Diário de Notícias - Desporto

Subscreva feed Diário de Notícias - Desporto
Secção Desporto
Actualizado: há 1 hora 57 minutos atrás

FC Porto treina sem Brahimi e com ‘reforços’ da equipa B

3 horas 11 minutos atrás

O FC Porto contou hoje no treino com o ‘reforço’ dos futebolistas Mouhamed Mbaye, Diego Landis, Rui Pires e Madi Queta, da equipa B, bem como de Fábio Silva, da equipa de sub-19, mas sem Brahimi.

Na sessão, em que os campeões nacionais continuam a preparar a receção ao Belenenses, na quarta eliminatória da Taça de Portugal, o treinador Sérgio Conceição ainda tem o grupo limitado, devido a algumas ausências.

Danilo (Portugal), Diogo Costa, Bruno Costa e Diogo Leite (Sub-21 de Portugal), Marega (Mali) e Mbemba (República Democrática do Congo) estão ao serviço das respetivas seleções, e Brahimi esteve ausente, autorizado pelo clube.

De fora, por lesão, continuam Fabiano, que fez treino integrado condicionado, e Aboubakar, em tratamento.

Os ‘dragões’ defrontam no próximo sábado no Estádio do Dragão o Belenenses (20:30), na quarta eliminatória da Taça, depois de na estreia terem goleado o Vila Real, equipa dos distritais, por 6-0.

No domingo, a equipa portista goza um dia de folga e regressa aos treinos na segunda-feira, em sessão agendada para as 16:00, no Olival, em Vila Nova de Gaia, à porta fechada.

Alexandre Camacho é vencedor do European Rally Trophy

4 horas 32 minutos atrás

O madeirense Alexandre Camacho acaba de se sagrar vencedor do European Rally Trophy (ERT) ao classificar-se na segunda posição do Rali Casinos do Algarve.

Camacho fez o segundo melhor tempo na última classificativa da prova, atrás de Armindo Araújo.

Leia mais no liveblog do Rali e amanhã na edição impressa do DIÁRIO

Daniela Sousa venceu meia maratona do Porto Santo

7 horas 2 minutos atrás

Daniela Sousa e Bruno Moniz são os grandes vencedores da Meia Maratona do Porto Santo, realizada esta manhã na ilha dourada.

A vencedora feminina revelou ao DIÁRIO a sua satisfação pelo resultado. Apesar das condições meteorológicas (chuva e vento), conseguiu fazer a prova em 1h19m5s, menos três minutos do seu registo anterior, cumprindo assim a sua missão de melhorar cada prestação.

“Estou muito satisfeita e isto mostra que os treinos estão a resultar e que vou no bom caminho para realizar uma boa época desportiva”, salientou Daniela Sousa.

Nos masculinos, a vitória coube a Bruno Moniz, adoptando a táctica de “prova de controle”.

“No inicio mantive-me atras do primeira pelotão e acelerei depois a meio da prova. Estava com algumas dores musculares e pensei que iria abandonar a corrida, mas felizmente correu tudo bem”, destacou Bruno Moniz que se prepara agora para a meia maratona da cidade de Évora, já no próximo fim-de-semana, com os olhos postos no pódio”.

A prova contou com a participação de alguns porto-santenses. Pedro Brito gosta de participar nesta prova por ser uma forma de contribuir para o evento que ajuda a economia local, ajuda a dinamizar a ilha nesta época baixa do ano, e pede mais eventos deste género para dinamizar o centro da cidade e toda a ilha do Porto Santo.

Portugal tenta garantir fase final da Liga das Nações frente à Itália em San Siro

8 horas 54 minutos atrás

A seleção portuguesa de futebol defronta hoje a Itália, em San Siro, num encontro em que o empate será suficiente para garantir o apuramento para a fase final da Liga das Nações, embora tenha duas baixas de ‘peso’.

Nas 12 vezes que Portugal jogou em Itália, o melhor que alcançou foi um empate (1-1), em 1967, e desta vez não vai contar com a sua grande figura, o capitão Cristiano Ronaldo, que continua ausente da seleção nacional, nem com Pepe, que está castigado.

