Diário de Notícias - Desporto

Subscreva feed Diário de Notícias - Desporto
Secção Desporto
Actualizado: há 43 minutos 39 segundos atrás

Daniela Sousa fica em 6.º lugar na ‘Binter Night Run’ em Canárias

Sáb, 16/11/2019 - 23:03

A atleta Daniela Sousa, uma das vencedores do concurso proporcionado pelo DIÁRIO e pela Binter que trouxe até Gran Canaria dois madeirenses, terminou a meia maratona (21 quilómetros) da prova ‘Binter Night Run’ em 6.º lugar, no escalão feminino, um resultado soberbo (1 hora e 22 minutos) tendo em conta o domínio das atletas quenianas nesta prova.

Por seu turno, Nuno Barros, madeirense que também foi contemplado pelo concurso, participou na extensão de 10 quilómetros e acabou por gerir a corrida do início ao fim para não agravar o problema que tinha no joelho.

Leia meia sobre a participação destes madeirenses na ‘Binter Night Run’ na edição impressa do DIÁRIO deste domingo.

Croácia, Alemanha, Holanda e Áustria apuram-se para Euro2020

Sáb, 16/11/2019 - 21:50

As seleções da Croácia, vice-campeã mundial de futebol, Alemanha, Holanda -- duas antigas campeãs europeias -- e Áustria qualificaram-se hoje para o Euro2020, elevando para 16 o número de equipas nacionais apuradas para a fase final.

A Croácia assegurou não apenas a sexta qualificação para o Campeonato da Europa (quinta consecutiva), mas também a vitória no Grupo E, ao virar o resultado na receção à Eslováquia e impor-se por 3-1.

Alemanha e Holanda fecharam as contas do apuramento direto na ‘poule’ C: os alemães isolaram-se no comando ao vencerem por 4-0 na receção à Bielorrússia, enquanto o empate 0-0 dos holandeses na Irlanda do Norte foi suficiente para ‘carimbar’ a qualificação.

Campeã em 1972, 1980 e 1996, a Alemanha é recordista de títulos europeus, em igualdade com a Espanha, e não falha a fase final de Europeus e Mundiais desde 1968, estando já apurada para o Euro2024, na qualidade de seleção do país anfitrião.

Os germânicos são igualmente a seleção com maior número de participações no Campeonato da Europa, no qual participam de forma ininterrupta desde 1972, tendo hoje garantido a 13.ª presença.

A Holanda, campeã europeia em 1988, vai participar pela 10.ª vez no torneio continental, regressando à ‘ribalta’ após as qualificações falhadas para as fases finais do Europeu de 2016, realizado em França e conquistado por Portugal, e do Mundial de 2018, disputado na Rússia.

A Áustria vai disputar a terceira fase final do Europeu - segunda consecutiva -, depois de hoje ter vencido por 2-1 em casa a Macedónia do Norte, num grupo G conquistado pela Polónia.

Os dois primeiros de cada um dos 10 grupos qualificam-se para a fase final, enquanto as restantes quatro vagas sairão dos ‘play-offs’, a disputar pelos quatro melhores classificados de cada uma das quatro ligas da primeira edição da Liga das Nações que não conseguirem o apuramento direto.

A fase final, para a qual já se tinham qualificado Bélgica, Itália, Rússia, Polónia, Ucrânia, Espanha, Turquia, França, Inglaterra, República Checa, Suécia e a estreante Finlândia, realiza-se de 12 de junho a 12 de julho de 2020, em 12 cidades, de 12 países.

CS Madeira goleia Hadzici na primeira mão da terceira ronda da Taça Challenge

Sáb, 16/11/2019 - 19:16

O CS Madeira venceu hoje por 37-23 o Hadzici, da Bósnia, na primeira mão da terceira ronda da Taça Challenge feminina de andebol, colocando-se em posição privilegiada para seguir em frente.

Em jogo disputado no Pavilhão Bartolomeu Perestrelo, no Funchal, a formação bósnia ainda ofereceu resistência no primeiro tempo, que terminou com um parcial 15-11 favorável às lusas, mas não teve argumentos para impedir o avolumar do marcador na etapa complementar.

A melhor marcadora foi Cláudia Aguiar, que terminou com 11 golos apontados, num encontro que terminou com uma diferença de 14 golos e deixa as madeirenses em situação muito favorável para a segunda mão, agendada para domingo, também na Madeira.

