19, as ‘águias’ defrontam Bayern Munique, Ajax e AEK Atenas e os ‘dragões’ Lokomotiv Moscovo, Schalke 04 e Galtasaray.

Gladys Cherono vence maratona de Berlim, Carla Salomé Rocha foi oitava

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 13:53
Atleta queniana completou a prova em menos de duas horas e vinte.

CHAMPIONS El Terrassa gana y avanza de fase

Real Federación Española de Natación - Dom, 16/09/2018 - 12:22
Objetivo cumplido. Esta mañana, el CN Terrassa ha madrugado para imponerse a al Valletta maltés por 3—19 en el último partido de la 1ª fase del Grupo B de la Champions Leaqgue de clubes que se está jugando este fin de semana largo en Estrasburgo (Francia). Con esta victoria, los de Dídac Cobacho han sumado 6 puntos en 4 partidos y finalizan terceros de grupo. Como califican cuatro, pasa a la siguiente fase de la competición. Felicidades.
Categorias: Natação Mundial

Eliud Kipchoge estabelece novo recorde do mundo de maratona

TSF - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 11:40
Marca não era batida por uma diferença tão grande há 50 anos.

Madeira representada na ‘Champions’ por Ronaldo e Jardim

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 10:59

A representação portuguesa em equipas estrangeiras na fase de grupos da edição 2018/19 da Liga dos Campeões em futebol conta mais um elemento em relação à época passada, passando a 20, com apenas seis repetentes. Pela Madeira estão Cristiano Ronaldo (pela primeira vez na Juventus, depois de nove épocas no Real Madrid) e Leonardo Jardim (treinador do Mónaco).

Além de Jardim, Portugal mantém mais dois treinadores, José Mourinho (Manchester United) e Paulo Fonseca (Shakhtar Donetsk), e passa de 16 para 17 jogadores, face a 11 entradas e 10 saídas.

Rony Lopes (Mónaco), Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund), Nélson Semedo (FC Barcelona), Mário Rui (Nápoles) e Bernardo Silva (Manchester City) são os repetentes, juntamente com Cristiano Ronaldo.

Em matéria de novidades, destaque para Gelson Martins (Atlético Madrid), Renato Sanches (Bayern Munique), João Cancelo (Juventus) e o ‘miúdo’ Diogo Dalot (Manchester United), que atuam em clubes candidatos ao cetro.

Também não estavam em 2016/17 os ‘russos’ Manuel Fernandes e Éder (Lokomotiv Moscovo), os ‘gregos’ André Simões e Hélder Lopes (AEK Atenas), o ‘francês’ Anthony Lopes (Lyon) e os ‘espanhóis’ Rúben Vezo e Gonçalo Guedes (Valência).

Por seu lado, ‘caíram’ Eduardo (Chelsea), André Gomes (FC Barcelona), Diogo Figueiras (Olympiacos), Daniel Carriço (Sevilha), João Moutinho (Mónaco), Pepe e Ricardo Quaresma (Besiktas), Bruma (Leipzig), Nuno Morais (APOEL Nicósia) e ainda Pedro Pacheco, que integrava a lista B do Basileia.

O Grupo A, com dois representantes no Mónaco, um no Atlético de Madrid e outro no Borussia Dortmund, é o agrupamento com mais lusos, enquanto o Grupo G, que integra o tricampeão em título Real Madrid, a Roma, o CSKA Moscovo e o Viktoria Plzen é o único sem portugueses.

No que respeita a posições no campo, a maioria dos jogadores são defesas (sete), constando ainda um guarda-redes, cinco médios e quatro avançados.

- Lista dos jogadores e treinadores portugueses presentes na edição 2018/19 (x):

JOGADORES (17)

Grupo A: Gelson Martins (Atlético de Madrid), Rony Lopes (Mónaco) e Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund).

Grupo B: Nélson Semedo (FC Barcelona).

Grupo C: Mário Rui (Nápoles).