A seleção nacional, que perdeu sempre que atuou no San Siro, em Milão, apenas necessita do empate hoje para garantir o primeiro lugar do grupo 3 da Liga A e já teve ‘pé e meio’ na fase final da Liga das Nações, mas um golo de Biraghi nos descontos deu a vitória à Itália na Polónia (1-0) e manteve os transalpinos na luta pelo apuramento.

Caso seja derrotado, Portugal terá nova oportunidade para assegurar a qualificação frente à Polónia, em Guimarães, em 20 de novembro, no jogo que encerra o grupo.

O encontro está agendado para as 20:45 (19:45 de Lisboa) e terá arbitragem do holandês Danny Makkelie.

Sporting SAD admite falta de apoio da banca no empréstimo obrigacionista

16 horas 33 minutos atrás

A Sporting SAD admitiu hoje a “falta de apoio” dos bancos na comercialização do empréstimo obrigacionista e reconheceu que o clube está a ser obrigado a reforçar a comunicação da operação, que decorre até 22 de novembro.

“O Sporting não está a ter o apoio a nível de comunicação, nem de comercialização dos bancos colocadores, nomeadamente, dos três maiores bancos, que, tipicamente, comunicam e participam a operação e desta vez estão completamente passivos”, disse Francisco Salgado Zenha à agência Lusa.

O administrador da SAD e vice-presidente do Sporting para a área financeira admitiu que essa falta de apoio se possa dever “a decisões políticas de, se calhar, não se querer relacionar com o futebol do Sporting”.

“Não sei qual o motivo, sei que, objetivamente, vejo outros empréstimos obrigacionistas que estão a decorrer ao mesmo tempo e que estão a ser publicitados e as pessoas não tem conhecimento deste”, observou.

A posição de banca em relação à operação de 30 milhões de euros, lançada na segunda-feira e que servirá para fazer face ao reembolso de um empréstimo obrigacionista que venceu em maio e cujo reembolso foi adiado para 26 de novembro, está a obrigar o clube a investir no reforço da comunicação.

“Todos os esforços de comunicação estão a ser praticamente desenvolvidos pelo Sporting, o que limita a operação”, lamentou Francisco Salgado Zenha, sem admitir que o desinteresse possa estar ligado ao ataque à academia do clube, em Alcochete, que levou à detenção do ex-presidente Bruno de Carvalho, posteriormente libertado com a obrigatoriedade de apresentações diárias à polícia.

O administrador da SAD considerou que “as pessoas sabem, ou deveriam saber, que o Sporting não tem qualquer ónus do que se passar ali [no processo do ataque à academia]. As pessoas devem perceber que o importante é olhar para o futuro e não para o passado”.

O Sporting pode, até ao final do dia de hoje e mediante a procura, decidir aumentar o valor do empréstimo, até um montante, que, segundo Francisco Salgado Zenha, não deverá ser superior a 40 milhões de euros.

“Se houver uma procura muito forte, aumentamos, mas nunca vamos aumentar muito, porque não é o nosso objectivo, entre os 30 e os 40 no máximo. Queremos trazer estabilidade financeira ao clube e fazer regressar a credibilidade para ter uma postura mais intensa no mercado”, explicou.

Segundo o administrador da SAD, caso se verifique um reforço do empréstimo “será possível fazer algum investimento na estrutura do futebol e na marca Sporting, uma área na qual o clube está muito atrasado”.

Marcos Freitas vence na 4.ª jornada da Liga dos Campeões

Sex, 16/11/2018 - 20:08

Disputou-se hoje o encontro da 4.ª jornada, da fase de grupos, da edição 2018/2019 da Liga dos Campeões.

A equipa de Marcos Freitas, TTC Fakel Gazprom (Rússia), deslocou-se à Suécia para defrontar a formação do Eslovs Ai Bordtennis, tendo vencido por 3-0. Esta foi mais uma importante vitória da equipa russa na competição, que lhe permite continuar na liderança do Grupo D.