Se avançar para os oitavos de final, o CS Madeira junta-se à SIR 1.º de Maio nesta fase, depois de a equipa da Marinha Grande se ter apurado, ao eliminar as gregas do Ionias, enquanto o Alavarium ficou pelo caminho, ao perder com o Bjelovar, da Croácia.

Fernando Santos desvaloriza relvado e só pensa no apuramento para o Euro2020

Sáb, 16/11/2019 - 12:36

O seleccionador Fernando Santos desvalorizou hoje o mau estado ao relvado do Stade Josy Barthel, palco do encontro de domingo com o Luxemburgo, e mostrou-se confiante no apuramento de Portugal para o Euro2020 de futebol.

“O adversário é o Luxemburgo. O frio e o relvado são contingências do futebol. Portugal tem jogadores de altíssimo nível, que estão habituados a tudo. Não podemos estar à partida a arranjar factores de desculpa”, afirmou Fernando Santos.

O seleccionador português falava aos jornalistas no complexo desportivo de Bissen, localizado a 40 quilómetros da capital luxemburguesa, num ginásio que durante algumas horas foi transformado em sala de imprensa e no qual foi feita a conferência de imprensa de antevisão do jogo do Grupo B de qualificação.

“Jogámos aqui há quatro anos e o campo também não estava bom. Ganhámos 2-0. Vamos encontrar o melhor estilo de jogo dependendo do relvado. Isso é algo que os jogadores vão decidir perante o estado do relvado”, referiu o técnico, de 65 anos.

Tal como já tinha acontecido antes do primeiro jogo, em Alvalade (3-0), Fernando Santos voltou a elogiar a equipa do Luxemburgo, que vai jogar “olhos nos olhos” com Portugal, mas mostrou-se confiante que a selecção nacional vai estar no próximo Europeu.

“É um adversário de qualidade, mas se fizermos o que temos que fazer e devemos fazer, vamos ganhar e alcançar o apuramento”, disse o seleccionador nacional, adiantando que poderá fazer algumas alterações no ‘onze’, sobretudo devido a questões físicas.

Com Cristiano Ronaldo a dois golos de atingir os 100 com a camisola das ‘quinas’, Fernando Santos foi desafiado a escolher o melhor do capitão com Portugal, mas o treinador campeão europeu optou por fazer ‘futurologia’.

“Espero que amanhã [domingo] faça o golo mais bonito da carreia”, concluiu.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira. O Luxemburgo é quarto posicionado, com quatro pontos.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento directo para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 (14:00 horas da Lisboa) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano.

Portugal com todos disponíveis no frio do Luxemburgo para o apuramento ao Euro2020

Sáb, 16/11/2019 - 10:48

Portugal treinou hoje no frio do Luxemburgo, com Fernando Santos a contar com todos os 24 jogadores, na véspera de defrontar a seleção local, num encontro decisivo do Grupo B de apuramento para o Euro2020 de futebol.

Obrigado a treinar no pequeno estádio de Bissen, a 40 quilómetros da capital, devido o mau estado do relvado do Stade Josy Barthel, palco da partida de domingo, a seleção nacional encontrou algum nevoeiro, com os termómetros a assinalarem perto dos zero graus.

Por isso mesmo, muitos dos jogadores da formação lusa, incluindo Cristiano Ronaldo, subiram ao relvado protegidos contra o frio, com luvas e as pernas tapadas.

Nos primeiros 15 minutos, que foram abertos à comunicação social, os jogadores fizeram os habituais exercícios de aquecimento, com corrida e alongamentos, e só perto do fim desse período é que tiveram contacto com a bola.

Depois do treino, às 12:30 (11:30 horas de Lisboa), também no Stade Bissen, o selecionador Fernando Santos e um jogador ainda a designar irão fazer a antevisão do encontro com o Luxemburgo, em conferência de imprensa.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira. O Luxemburgo é quarta equipa posicionada com quatro pontos.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento direto para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

O Luxemburgo-Portugal está agendado para as 15:00 (14:00) e vai ter arbitragem do espanhol Jesús Gil Manzano.

Julgamento do ataque à academia do Sporting começa segunda-feira no Tribunal de Monsanto

Sáb, 16/11/2019 - 10:43

O início do julgamento do processo do ataque à academia de futebol do Sporting, em Alcochete, com 44 arguidos, entre os quais o ex-presidente Bruno de Carvalho, começa na segunda-feira, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa.