Grupo D: Manuel Fernandes e Éder (Lokomotiv Moscovo).

Grupo E: Renato Sanches (Bayern Munique) e André Simões e Hélder Lopes (AEK Atenas).

Grupo F: Bernardo Silva (Manchester City) e Anthony Lopes (Lyon).

Grupo G: -

Grupo H: Cristiano Ronaldo e João Cancelo (Juventus), Diogo Dalot (Manchester United) e Rúben Vezo e Gonçalo Guedes (Valência).

TREINADORES (3)

Grupo A: Leonardo Jardim (Mónaco).

Grupo F: Paulo Fonseca (Shakhtar Donetsk).

Grupo H: José Mourinho (Manchester United)

(x) - Não inclui os que pertencem às equipas portuguesas.

Leões do Marítimo e do Sporting defrontam-se hoje para a Taça da Liga

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 10:34

O Marítimo desloca-se hoje a Alvalade para defrontar o Sporting, para a Taça da Liga de futebol em casa frente ao Marítimo, num grupo D que fecha na segunda-feira, com o ‘secundário’ Estoril Praia a ser anfitrião do Feirense.

Os pupilos de José Peseiro, que partilham a liderança do campeonato com o Benfica e Sporting de Braga, com 10 pontos, recebem em Alvalade (20 horas) o conjunto insular que tem apenas menos um, tantos quantos o campeão nacional FC Porto.

Nacional e Vitória de Setúbal, primeiro clube a vencer a competição, em 2007/08, e finalista na época passada, medem forças às 15 horas num grupo B no qual o Sporting de Braga, que levantou o troféu em 2012/13, se estreou no sábado a vencer o Tondela, por 2-1.

O Varzim, da II Liga, é anfitrião do Belenenses (17h30) no grupo C, no qual FC Porto, que nunca conquistou a prova, e Desportivo de Chaves empataram 1-1, sexta-feira, no Dragão.

No sábado, o Benfica, recordista de vitórias na prova (sete), estreou-se com triunfo 2-1 sobre o Rio Ave, num grupo A em que Paços de Ferreira, da II Liga, e Desportivo das Aves se anularam (0-0), em jogo à ‘porta fechada’ por castigo Conselho de Disciplina da FPF.

Após 11 edições, o Benfica lidera o ‘ranking’ da Taça da Liga, com sete troféus (2008/09, 09/10, 10/11, 11/12, 13/14, 14/15 e 15/16), contra um de Vitória de Setúbal, Sporting de Braga, Moreirense e Sporting.

A ‘lenda’ de Cristiano Ronaldo vai continuar na Juventus

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 10:06

O futebolista português Cristiano Ronaldo vai prosseguir a sua ‘lenda’ na Liga dos Campeões na Juventus em 2018/19, após um primeiro título no Manchester United e quatro, recheados com mais de uma centena de golos, no Real Madrid.

Com cinco títulos conquistados, o jogador natural da Madeira, onde nasceu há mais de 33 anos, está a um de igualar o feito ímpar do espanhol Francisco Gento, que venceu seis pelos ‘merengues’, de 1955/56 a 1959/60 e ainda em 1965/66.

Conseguindo-o por um terceiro clube diferente, depois da vitória pelos ‘red devils’ em 2007/08 e do ‘tetra’ pelos ‘merengues’, em 2013/14, 2015/16, 2016/17 e 2017/18, Ronaldo reforçaria ainda mais o seu estatuto de figura ímpar da prova.

No percurso para esse objectivo supremo, o ‘capitão’ da selecção lusa tem muitos outros parcelares, o principal, para ele, o de conseguir voltar a ser o melhor marcador, pela oitava vez, e reforçar o estatuto de ‘rei’ dos marcadores da competição.

Em 157 jogos - o primeiro pelo Sporting, numa pré-eliminatória com o Inter de Milão -, que fazem dele o segundo jogador que mais vezes atuou na prova e o primeiro entre os jogadores de campo, sendo batido apenas pelo guarda-redes Casillas, agora no FC Porto, Ronaldo já marcou 121 golos.