Marcos Freitas foi, uma vez mais, determinante para a vitória da sua equipa, que continua a afirmar-se como uma das grandes candidatas ao título europeu. No encontro de hoje, o olímpico madeirense esteve irrepreensível e venceu o sueco Robert Svensson por 3-1 (14-16, 12-10, 6-11 e 6-11).

Esta é mais uma excelente prestação do atleta Internacional português, que continua a corresponder, da melhor forma, às expectativas e exigências desta nova etapa na sua carreira. Nas quatro jornadas desta edição da Liga dos Campeões, o madeirense tem correspondido, vencendo todos os encontros disputados.

A 5.ª jornada será realizada no próximo dia 30 de novembro às 17h30 (horário da RAM), onde o TTC Fakel Gazprom irá se deslocar à Alemanha para defrontar a formação do Post SV Mühlhausen. No encontro da 1.ª volta, a equipa de Marcos Freitas venceu por 3-0.

Madeira SAD já está na Holanda

Sex, 16/11/2018 - 16:01

A comitiva do Madeira Andebol SAD já se encontra em solo holandês, depois de uma viagem desde Lisboa até à capital da Holanda, Amesterdão, que durou cerca de três horas e meia. Relembre-se que esta odisseia europeia começou na passada terça feira, com a comitiva do Madeira SAD a jogar nos Açores, Ilha do Faial, frente ao Sporting da Horta, tendo depois feito ontem uma primeira ligação a Ponta Delgada e ao final do dia outro voo para Lisboa. Hoje bem rumaram para a Holanda onde amanhã iniciam a sua participação na Taça Cahllenge jogando com o Hurry Up.

MP acusa Bruno de Carvalho de conhecer e incentivar ataque a Alcochete

Sex, 16/11/2018 - 15:16

O Ministério Público (MP) acusa o ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho de ter conhecido e incentivado o ataque à equipa de futebol, na Academia de Alcochete, segundo o despacho de acusação, a que a Lusa teve hoje acesso.

De acordo com a investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, Bruno de Carvalho, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, líder da claque Juventude Leonina, e Bruno Jacinto, oficial de ligação aos adeptos à dada dos factos, “conheciam o plano delineado” pelos restantes arguidos e não só não tentaram demovê-los, como os incentivaram.

No total, há 44 arguidos no processo que investiga o ataque de 15 de maio, mais quatro do que tem sido noticiado. Destes, 38 estão em prisão preventiva e seis sujeitos a termo de identidade e residência, nomeadamente, Bruno de Carvalho e Mustafá, que foram detidos no domingo e libertados na quinta-feira, com obrigatoriedade de se apresentarem diariamente às autoridades e com caução de 70 mil euros. O MP pede o prolongamento das medidas de coação.

O MP considera que os primeiros 41 arguidos agiram mediante um plano “previamente traçado” e cumpriram os objetivos de “criar um clima de medo e terror” junto de jogadores e equipa técnica, de agredi-los com tochas, cintos, paus e bastões e de “privar os ofendidos de liberdade” enquanto decorriam as agressões.

A acusação defende que “os 41 primeiros arguidos quiserem criar um ambiente de pânico e sofrimento físico e psicológico nos ofendidos (...) e impedir os jogadores da equipa principal de futebol de participar noutras competições, designadamente no jogo da final da Taça de Portugal, face às lesões de que foram vítimas e ao estado emocional em que se encontravam”, e acusa o então presidente ‘leonino’ de estar a par do plano.

“Bruno Jacinto, Bruno de Carvalho e Nuno Mendes conheciam o plano delineado pelos restantes primeiros 41 arguidos e determinaram-nos à prática dos crimes de ameaça, ofensa à integridade física e sequestro”, lê-se na acusação conduzida pela procuradora Cândida Vilar.

O MP diz que estes três arguidos “nada fizeram para impedir a prática de tais atos violentos (...), tanto mais que durante as reuniões em que estiveram presentes criticaram sucessivamente os jogadores, potenciando um clima de violência (...) que se foi instalando no seio da claque Juve Leo e no subgrupo Casuals” contra a equipa.