O processo pertence ao Tribunal de Almada, mas por “questões de logística e de segurança” realiza-se em Monsanto, em Lisboa, explicou anteriormente à agência Lusa fonte judicial, e terá como presidente do coletivo de juízes Sílvia Pires.

Em 01 de agosto, o juiz de instrução criminal Carlos Delca pronunciou (decidiu levar a julgamento) todos os arguidos nos exatos termos da acusação do Ministério Público (MP), deduzida pela procuradora Cândida Vilar, depois de vários arguidos requererem abertura de instrução, fase facultativa que visa decidir se o processo segue e em que moldes para julgamento.

Dos 44 arguidos, apenas o líder da claque Juventude Leonina (Juve Leo), Nuno Mendes, conhecido como Mustafá, e um outro arguido permanecem em prisão preventiva, 36 arguidos estão em prisão domiciliária e Bruno de Carvalho está sujeito à medida de coação de apresentações quinzenais às autoridades.

A acusação do Ministério Público (MP), assinada pela procuradora Cândida Vilar, conta que, em 15 de maio de 2018, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube, em Alcochete, distrito de Setúbal, por elementos do grupo organizado de adeptos da claque Juventude Leonina e do subgrupo Casuais (Casuals), que agrediram técnicos, jogadores e ‘staff’.

Bruno de Carvalho, Mustafá e Bruno Jacinto, ex-oficial de ligação aos adeptos, estão acusados, como autores morais, de 40 crimes de ameaça agravada, de 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro, todos estes (97 crimes) classificados como terrorismo.

Os três arguidos respondem ainda por um crime de detenção de arma proibida agravado e Mustafá também por um crime de tráfico de estupefacientes.

A acusação considera que os 41 arguidos que se deslocaram à Academia de Alcochete agiram mediante um plano “previamente traçado” e cumpriram os objetivos de “criar um clima de medo e terror” junto de jogadores e equipa técnica, de agredi-los com tochas, cintos, paus e bastões e de “privar os ofendidos de liberdade” enquanto decorriam as agressões.

O MP defende que estes arguidos “quiserem criar um ambiente de pânico e sofrimento físico e psicológico nos ofendidos (...) e impedir os jogadores da equipa principal de futebol de participar noutras competições, designadamente no jogo da final da Taça de Portugal, face às lesões de que foram vítimas e ao estado emocional em que se encontravam”.

Aos arguidos que participaram diretamente no ataque à academia, o MP imputa-lhes a coautoria de 40 crimes de ameaça agravada, de 19 crimes de ofensa à integridade física qualificada e de 38 crimes de sequestro, todos estes (97 crimes) classificados como terrorismo.

Estes 41 arguidos vão responder ainda por dois crimes de dano com violência, por um crime de detenção de arma proibida agravado e por um crime de introdução em lugar vedado ao público.

Para a procuradora Cândida Vilar, que viu a acusação do MP confirmada pelo juiz de instrução criminal Carlos Delca, o então presidente do clube, Bruno de Carvalho, Mustafá e Bruno Jacinto estavam a par do plano.

“Bruno Jacinto, Bruno de Carvalho e Nuno Mendes [Mustafá] conheciam o plano delineado pelos restantes primeiros 41 arguidos e determinaram-nos à prática dos crimes de ameaça, ofensa à integridade física e sequestro”, lê-se na acusação.

O MP diz que estes três arguidos “nada fizeram para impedir a prática de tais atos violentos (...), tanto mais que durante as reuniões em que estiveram presentes criticaram sucessivamente os jogadores, potenciando um clima de violência (...) que se foi instalando no seio da claque Juve Leo e no subgrupo Casuals” contra a equipa.

“A atuação reiterada de todos os arguidos revela um manifesto desprezo pelas consequências gravosas que provocavam nos ofendidos, sendo manifesto que os princípios e valores, pelos quais se regem os arguidos, revelam desrespeito pela vida, dignidade e profissão dos jogadores, os quais, apesar de serem atletas de alta competição, foram tratados durante meses como maus profissionais (...) pelo ex-presidente do clube, o arguido Bruno de Carvalho”, sustenta a acusação.

A procuradora refere que havia há anos uma cultura de intolerância e que “Bruno de Carvalho manifestava sentimentos de desprezo contra todos os jogadores da equipa principal, designadamente contra Rui Patrício e William Carvalho”, dois dos nove jogadores que rescindiram contrato com o Sporting alegando justa causa após o ataque à academia.