Finalizada a época 2017/18, o português conta mais 21 tentos do que o segundo da lista, o argentino Lionel Messi (100, em 125 encontros), e já mais 50 do que o terceiro, o espanhol Raúl González (71, em 142), jogador ao qual ‘roubou’ o estatuto de melhor marcador da grandiosa história do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo, também o jogador com mais assistências (37) e golos de penálti (15), segundo as estatísticas da UEFA, foi o melhor marcador da ‘Champions’ nas últimas seis edições, em 2014/15 a par com os ‘catalães’ Messi e Neymar.

Nas restantes, foi sempre o melhor sozinho, com um recorde de 17 golos em 2013/14, que quase igualou em 2015/16, época em que marcou 16, e na temporada passada.

Em 2017/18, o ‘7’ do Real Madrid parou nos 15 tentos, mas depois de mais um registo ímpar, o de ter conseguido marcar em todos os jogos da fase de grupos, sendo que fez ainda melhor, ao repetir a dose nos dois jogos dos ‘oitavos’ de nos dois dos ‘quartos’.

Para a história, como o golo da época, entrou o ‘pontapé de bicicleta’ que marcou no reduto da Juventus, agora a sua equipa, e levou parte do público a aplaudi-lo: viria, depois a dizer, que essa foi uma das razões para mudar para Turim.

O futebolista luso marcou nos primeiros oitos jogos da ‘Champions’ da época, somando, assim, nove encontros consecutivos a facturar na prova, pois já ‘bisara’ na final de 2016/17, curiosamente também face à ‘Juve’.

Nas meias-finais, face ao Bayern Munique, e na final, com o Liverpool, ficou em ‘branco’, pelo que, na estreia pela Juventus, quarta-feira, no regresso a Espanha, para defrontar o Valência, vai, certamente, querer acabar com esta ‘seca’.

Além do conjunto ‘ché’, no qual alinha Gonçalo Guedes, são adversários da ‘velha senhora’, no Grupo H da competição, os ingleses do Manchester United, de José Mourinho e Diogo Dalot, e os suíços do Young Boys.

O muito esperado novo regresso de Cristiano Ronaldo a Old Trafford vai acontecer a 23 de Outubro, na terceira jornada da fase de grupos.

Treinador da Juventus acredita que Cristiano Ronaldo irá estrear-se a marcar hoje

Diário de Notícias - Desporto - Dom, 16/09/2018 - 06:10

O treinador da Juventus, Massimiliano Allegri, disse estar convicto de que Cristiano Ronaldo se estreará a marcar hoje pela heptacampeã italiana de futebol.

“Cristiano trabalhou bem e penso que amanhã [domingo] vai marcar. Dele não espero nada mais, nada menos, que faça o mesmo dos primeiros três jogos. Amanhã creio que marcará”, disse Allegri.

O internacional português, que se transferiu na pré-época do Real Madrid para a Juventus por 112 milhões de euros, não marcou ainda qualquer golo em jogo oficial da equipa italiana, disputadas que estão três jornadas na Série A.

A ausência de golos do jogador português voltou a ser tema, mas o treinador da Juventus justificou que apesar de não ter marcado, Cristiano esteve sempre muito ativo e “rematou muito à baliza” e ainda fará muitos golos em Itália.

Para o técnico da ‘Juve’, o português merece receber o prémio ‘The Best’, de melhor jogador do mundo, para o qual está uma vez mais nomeado, numa eleição em que concorre com o croata Luka Modric e o egípcio Mohamed Salah.

“Eu daria ao Cristiano, por tudo o que fez na última época”, justificou o treinador, mencionando os 15 golos do português que contribuíram na caminhada do Real Madrid para a sua terceira Liga dos Campeões consecutiva.

No domingo, a Juventus, que já lidera o campeonato, com nove pontos, recebe o Sassuolo, em jogo da quarta jornada.

Páginas