“A atuação reiterada de todos os arguidos revela um manifesto desprezo pelas consequências gravosas que provocavam nos ofendidos, sendo manifesto que os princípios e valores, pelos quais se regem os arguidos, revelam desrespeito pela vida, dignidade e profissão dos jogadores, os quais, apesar de serem atletas de alta competição, foram tratados durante meses como mais profissionais (...) pelo ex-presidente do clube, o arguido Bruno de Carvalho”, acusa o MP.

A investigação acrescenta que havia há anos uma cultura de intolerância e que “Bruno de Carvalho manifestava sentimentos de desprezo contra todos os jogadores da equipa principal, designadamente contra Rui Patrício e William Carvalho”, dois dos nove jogadores que rescindiram contrato com o Sporting alegando justa causa após o ataque à academia.

Bruno de Carvalho, Mustafá e Bruno Jacinto estão acusados, como autores morais, de 40 crimes de ameaça agravada, 19 de ofensa à integridade física qualificada, 38 de sequestro, um de detenção de arma proibida e crimes que são classificados como terrorismo, não quantificados. Mustafá está também acusado de um crime de tráfico de droga.

Aos primeiros 41 arguidos, que participaram diretamente no ataque, o MP imputa-lhes a coautoria de crimes de terrorismo, 40 crimes de ameaça agravada, 38 crimes de sequestro, dois crimes de dano com violência, um crime de detenção de arama proibida agravado e um de introdução em lugar vedado ao público.

Em 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube, em Alcochete, por um grupo de alegados adeptos encapuzados, que agrediram alguns jogadores, membros da equipa técnica e outros funcionários.

O ataque motivou o pedido de rescisão unilateral de contrato de nove futebolistas, alegando justa causa, alguns dos quais recuaram na decisão e continuam a representar os ‘leões’, e lançou o clube lisboeta em uma das maiores crises institucionais da sua história.

Bruno de Carvalho, que à data dos acontecimentos liderava o Sporting, foi destituído em Assembleia Geral em 23 de junho e impedido de concorrer às eleições do clube de Alvalade, das quais Frederico Varandas saiu como novo presidente.

Fontes acusa Marote de estar há mais tempo na AFM do que Jardim ou Fidel Castro estiveram no poder

Sex, 16/11/2018 - 14:44

O presidente da Associação de Futebol da Madeira (AFM) ainda deve ter as orelhas a arder tais foram as acusações que o advogado da Associação Desportiva e Cultural de São Vicente (ADCSV) e os dirigentes da colectividade nortenha teceram a seu respeito ao ponto de António Fontes lembrar os anos a fio que o dirigente madeirense acumula no exercício do cargo, uma afirmação que foi de seguida sublinhada pelo facto de Marote contabilizar mais mandatos que “Alberto João Jardim ou Fidel Castro” estiveram enquanto presidentes dos seus governos. Mas a declaração-‘bomba’ foi quando Fontes disse existir “matéria para apresentar uma queixa-crime contra a AFM) e todos os seus membros”.

O advogado falava esta manhã, numa conferência de imprensa, apelidando de “escandalosa” a não permanência na divisão do Campeonato de Honra Regional do clube que representa. ´ causídico aproveitou ainda o momento para apelar ao governo regional para que promova um pacote legislativo no sentido de “limitar os mandatos dos dirigentes nas associações ou clubes” justamente por verificar que alguns, nomeadamente Rui Marote está nesse lote restrito de dirigentes.

Antes, Fontes lembrou que, caso a ADCSV queira avançar judicialmente através de um recurso contra a AFM terá de encontrar cerca de “12 mil euros” para poder custear as despesas neste processo e esperar não menos de 5 ou mais anos para obter uma sentença, uma quantia e um tempo que os dirigentes não estão dispostos a libertar ou aguardar, mesmo que não disfarçassem ter essa vontade.

Quase certo ser participação da ADCSV no campeonato sénior de futebol masculino que arranca este fim-de-semana.

Leia mais na edição impressa de amanhã.