Tiago Monteiro termina em 15.º lugar na primeira corrida no GP Macau

Sáb, 16/11/2019 - 10:40

O piloto português Tiago Monteiro terminou hoje na 15.ª posição a primeira das três corridas da Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR) do Grande Prémio de Macau.

“Mais uma vez foi um bocado frustrante, porque o carro estava bom, melhor do que os que estavam à minha frente e atrás, mas em Macau não se passam cinco ou seis carros facilmente, por isso foi o possível”, afirmou o piloto, numa referência à ambição de terminar nos dez primeiros lugares.

Monteiro, que partia da 14.ª posição, completou as oito voltas em 20.42.993 minutos, a 12.946 segundos do vencedor, o francês Yvan Muller.

“Correu mal a partida. Este fim de semana tem sido incrível, estou sempre no sítio errado, na altura errada”, lamentou o piloto português, em declarações aos jornalistas.

Também sobre as restantes duas corridas, que se disputam no domingo, Monteiro não se mostrou muito otimista, uma vez que vai partir da última posição.

“Nunca arranquei tão longe aqui em Macau, mas vou tentar divertir-me”, disse.

O Grande Prémio de Macau, disputado no icónico traçado citadino de 6,12 quilómetros, é o maior evento desportivo do território.

Além de Monteiro, o primeiro português a vencer a Corrida da Guia da Taça do Mundo de Carros de Turismo, em 2016, participa ainda o português André Pires, que irá disputar hoje o 53.º Grande Prémio de Macau de motos.

Prova de motos do GP Macau termina abruptamente após acidente que envolveu seis pilotos

Sáb, 16/11/2019 - 10:28

A prova de motos do Grande Prémio de Macau foi hoje cancelada devido a um aparatoso acidente que envolveu seis pilotos e feriu três, anunciou a organização.

Três pilotos foram hospitalizados na sequência do acidente, mas nenhum corre perigo de vida, indicou a organização, em conferência de imprensa.

Os pilotos em questão são o canadiano Dan Kruger, o finlandês Erno Kostamo e o irlandês Derek Sheils, que estavam conscientes quando foram retirados do circuito, foi anunciado.

A 53.ª edição do Grande Prémio de Motos foi cancelada de forma definitiva e não haverá vencedores pela primeira vez na história da prova.

O grave acidente que obrigou a levantar a bandeira vermelha decorreu na segunda volta e são necessárias pelo menos três para que seja declarado um pódio.

O piloto português André Pires caiu logo na primeira volta.

A corrida de motos do ano passado foi ganha pelo britânico Peter Hickman, que ficara em segundo lugar na mesma prova em 2017, marcada pelo acidente mortal do piloto britânico Daniel Hegarty.

O GP de Macau inclui três corridas de carros --- as taças do mundo de Fórmula 3, GT e de carros de turismo (WTCR) -, bem como a 52.ª edição do Grande Prémio de motos, além da taça de carros de turismo de Macau e a taça da Grande Baía.

Fórum Mundial de Ligas anuncia criação de comité contra o racismo

Sáb, 16/11/2019 - 01:00

O Fórum Mundial de Ligas Profissionais de Futebol (WLF) anunciou, esta sexta-feira, a criação de um comité contra o racismo, na sequência dos mais recentes incidentes registados em estádios de vários países.

“As ligas expressaram a sua preocupação com o racismo no futebol. Mostraram-se determinadas a combater esse fenómeno inadmissível e decidiram criar um Comité de Luta contra o Racismo”, informou o WLF, em comunicado.

De acordo com aquela entidade, o novo comité “ficará encarregue de reunir todas as informações relevantes fornecidas pelos seus membros, propor as melhores práticas de conduta e fazer recomendações”.

Recentemente, o brasileiro Taison, dos ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, o italiano Mario Balotelli, do Brescia, e o inglês Ronaldo Vieira, da Sampdoria, foram alvo de insultos racistas de adeptos.

O Fórum Mundial de Ligas Profissionais de Futebol é liderado pelo mexicano Enrique Bonilla e reúne 40 ligas profissionais, entre as quais a portuguesa.