Portugal treina em San Siro, na véspera de defrontar Itália

Sex, 16/11/2018 - 09:47

A seleção portuguesa de futebol realiza hoje o habitual treino de adaptação ao Estádio de San Siro, palco do encontro de sábado com a Itália, do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

Em Milão, Portugal tem uma sessão agendada para as 17:00 locais (16:00 horas em Lisboa), com os primeiros 15 minutos a serem abertos à comunicação social.

Na quinta-feira, Raphäel Guerreiro, devido a uma mialgia, foi o único ausente no treino da seleção nacional na Cidade de Futebol, em Oeiras, e a possibilidade de o lateral esquerdo não recuperar a tempo levou o selecionador Fernando Santos a chamar Kevin Rodrigues, que se juntou à comitiva lusa já em Itália.

Antes do treino, às 16:00 locais (15:00 em Lisboa), Fernando Santos e um jogador ainda a designar vão fazer a antevisão do duelo com os italianos, em conferência de imprensa, em San Siro.

O encontro de sábado está agendado para as 20:45 locais (19:45 em Lisboa) e terá arbitragem do holandês Danny Makkelie.

Portugal necessita apenas de um empate para se qualificar para a ‘final four’ da Liga das Nações, mas mesmo uma derrota em Milão poderá ser retificada três dias mais tarde, quando receber a lanterna-vermelha e já despromovida Polónia, em Guimarães.

Bracarense Rosic volta a interessar ao Nacional

Qui, 15/11/2018 - 22:29

O sérvio Lazar Rosic volta a interessar à equipa do Nacional, segundo avança hoje o Jornal O Jogo. O jogador do Sporting de Braga chegou a ser um dos nomes falados para ingressar na formação alvinegra no arranque da época 2018/2019, mas uma lesão grave tornou a possível transferência inviável.

Chegou o jornal desportivo português o agente do jogador confirma o interesse do Nacional em tê-lo por empréstimo já em Janeiro. “O presidente Rui Alves ligou-me para saber qual era a disponibilidade do Rosic e o jogador disse-me que aceita ir para o Nacional. O clube agrada-lhe e o desejo dele também é continuar a jogar em Portugal. É um bom clube para se valorizar. Só falta a decisão do Braga, mas não me parece que coloque entraves, porque o jogador não tem contado para Abel Ferreira. O presidente do Nacional ficou de falar com António Salvador”, afirmou o empresário ao Jornal O Jogo.

Ministério Público pondera recurso da decisão sobre Bruno de Carvalho

Qui, 15/11/2018 - 18:39

O Ministério Público pondera a hipótese de recorrer da decisão de libertar o ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho tomada hoje pelo juiz de Instrução do Tribunal do Barreiro, no âmbito da investigação sobre o ataque à Academia de Alcochete.

“O Ministério Público encontra-se a analisar a decisão com vista a tomada de posição sobre eventual interposição de recurso”, disse fonte oficial da Procuradoria-Geral da República (PGR), questionada pela Lusa.

O juiz de instrução Carlos Delca considerou não haver indícios fortes para justificar a aplicação de prisão preventiva, a mais gravosa das medidas de coação, que era pedida pelo Ministério Público para Bruno de Carvalho e para o líder da Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá.

Os dois arguidos deixaram hoje o Tribunal do Barreiro, sujeitos a apresentação diária às autoridades e com caução de 70.000 euros, depois de terem sido detidos no domingo por suspeitas de envolvimento no ataque de 15 de maio à Academia do Sporting, de que resultou a constituição de 38 arguidos, todos em prisão preventiva.

Madeirense sagra-se campeão europeu de futsal para atletas com síndrome de Down

Qui, 15/11/2018 - 14:16

A seleção portuguesa de futsal para atletas com síndrome Down, que contou com o madeirense Hélder Ornelas (CD ‘Os Especiais’) sagrou-se hoje campeã da Europa ao derrotar na final a anfitriã Itália, por 4-0, numa competição que decorreu em Terni.

Um ‘hat-trick’ de Nélson Morais e um golo de César Morais garantiram a vitória lusa sobre a Itália, campeã do Mundo, na final do campeonato europeu da Federação Internacional de Futebol para Síndrome Down (FIFDS).