Fecho das inscrições para a Rampa da Camacha prolongado até segunda-feira

Sex, 15/11/2019 - 22:00

O prazo para o encerramento das inscrições para a Rampa da Camacha, a última prova do Troféu Regional de Rampas AMAK 2019, sofreu uma alteração, prolongando-se até à próxima segunda-feira, dia 18 de Novembro.

A data inicial estabelecida pelo Automóvel Clube Concelho Santacruz (ACCS) era o dia de hoje, no entanto foi entendido dilatar esse prazo até às 18 horas de segunda-feira.

Esta prova, recorde-se, disputa-se num percurso de 6,25 km, entre a Igreja Velha da Camacha e o Montado do Pereiro.

O programa da rampa arranca com as duas subidas de reconhecimentos, às 8h30 e 10h10. As quatro subidas oficiais estão agendadas para as 11h50m, 14h00, 15h40 e 17h20, respectivamente.

‘Grandes’ mundiais juntam-se para discutir novo formato do Mundial de clubes

Sex, 15/11/2019 - 19:41

Um grupo composto por oito das principais equipas mundiais anunciou hoje a criação de uma associação, que funcionará como interlocutor entre os clubes e a FIFA, para discutir, entre outros temas, as eventuais alterações ao Mundial de clubes.

Um dos principais objectivos da Associação Mundial de Clubes de Futebol (WFCA), que é liderada pelo presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, passa por dialogar com a FIFA, relativamente ao novo formato do Campeonato do Mundo de Clubes, o qual será implementado a partir de 2021.

“O Mundial de clubes deve ser uma competição que permita o desenvolvimento do futebol a nível de clubes em todo o mundo. Temos muita vontade de manter uma estreita cooperação com a FIFA para elevar o futebol de clubes a outro nível”, disse Florentino Pérez, após a reunião com a FIFA.

Já o presidente da FIFA, Gianni Infantino, salientou, em comunicado, que “a opinião de clubes de todos os continentes foi ouvida”: “Se o futebol quiser continuar a ser a principal modalidade a nível mundial, temos de falar em conjunto e de forma aberta sobre os desafios e os problemas da modalidade, mas também sobre as grandes oportunidades que temos pela frente”.

A partir de 2021, o Campeonato do Mundo de Clubes, que actualmente é disputado por sete equipas, vai incluir 24 formações, pelo menos oito europeias, e realizar-se-á a cada quatro anos, em substituição da Taça das Confederações, a prova que juntava as selecções vencedoras dos campeonatos dos respectivos continentes.

A nova versão do Mundial de clubes, que arranca em junho de 2021, na China, não conta com o apoio do órgão dirigente do futebol europeu, a UEFA, e a Associação Europeia de Clubes, que já disseram que vão boicotar o novo modelo da prova.

A Associação Mundial de Clubes de Futebol (WFCA), sediada em Zurique, na Suíça, junta os oito clubes fundadores em representação de todos os emblemas mundiais: AC Milan (Itália), Real Madrid (Espanha), Boca Juniors e River Plate (Argentina), Club América (México), Guangzhou Evergrande (China), TP Mazembe (República Democrática do Congo) e Auckland City (Nova Zelândia).

Selecção portuguesa recebida no Luxemburgo por alguns adeptos e muito frio

Sex, 15/11/2019 - 18:57

A selecção portuguesa de futebol foi hoje recebida na cidade do Luxemburgo por algumas dezenas de adeptos e temperaturas baixas, a dois dias do decisivo encontro de qualificação para o Euro2020.

A ‘equipa das quinas’ chegou ao hotel no centro da cidade, onde vai ficar instalada, por volta das 19:30 locais (18h30 em Portugal continental), sendo recebida por cerca de 30 adeptos, apesar de a temperatura se situar nos quatro graus.

Cristiano Ronaldo foi o mais aplaudido pelos cerca de 30 adeptos que receberam a selecção, com Bruno Fernandes, José Fonte e Bernardo Silva a distribuírem autógrafos.

A selecção portuguesa faz o derradeiro treino no sábado, às 11 horas locais, num campo de treinos a cerca de 40 quilómetros do centro da cidade do Luxemburgo, devido ao mau estado do relvado no estádio Josy Barthel.

No mesmo local, o seleccionador Fernando Santos e um jogador fazem a antevisão da partida, às 12h30 locais.

Com um encontro por disputar no Grupo B, a Ucrânia, já apurada, lidera com 19 pontos, mais cinco do que Portugal, segundo classificado, e seis do que a Sérvia, terceira.

Na última jornada, Portugal joga no Luxemburgo, enquanto a Sérvia recebe a Ucrânia, com um triunfo da ‘equipa das quinas’ a proporcionar o apuramento directo para a fase final, independentemente do resultado obtido pelos sérvios.

‘Amigos Fiat Madeira’ organizam passeio e convívio de Natal a 8 de Dezembro

Sex, 15/11/2019 - 11:42

Os ‘Amigos Fiat Madeira’ organizam o passeio e convívio de Natal no próximo dia 8 de Dezembro, num percurso com destino a Santana.

A concentração será feita entre as 10h e as 10h30 horas, no parque do Restaurante ‘Ponte Velha’, mesmo por baixo da ponte do Faial, junto à pista de Karting, altura em que as viaturas ficarão expostas aos amantes dos carros clássicos da marca Fiat.

A partida está marcada para as 11 horas, rumo ao convívio no Hotel/Restaurante ‘o Colmo’, onde haverá animação tradicional da época.

Tiago Monteiro parte em 14.º lugar na primeira corrida do Grande Prémio de Macau

Sex, 15/11/2019 - 11:16

Tiago Monteiro parte no sábado da 14.º posição para a primeira corrida do Grande Prémio de Macau e no domingo da 26.º, que deixou o piloto português com “uma frustração muito grande”, como reconheceu hoje à Lusa.

“É uma frustração muito grande, o tempo que fiz não é um tempo de competição é um tempo de aquecer pneus”, lamentou Tiago Monteiro no final da qualificação para a Corrida da Guia da Taça do Mundo de Carros de Turismo de domingo, na qual o britânico Rob Huff foi o mais rápido, com o tempo de 2.29,019 minutos.

Tiago Monteiro fez 2.29,919 minutos na qualificação para a corrida de sábado, enquanto na qualificação para as corridas de domingo, o piloto português fez a sua melhor volta em 2.32,183.

“Infelizmente, temos vindo a falar da lotaria de Macau, dos acidentes que há em Macau, muitas vezes aproveitei isso, mas desta vez apanhei com tudo em cima e cada vez que ia à pista havia um acidente”, disse, referindo-se ao icónico traçado citadino de 6,12 quilómetros, considerado uma das provas mais perigosas do mundo.

Pelo facto de ser “uma lotaria”, Tiago Monteiro reforçou que “tudo pode acontecer em Macau”: “Mas não estou com grande esperança”, admitiu.

Já em relação à corrida que se disputa no sábado, para a qual o piloto português arranca do 14.º lugar da grelha de partida, o objetivo passa por ficar entre os dez primeiros.

“Amanhã [Sábado] estou em 14.º e gostava de entrar no ‘top 10’”, afirmou.

O 66.º Grande Prémio de Macau decorre entre quinta-feira e domingo e, para além, de Monteiro, o primeiro português a vencer a Corrida da Guia da Taça do Mundo de Carros de Turismo, em 2016, participa ainda o português André Pires, no 53.º Grande Prémio de Macau de motos, depois de em 2018 ter ficado em 19.º lugar.

Rampa da Camacha fecha inscrições esta sexta-feira

Qui, 14/11/2019 - 23:36

Foi esta tarde apresentada a Rampa da Camacha, última prova do Troféu Regional de Rampas AMAK 2019, que se realiza a 23 de Novembro. Uma rampa cujas inscrições encerram hoje, às 18 horas.

Esta prova organizada pelo Automóvel Clube Concelho Santacruz, disputa-se num percurso de 6,25 km, entre a Igreja Velha da Camacha e o Montado do Pereiro.

O programa da rampa arranca com as duas subidas de reconhecimentos, às 8h30 e 10h10. As quatro subidas oficiais estão agendadas para as 11h50m, 14h00, 15h40 e 17h20, respectivamente.

Nelson Andrade é virtual campeão do Troféu de Rampas AMAK

Qui, 14/11/2019 - 23:24

O actual líder da classificação provisória do TRRAMAK 2019, Nelson Andrade, é já matematicamente campeão daquela competição, quando ainda falta disputar, no próximo sábado, a Rampa da Camacha.