Portugal, que compete com uma selecção da Associação Nacional de Desporto para Deficiência Intelectual (ANDDI), termina a competição com quatro vitórias e uma derrota.

Nómada alemão que vive com “dois a três euros por dia” já está a treinar para a Maxi Race Madeira

Qui, 15/11/2018 - 12:52

Felix Weber já passou pela Madeira, em 2017, e partiu com o troféu de vencedor da prova de 80 quilómetros da 3.ª edição do Ecotrail Funchal.

O nómada, que vive com uma tenda às costas e a “correr desde o nascer até ao pôr-do-sol”, está de volta a uma ilha onde já foi feliz, desta feita a fim de participar na primeira edição da Maxi Race Madeira.

E é precisamente a “treinar vertical” para a prova de 103 quilómetros que o germânico fez questão de assinalar no seu Facebook, num momento hilariante.

“Tento sempre viver com dois a três euros por dia”

Depois de vencer a grande prova do Ecotrail Funchal 2017, com ‘uma tenda às costas’, Felix Weber estabeleceu uma conversa com o DIÁRIO, a 2 de Novembro do ano transacto, a partir dos... Pirenéus. O nómada alemão que detesta dinheiro endereçou vários elogios ao arquipélago e ao povo madeirense, elucidando um pouco a sua rotina.

“Todos os dias são dias diferentes. A sensação de acordar e decidir para onde ir é única, pois não tenho ninguém a me dizer o que fazer. Sinto que sou completamente livre e isso faz-me feliz”, disse na altura.

Ora, aquando da sua passagem pela Região, Felix Weber pernoitou sempre nas serras, com a sua tenda, alimentando-se daquilo que encontrava pelos trilhos onde corria. “Na Madeira alimentei-me de amoras e figos, o que não é bem compatível com a minha dieta. Tento sempre viver com dois a três euros por dia e como muito porque tenho de percorrer vários quilómetros por dia”, explicou.

O destino quis agora que o alemão regressasse à Madeira, desta feita para participar na Maxi Race, prova que se realiza entre os dias 8 e 9 de Dezembro.

Bruno de Carvalho libertado e sujeito a Termo de Identidade e Residência

Qui, 15/11/2018 - 12:05

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá saíram hoje em liberdade, sujeitos a apresentações diárias às autoridades, no âmbito da investigação ao ataque à academia de Alcochete, anunciou o Tribunal do Barreiro.

Em comunicado divulgado pelo Juízo de Instrução Criminal do Barreiro, foi determinado, além das apresentações diárias aos órgãos de polícia criminal, o pagamento por cada um dos arguidos de uma caução de 70.000 euros.

Bruno de Carvalho e Nuno Mendes, líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, foram detidos no domingo e interrogados na quarta-feira pelo juiz Carlos Delca, num processo que já tinha 38 arguidos em prisão preventiva.

Bruno de Carvalho está indiciado por terrorismo, sequestro, ameaça agravada, detenção de arma proibida, ofensa à integridade física qualificada e dano com violência.

No total, o ex-presidente do clube lisboeta está indiciado por 57 crimes: um de terrorismo, 20 de sequestro, 20 de ameaça agravada, dois de detenção de arma proibida, 12 de ofensa à integridade física qualificada e dois de dano com violência.

Mustafá está indiciado pelos mesmos crimes de Bruno de Carvalho, acrescido de um de tráfico de droga.

Sporting Leitura das medidas de coação a Bruno de Carvalho e Mustafá adiada para as 11:00

Qui, 15/11/2018 - 10:03

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e o líder da claque Juventude Leonina, conhecido por Mustafá, só conhecerão hoje as medidas de coação no âmbito da investigação à invasão à academia de Alcochete a partir das 11:00.

O início da leitura da decisão do juiz Carlos Delca, no Tribunal do Barreiro, distrito de Setúbal, estava previsto para as 10:00, mas foi adiado em uma hora devido à greve parcial dos funcionários judiciais, que já tinha motivado a interrupção do interrogatório aos arguidos na terça-feira.