Tendo de contabilizar os melhores seis resultados em oito rampas que se disputam esta época e tendo já sete pontuações que lhe dão uma bonificação de 10 pontos, na pior das hipóteses o piloto do Team Equinócio Construções consegue somar 134 pontos, pontuação impossível de alcançar por parte dos seus mais diretos adversários, Miguel Sousa e Dinarte Nóbrega, mesmo que um destes pilotos vençam a próxima prova e Nelson Andrade não participe.

A AMAK e a FPAK terão sempre de validar as classificações após disputada a última prova, mas matematicamente o título já não foge ao piloto do Porto Moniz.

Em declarações ao DIÁRIO, o virtual Campeão mostrou-se surpreendido com a notícia, adiantando que “se efectivamente se confirma, é uma alegria enorme poder comemorar este título ao mais alto nível, dois anos e meio depois de me ter estreado em competição”.

O piloto do Kartcross AG Sport referiu ter apostado “forte para esta época de 2019, porque estou neste desporto para me divertir, mas também tem um sabor especial quando vencemos. Fico ainda mais feliz por saber que consegui ser campeão frente a uma concorrência muito forte”.

Nelson Andrade destacou-se também este ano, quanto a nós, como o campeão do ‘fair play’, pois em três situações demonstrou sê-lo claramente. Primeiro quando ficou mais feliz pela vitória do seu colega de equipa Greg Faria na Rampa do Santacruzense, do que se ele próprio tivesse vencido. Depois por ter oferecido troféus mais belos que em todas as outras provas, a todos os concorrentes na Rampa do Porto Moniz. Por fim, na Rampa do Paúl do Mar quando parou para não prejudicar um dos seus mais directos rivais ao título, Dinarte Nóbrega, quando tinha problemas no seu kartcross.

É caso para dizer: campeão dentro e fora de estrada.

Portugal goleia Lituânia por 6-0 com ‘hat-trick’ de Ronaldo

Qui, 14/11/2019 - 21:34

A selecção portuguesa de futebol venceu, esta noite, a Lituânia por um expressivo 6-0. Ronaldo, Pizzi, Gonçalo Paciência e Bernardo Silva foram os marcadores de serviço.

CR7 foi o primeiro a abrir o marcador, através de grande penalidade, convertida quando corriam 7 minutos de jogo. Aos 22, Ronaldo torna a mexer no marcador, após um passe de Gonçalo Paciência. O resultado não sofreria mais mexidas até ao intervalo.

No regresso para a segunda parte, Portugal tornou a ‘entrar com tudo’ e marcou dois golos de rajada. Primeiro através de Pizzi que, após um passe de Bruno Fernandes, marcou o terceiro para a selecção portuguesa, quando corriam 52 minutos da partida.

Logo aos 56 minutos, Gonçalo Paciência dilatou ainda mais o resultado, quando Setkus não conseguiu segurar a bola após um remate de Bernardo Silva. Estava feito o 4-0 e a estreia de Gonçalo Paciência a marcar pela selecção das quinas.

Depois de não ter conseguido converter o golo, aproveitado por Paciência, eis que Bernardo Silva consegue mexer no marcador, aos 63 e assim marcar o 5.º para Portugal.

Ronaldo voltou ‘a fazer das suas’ quando o cronómetro assinalava os 65 minutos de jogo. Meia dúzia de golos para Portugal e um ‘hat-trick’ para o craque madeirense.

CDR Prazeres atravessa “melhor momento da história”

Qui, 14/11/2019 - 21:13

O presidente do Clube Desportivo e Recreativo dos Prazeres afirmou esta noite que a colectividade “atravessa um dos seus melhores momentos da curta história” da agremiação do concelho da Calheta. Duarte Anjo falava à margem da recuperação e entrega da mesa onde os 16 fundadores da instituição assinaram o documento da constituição da entidade, fechando, desta forma, o programa de celebrações dos 33 anos de existência.

“Há três décadas, quando os fundadores decidiram criar o clube jamais pensaram que passados 33 anos, o clube teria no seu palmarés um título europeu. Somos campeões em patinagem de velocidade e temos orgulho em ostentar tantas outras conquistas de elevado mérito desportivo, particularmente em badminton e noutras modalidades que temos no quadro de competições em vigor”, salientou durante a ocasião, um momento que contou com a presença do presidente do município, Carlos Teles que aplaudiu e enalteceu a persistência do grupo de associados que quiseram constituir o clube contra a vontade de outros.

O autarca considera que “o concelho tem o futuro assegurado no capítulo desportivo”, agradecendo os êxitos conquistados, um dos quais título europeu.