Bruno de Carvalho e Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, que estão detidos desde domingo, com base em mandados emitidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, já estão no Juízo de Instrução Criminal do Barreiro, onde chegaram às 09:00.

Em 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram alguns jogadores, membros da equipa técnica e outros funcionários.

A GNR deteve no próprio dia 23 pessoas e efetuou, posteriormente, mais detenções - das quais as mais recentes foram as de Bruno de Carvalho e Mustafá, no domingo -, que elevaram para 40 o número de arguidos, dos quais 38 estão em prisão preventiva.

Seleção portuguesa treina e viaja até Milão

Qui, 15/11/2018 - 09:13

A seleção portuguesa de futebol volta hoje a treinar na Cidade do Futebol, em Oeiras, e durante a tarde viaja até Milão, onde no sábado vai defrontar a Itália, em jogo da Liga das Nações.

Portugal tem uma sessão agendada para as 10:30, a última em solo luso antes do duelo com os transalpinos, com os primeiros 15 minutos a serem abertos à comunicação social. Antes, às 10:00, um jogador ainda a designar irá falar aos jornalistas em conferência de imprensa, igualmente na Cidade do Futebol.

Na quarta-feira, o selecionador Fernando Santos teve todos os 24 jogadores convocados à sua disposição.

Após o almoço, às 14:30, a comitiva lusa viaja até Milão, cidade que no sábado vai receber, em San Siro, o encontro da grupo 3 da Liga A da Liga das Nações.

Portugal necessita apenas um empate para se qualificar para a ‘final four’ da competição, mas mesmo uma derrota em Milão poderá ser retificada três dias mais tarde, em 20 de novembro, quando receber a lanterna-vermelha e já despromovida Polónia, em Guimarães.

Ogier, Neuville e Tänak lutam pelo título mundial de ralis na Austrália

Qui, 15/11/2018 - 06:13

O francês Sébastien Ogier, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20) e o estónio Ott Tänak (Toyota Yaris) disputam, entre sexta-feira e domingo, o título mundial de ralis, na 13.ª e derradeira etapa do campeonato, na Austrália.

Há sete anos que o cetro não era decidido na última prova do ano, na qual Ogier, pentacampeão do mundo, defende os três pontos de vantagem sobre Neuville, segundo classificado. Tänak segue no terceiro lugar, a 20 pontos, e tem sido o mais rápido dos três aspirantes ao título na segunda metade da época.

Em jogo estão 30 pontos, 25 pela vitória mais a ‘power stage’, a derradeira especial que distribui pontos pelos cinco mais rápidos.

Ogier parte como favorito, depois de ter recuperado 26 pontos a Neuville nas duas provas anteriores e ter regressado à liderança, que tinha perdido na Sardenha, na sétima das 13 etapas.

A esta vantagem, soma a experiência e a confiança de cinco títulos consecutivos no palmarés, enquanto o belga foi vice-campeão do mundo três vezes, 2013, 2016 e 2017 e o estónio tem como melhor resultado o terceiro lugar no ano passado.

O francês conquista o sexto cetro se vencer ou ficar em segundo e terminar a ‘power stage’ entre os dois mais rápidos. Pode ainda sagrar-se hexacampeão se ficar à frente de Neuville, desde que ambos não terminem abaixo do quinto lugar se Tänak vencer a prova e a ‘power stage’.

“A pressão está do lado deles [adversários], pois têm de recuperar uma desvantagem. Temos consciência que o facto de sermos os primeiros em pista dificulta a tarefa mas tudo pode acontecer e estamos preparados para o desafio”, afirmou Ogier.

Por sua vez, Neuville tem de bater Ogier. O ideal é vencer o rali e a ‘power stage’ e esperar que mais alguém roube pontos na última especial ao piloto natural de Gap. Se o francês for segundo nas duas, ficam empatados em pontos, vitórias e segundos lugares. O título penderia para Ogier, por ter mais quartos lugares [nenhum ficou em terceiro].