Antes, Duarte Anjo referiu ainda que a colectividade “está numa situação financeiramente estável”, o que permite lançar diferentes projectos, um deles nascerá junto à sede: “Vamos criar um ponto de carregamento de bicicletas eléctricas para que seja possível que os praticantes possam incluir no seu trajecto a freguesia. É também uma forma dinamizar a localidade e oferecer mais um serviço a quem nos visita”, observou o dirigente e uma velha glória do badminton madeirense.

Certa é a construção da nova pista de patinagem junto ao pavilhão e próximo ao campo municipal. A infra-estrutura permitirá que os atletas possam treinar diariamente bem como servirá para acolher eventos nacionais e internacionais

Por sua vez, Alfredo Fernandes antigo presidente da colectividade recordou que a instalação e a resistência encontrada: “O nosso objectivo nunca foi fundar um clube com a prática do futebol. A nossa ideia foi mostrar o potencial que os jovens tinham, forma-los e mostrar que eram tão capazes quanto outros. A ideia era trabalhar a juventude do concelho. A verdade é que os prémios conquistados é avassalador”, rematou os discursos.

Lei da violência no desporto evitará despenalizações como sucedeu com Benfica

Qui, 14/11/2019 - 16:22

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto garantiu hoje que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recente anulação do castigo imposto ao Benfica.

“Na próxima época desportiva haverá muito, mas muito mais, qualificação de alguns temas que recorrentemente são falados no nosso país e, portanto, haverá punição direta indiscutível, e inapelável de alguns comportamentos, nomeadamente, no que se refere aos grupos organizados e interferências de outras instâncias”, disse João Paulo Rebelo.

O governante, que falava à margem da assinatura de um protocolo entre a Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP) e o Comité Olímpico de Portugal (COP), considerou que as alterações da lei “são de tal forma cristalinas” que não deixarão margem para dúvidas.

A lei 39/2009, que estabelece o regime jurídico da segurança e combate ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos, foi aprovada na anterior legislatura, mas algumas alterações só entrarão em vigor na próxima época desportiva.

Na quarta-feira, o Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa absolveu o Benfica das penas de disputar um jogo de futebol à porta fechada e do pagamento de uma multa de 56.250 euros, pelo relacionamento com grupos organizados de adeptos.

De acordo com a decisão daquela instância de recurso, a que a agência Lusa teve acesso, os ‘encarnados’ foram absolvidos de todas as 14 contraordenações impostas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em 27 de agosto de 2018, por infrações ocorridas em vários jogos.

Em causa estavam os apoios a estes grupos ocorridos em cinco jogos em casa da I Liga, entre 13 de maio e 23 de setembro de 2017, dois para a Liga dos Campeões, frente a Besiktas e CSKA Moscovo, em 13 de setembro de 2016 e 12 de setembro de 2017, respetivamente, e um para a Taça da Liga.

O Benfica tinha sido punido por apoiar ilegalmente Diabos Vermelhos e No Name Boys, que não estão registados no IPDJ, por exemplo, e entre outros casos, na colocação de tarjas e bandeiras em zonas restritas do Estádio da Luz, em Lisboa.

Escultura recria melhor golo da carreira de Cristiano Ronaldo

Qui, 14/11/2019 - 15:40

Ronaldo tem mais uma estátua em sua homenagem. Desta vez, trata-se de uma escultura que recria o golo que internacional português considera o mais bonito da sua carreira.

Falamos, claro, do icónico golo de bicicleta que contribuiu para a vitória do Real Madrid em Turim, diante da Juventus, por 3-0, nos quartos de final da Champions, da temporada 2017/18.

A escultura em metal surpreendeu Ronaldo na chegada ao hotel onde a selecção nacional está em estágio, no Algarve.

A obra, é da autoria do arquitecto e escultor Carlos De Oliveira Correia e foi baptizada de a ‘Cegonha’. Foi recriada à escala real e demorou oito dias até estar concretizada. Posteriormente, deverá ser colocada em local a definir no Município de Oliveira do Bairro.


Apesar de não ter vencido o prémio Puskás desse ano, que foi consquistado por Mohamed Salah, a bicicleta magistral de Ronaldo tem sido fonte de inspiração para vários artistas.

Antes do arquitecto português, já havia sido recriada num quadro em cristais, por Mauricio Benitez, conhecido por ‘Mr. Bling’.

Páginas