Se Neuville for segundo ou terceiro e Ogier terceiro ou quarto, respetivamente, o título vai para o mais bem classificado na ‘power stage’.

“Já ficámos em segundo demasiadas vezes. Nesta prova vai ser o tudo ou nada”, avisou Neuville.

Mais pressionado surge Tänak, que tem de conquistar os 30 pontos em disputa e esperar que os rivais fiquem abaixo do quinto lugar ou vencer a prova desde que Ogier e Neuville terminem abaixo de sétimo

“Vou dar o meu melhor. Ainda tenho hipóteses matemáticas e, apesar de não estar nas minhas mãos, vou dar o meu melhor”, rematou.

Também o título de construtores ainda está em disputa, com a Hyundai na frente, com 43 pontos de vantagem sobre a M-Sport/Ford, que já assumiu abdicar desta luta em detrimento do Mundial de pilotos.

O Rali da Austrália surge reconfigurado, com 16 das 24 especiais a serem novas ou em sentido contrário ao de anos anteriores.

As pistas em gravilha apresentam-se como um desafio para os primeiros a partir, a não ser que chova. E, segundo os meteorologistas, existe essa possibilidade.

A última vez em que o campeonato foi decidido na última prova aconteceu em 2011, na Grã-Bretanha. Na altura, o francês Sébastien Loeb (Citroën C4) levou a melhor sobre o finlandês Mikko Hirvonen (Ford Fiesta), conquistando o oitavo título consecutivo dos nove que conquistou.

James sofre rotura nos ligamentos do joelho e falha jogo com o Benfica

Qui, 15/11/2018 - 02:07

O avançado colombiano James Rodríguez sofreu uma rotura parcial do ligamento lateral externo do joelho esquerdo e deve falhar o jogo com o Benfica, para a Liga dos Campeões de futebol, informou hoje o Bayern de Munique.

O hexacampeão alemão adiantou, em comunicado, que o ex-jogador do FC Porto vai manter-se imobilizado durante 10 dias e só depois iniciará o processo de terapia e reabilitação.

O Bayern Munique, clube onde alinha o médio português Renato Sanches, não fez uma estimativa precisa da duração da paragem do internacional colombiano, mas a lesão deverá implicar o afastamento do encontro com o Benfica, marcado para em 27 de novembro.

A equipa germânica lidera do Grupo E da ‘Champions’, com 10 pontos, seguido dos holandeses do Ajax, com oito, do Benfica, com quarto, e dos gregos do AEK de Atenas, onde alinham os portugueses Hélder Lopes e André Simões, ainda sem pontuar.

Medidas de coacção a Bruno de Carvalho e Mustafá conhecidas esta quinta-feira

Qua, 14/11/2018 - 20:45

A leitura da decisão de aplicação de medidas de coacção ao ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá será efectuada na manhã de quinta-feira no Tribunal do Barreiro, onde decorreu hoje o interrogatório aos dois arguidos.

“A leitura da decisão de aplicação das medidas de coação, porque se reveste de complexidade e obriga a uma ponderação que não se compadece com o facto de o tribunal se encontrar, há mais de seis horas, debruçado sobre a matéria em causa e pretende, agora como em todos os casos, decidir em consciência com base na matéria de facto e de direito aplicável, com o assentimento de todos os presentes”, pode ler-se no comunicado divulgado pelo Juízo de Instrução Criminal do Barreiro.

Deste modo, foi designada para as 10 horas desta quinta-feira a respectiva leitura.

O ex-presidente do Sporting, que está detido desde domingo nas instalações da GNR de Alcochete, e um dos líderes da claque Juventude Leonina, Nuno Mendes, conhecido por Mustafá, responderam hoje em primeiro interrogatório judicial no âmbito da investigação sobre a invasão à academia de Alcochete.

Em 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram alguns jogadores, membros da equipa técnica e outros funcionários.

A GNR deteve no próprio dia 23 pessoas e efetuou, posteriormente, mais detenções, que elevaram para 38 o número de detidos, todos ainda em prisão preventiva, entre os quais está o antigo líder da Juventude Leonina Fernando Mendes.

Páginas